EMÍLIO SANTIAGO, UMA LINDA VOZ MASCULINA NO PAÍS DAS CANTORAS

Como amante da MPB, não há nada que eu possa dizer sobre Emílio Santiago que já não tenha sido dito nos sites que estão noticiando a morte dele, nesta quarta-feira, aos 66 anos. Posso dizer, apenas, que, adolescente ainda, testemunhei o início da carreira dele, no programa de calouros do Flávio Cavalcanti (“A Grande Chance”) que eu via todos os domingos,  numa televisão em branco e preto, lá na Vila Maria.

No mosaico acima, está toda a farta discografia de Emílio, iniciada há exatos 40 anos. De todos os discos dele, os que mais gosto são os da série “Aquarela brasileira”, os quais ouço sempre que posso. Veja aqui e aqui duas notícias do UOL e do G1, com a opinião de alguns amigos sobre Emílio. E, abaixo, um vídeo onde ele canta “Verdade Chinesa”.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video   

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *