CAETANO VELOSO – “UM ÍNDIO”

Composta em 1976, a canção “Um Índio” é uma espécie de enigma, uma característica sempre presente na obra de Caetano Veloso. Afinal como entender versos como os abaixo:

Um índio preservado em pleno corpo físico
Em todo sólido, todo gás e todo líquido
Em átomos, palavras, alma, cor
Em gesto, em cheiro, em sombra, em luz, em som magnífico
Num ponto equidistante entre o Atlântico e o Pacífico
Do objeto-sim resplandecente descerá o índio
E as coisas que eu sei que ele dirá, fará
Não sei dizer assim de um modo explícito

Há quem consiga enxergar, porém, como é o caso do professor Guilherme Wisnick, da USP, “uma ideia de profecia utópica” em alguns versos da música de Caetano, notadamente no trecho em que ele fala do extermínio “da última nação indígena”, algo que a política ambiental do governo Bolsonaro parece pretender.

Profecias e enigmas à parte, “Um Índio” é uma das mais belas canções de Caetano. O meu amigo Fernandinho Pereira, ex-diretor da Etec-Jales, se emociona sempre que ouve essa música, principalmente na regravação do Zé Ramalho.

Além de Zé Ramalho, é possível encontrar releituras de Ney Matogrosso, Milton Nascimento, Frejat e Elba Ramalho. A primeira gravação foi da Maria Bethânia no disco coletivo “Doces Bárbaros”, de 1976, que reuniu ela, Caetano, Gilberto Gil e Gal Costa.

Em 1977, Caetano a incluiu no álbum “Bicho”, um dos mais importantes de sua discografia, gravado depois de uma viagem à África, em que Caetano e Gilberto Gil passaram um mês na Nigéria, o que teria influenciado algumas músicas do disco.

Caetano nunca explicou o que quis dizer em “Um Índio”. Talvez nem tenha explicação. Chico Buarque, por exemplo, já disse que não sabe até hoje o que ele quis dizer com “o meu cavalo só falava inglês”, trecho de “João e Maria”, uma de suas músicas mais conhecidas.

Uma das poucas coisas que Caetano Veloso se permitiu dizer sobre “Um Índio” é que sente muito orgulho por ter rimado Bruce Lee, Muhammad Ali, Peri e Filhos de Ghandi, no refrão.

No vídeo, Caetano canta “Um Índio”:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *