“EU NÃO CANTO PARA BOLSOMINION”, DIZ TERESA CRISTINA NO RODA VIVA

É por essas e por outras que eu sempre faço questão de tocar a Teresa Cristina no programa que apresento na Regional FM, o Brasil & Cia. Deu no UOL:

No Roda Viva desta segunda-feira (22), Vera Magalhães recebe a cantora Teresa Cristina, premiada pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), como Artista do Ano de 2020.

Durante o programa, a jornalista Cris Guterres perguntou sobre as lives e as regras que a cantora impõe nas transmissões. Cristina não titubeou e falou quais são os pré-requisitos para assistir as apresentações: “No Quilombo do Amor (como ela chama sua live), não entra ódio, mentira, fake news. Eu não canto para bolsominion e nunca quis isso. Se essas pessoas demonizam a arte, está fazendo o que na minha live?”.

Cristina complementou sua resposta para falar como muitos artistas deveriam se posicionar diante do governo Bolsonaro: “O artista, hoje, que não acha necessário se posicionar, está perdendo o bonde. Em algum momento, ele vai ser atingido”.

A cantora acredita que o governo Bolsonaro não atinge apenas minorias. A forma de governar dele, segundo Cristina, atinge a todos.

Teresa falou também da primeira live da cantora Maria Bethânia, realizada no sábado de carnaval, 13. Para ela, foi um evento memorável:  “O luxo que foi ouvir aquela mulher falar: ‘eu quero vacina, eu quero respeito, eu quero verdade, eu quero dignidade, eu quero misericórdia!’”, citou.

Para Teresa, a live realizada por Bethânia foi “completamente política”. Ela ainda completou dizendo que o evento foi um “sopro de vida para o Brasil”.

E que tal ouvirmos a Teresa cantando Noel Rosa?

4 comentários

  • Bolsonaro e os artistas

    Alguns artistas também encontram na política outra forma de apresentar o seu trabalho e suas ideias.
    Não satisfeitos com a fama, muitos artistas se envolveram na vida política para defender uma causa que acreditam ser ainda mais importante do que suas carreiras.
    Figuras públicas como cantores, atores, ex-jogadores e ex-BBBs, tentaram entrar no mundo político,
    O caminho correto desses artistas é entrar no partido político. Muitos deles são beneficiados pela lei Rouanet em troca de apoio politico.
    Outros são prejudicados por suas ideias antigoverno. Pagam caro por isso

    • Marco Antonio Poletto de Poletto

      Cardoso, quando esse chato vai ser deletado. Deve ser tucano esse seu “ombudsman” de estimação. kkkkk

      • Bolsonaro e os artistas 2

        Marcos Poletto
        Obrigado por você ler a minha opinião Continue sendo Meu leitor.
        Eu não sou tucano.
        Eu sou anti político de qualquer partido.
        Eu critico todos os políticos

  • junior

    Será que ele sabe como funciona a Rouanet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *