NANA CAYMMI DEFENDE BOLSONARO E ATACA GIL, CHICO E CAETANO

Nana Caymmi é uma das minhas cantoras favoritas e sua opinião sempre merecerá respeito. Acho, porém, que ela não devia estar em seu estado normal quando deu a entrevista. Talvez tenha batido uma saudade dos tempos em que foi casada com Gil (1967/68).

Ou talvez ela tenha dado essas declarações – que incluem críticas até à sua sobrinha Alice Caymmi – depois de uma rodada de pôquer regada a uísque, como essa do vídeo abaixo:

“Saudade de Amar” é a música de fundo, lindíssima, por sinal. E agora que você já viu o vídeo, vamos à notícia do Brasil 247:

Em entrevista à Folha, Nana Caymmi defendeu Jair Bolsonaro e atacou seus colegas de música Chico Buarque, Gilberto Gil e Caetano Veloso. Nana confessa ter votado em Bolsonaro no segundo turno. “É injusto não dar a esse homem um crédito de confiança. Um homem que estava fodido, esfaqueado, correndo pra fazer um ministério, sem noção da mutreta toda… Só de tirar PMDB e PT já é uma garantia de que a vida vai melhorar. Agora vêm dizer que os militares vão tomar conta? Isso é conversa de comunista. Gil, Caetano, Chico Buarque. Tudo chupador de pau de Lula. Então, vão pro Paraná fazer companhia a ele. Eu não me importo.”

Em outro momento da entrevista, diz que Gilberto Gil “adora aparecer”. “Gil é maluco, adora aparecer. Se pudesse, dormia no palco. E ele tá cansado. Chega, está cantando há séculos e aos gritos. Eu falei: ‘Gil, não grita’, ‘Gil, não grita’. Mas conselho não se dá. Por que Caetano tem a voz que tem, a mesma desde que nasceu entre as pernas de dona Canô? Não há possibilidade de ele dar um grito. Só dá grito quando ele tá furioso com a Paula [Lavigne] ou se é pra falar de jornalista.”

21 comentários

  • A informação não tem partido.

    Aí sim é ser “democrático” nas informações, já é um bom começo, espero que não pare por aí.

  • Abraham Lincoln

    Eu passei a gostar dela depois do disco que a popularizou, “Resposta ao Tempo”, de 1998. Jamais imaginaria que ela poderia dizer 89 palavrões em uma entrevista de pouco mais de uma hora. Achei demais essa versão Dercy da Nana Caymmi. Talvez, por ser uma voz mais respeitada pela classe artística (leia-se, pela esquerda lacradora), haja uma certa introspecção por parte dos “chupadores de pau do Lula” (sic) e dos demais membros do clã.

  • Enfermeiro cubano

    Limongi: “Bolsonaro pratica a velhíssima política”. cientista político aponta despreparo do Executivo e desconhecimento do que é o papel de um presidente.

    troca de farpas quase diária entre os presidentes da República, Jair Bolsonaro, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, dominou o noticiário ao longo das últimas duas semanas. Os desentendimentos já repercutem na economia, com investidores apreensivos em relação à possibilidade de aprovar a reforma da Previdência. A sustentação do governo no longo prazo também passou a ser alvo de questionamentos.
    Em entrevista à DW Brasil, o cientista político Fernando Limongi, doutor pela Universidade de Chicago e professor da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EESP-FGV), não poupa críticas à incapacidade do presidente e seus ministros em estabelecer um diálogo efetivo com o Legislativo.
    “O problema é que Bolsonaro não sabe como, porque nunca participou de um processo deliberativo. Ele era um deputado medíocre, do baixíssimo clero, que não tinha o menor interesse pela produção de políticas públicas. Tudo o que ele fazia era movimentar as redes sociais. Como vai governar assim?”, indaga.
    Limongi critica a maneira como o presidente tenta aprovar a reforma da Previdência — o governo fica com o bônus político e o Congresso, com o ônus. “O que ele quer fazer é a mais velha política possível”.

  • Enfermeiro cubano

    DESEMPREGO SOBE PARA 12,4 EM FEVEREIRO DIZ IBGE.

    https://s2.glbimg.com/9Xp8qAYmBBNavGTrrhExIwFQnOY=/0x0:1920×1080/1000×0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2019/q/Y/TsoFBNRF2D9HmaziOocg/frame-01-14-33.914.jpg

    A taxa de desemprego no Brasil subiu para 12,4% no trimestre encerrado em fevereiro, atingindo 13,1 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
    Segundo o instituto, a alta representa a entrada de 892 mil pessoas na população desocupada.
    ***No trimestre de dezembro de 2018 a fevereiro de 2019:
    **Desemprego cresceu para 12,4%, ou 13,1 milhões de pessoas
    **População ocupada ficou em 92,1 milhões de pessoas
    **População fora da força de trabalho é recorde, de 65,7 milhões de pessoas
    **Taxa de subutilização da força de trabalho (24,6%) e população subutilizada (27,9 milhões) são recorde
    **Número de desalentados (4,9 milhões de pessoas) é o maior da série do IBGE
    **Empregados com carteira assinada somaram 33 milhões; e sem carteira, 11,1 milhões
    **Trabalhadores por conta própria são 23,8 milhões
    No trimestre encerrado em janeiro, a taxa de desemprego verificada pelo IBGE foi de 12%, atingindo 12,7 milhões de brasileiros – o maior número de desocupados desde agosto de 2018 e a primeira alta em dez meses.
    Com o desemprego em alta, diversas cidades do país têm visto a formação de grandes filas de trabalhadores em busca de uma vaga de trabalho nas últimas semanas.
    Em São Paulo, um evento oferecendo mais de 6 mil vagas reuniu uma multidão no Vale do Anhangabaú, no centro da cidade. Houve filas também na região metropolitana de Curitiba, onde trabalhadores buscavam vaga em um supermercado; em São José do Rio Preto (SP), por vagas em uma usina; no Distrito Federal, onde um restaurante abriu vagas; e em Campinas (SP), por vagas em uma loja na cidade.
    No Rio de Janeiro, filas de candidatos a uma das 150 vagas de auxiliar de serviços gerais se estenderam por dois quarteirões.
    “A desocupação voltou a subir, mas não é a maior da série. Neste mesmo trimestre (dezembro a fevereiro), a maior foi de 13,2%, em 2017. Esperava-se que ela fosse subir, é um aumento que costuma acontecer no começo do ano”, explicou, em nota, o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo.
    O número de pessoas desalentadas – trabalhadores que desistiram de procurar emprego –, que chegou a 4,9 milhões, também é recorde da série do IBGE, repetindo o registrado nos três meses anteriores (setembro a novembro), mas uma alta de 275 mil pessoas em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. O percentual de desalentados, de 4,4%, é o mesmo registrado nos três meses anteriores, também recorde.
    *****Fora da força de trabalho:
    O IBGE apontou também que a população fora da força de trabalho alcançou 65,7 milhões de pessoas, a maior da série do instituto, crescendo 0,9% frente aos três meses anteriores e 1,2% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado.
    Já a população ocupada caiu 1,1% frente aos três meses anteriores (menos 1,062 milhão), para 92,1 milhões de pessoas. Na comparação com os mesmos meses do ano passado, no entanto, houve um crescimento de 1,1% na população ocupada, ou 1,036 milhão de pessoas.
    *****Educação, indústria e construção encolheram:
    A administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais foi o setor que mais dispensou trabalhadores na comparação com os três meses anteriores, com um corte de 574 mil pessoas. Indústria (-198 mil) e construção (-155 mil) também reduziram o número de trabalhadores.
    Esse é o Brasil da Direita Burra-administrada pelo miliciano Bolsona que só cresce para baixo

  • Petistas! Tudo chupadores de pau.

    Eu votei no segundo turno, contra o lulismo e tudo que representou o petismo porem acho que votamos errado em Bolsonaro como também acho que tínhamos melhores candidatos.
    Acho que estão fazendo uma sacanagem com o Bolsonaro pois devíamos esperar mais para critica-lo. Os perdedores da eleição deveria dar um tempo.
    Devido a corrupção nos últimos 15 anos, os políticos perderam espaço para os militares. Este foi um aviso do eleitor que votou em Bolsonaro. O eleitor quis a volta dos militares. Não reclamem
    Acho que ela tem razão

  • Enfermeiro cubano

    Bolsonaro acaba com aumento real do salário mínimo O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) a ser enviado pelo governo ao Congresso Nacional não terá previsão previsão de reajuste real do salário mínimo; a equipe econômica liderada pelo ministro Paulo Guedes orienta que o salário mínimo deve ser corrigido apenas pela inflação, usando como índice o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor); prevê-se que até abril o texto será enviado ao Legislativo Bolsonaro acaba com aumento real do salário mínimo Divulgação
    O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) a ser enviado pelo governo ao Congresso Nacional não terá previsão previsão de reajuste real do salário mínimo. A equipe econômica liderada pelo ministro Paulo Guedes orienta que o salário mínimo deve ser corrigido apenas pela inflação, usando como índice o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Prevê-se que até abril o texto será enviado ao Legislativo.
    Uma nova fórmula de cálculo do reajuste do salário mínimo pode ser enviada ao Congresso até 31 de dezembro, por meio de uma Medida Provisória, mas o assunto só será tratado depois da tramitação da reforma da Previdência.
    Reportagem de Antonio Temóteo para o UOL aponta que “o Orçamento precisa trazer uma previsão sobre o reajuste do mínimo, porque o piso salarial é referência para o pagamento de benefícios previdenciários, assistenciais e trabalhistas. Entretanto, o dado é apenas um parâmetro para o cálculo das despesas do governo e pode ser alterado ao longo do debate orçamentário”.
    “Hoje o salário mínimo está em R$ 998. A fórmula de cálculo do reajuste foi fixada por lei a partir de 2007. Até 2019, essa revisão levava em conta o resultado do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes mais a inflação do ano anterior, medida pelo INPC”.
    “Durante a transição do governo Michel Temer (MDB) para o de Jair Bolsonaro (PSL), o antigo Ministério da Fazenda recomendou a Guedes que a política de reajuste do mínimo fosse revisada”.
    E assim caminha a Direita Fascista com alguns puxa saco .

  • PT

    PETISTA ! TUDO CHUPADORES . DE PAU*******sou Lula, Haddad, sou Dilma e na mesma direção sou então PT, por isso posso e vou lhe dizer que chupador de pau é a senhora sua Mutter ou a senhora sua Hhefrau. e talvez até você .

    • Petistas! Tudo chupadores de pau. (2)

      PT
      Não se ofenda. Quem disse que petista é “chupador de pau”. Não sou eu. Foi a cantora petista. Ou vc não sabe ler?
      Voce é Lula, sim! Não queira me enganar.
      Você é um chup, chup
      kkkkkk

      • PT

        PETISTA! TUDO CHUPADORES DE PAU ( 2++++24 ) Independente de quem disse, minha resposta a você continua valendo.
        Sou Lula sim só um boçal desqualificado igual a tu é quem diz ou pensa que não sou Lula. Só que não pertenço a sua trupe que vive chupando sempre o pau do PT e do Lula. E como chupa.

  • Sérgio

    Tadinha a Nana está com alzaimer. Os bolsomínions com a notícia se alvoraçaram todos… Tadinhos. Tenho apenas um sentimento deles. PENA…

  • Enfermeiro cubano

    RAFAEL sua descrição está desculpada pois és aquele que denota inteligência curta ou possui pouco juízo; idiota e tolo. pois eu não só copio, nem só colo, mas faço meus textos e também faço ou pratico a Inter textualização ( sabe o que é isso? ), por isso tenho opinião própria, ma se não tivesse você não teria nada com isso, e deveria sim cuidar de sua família e de seus galhos na sua cabeça.
    Para finalizar eu lhe proponho, escolha o tema e vamos ver quem realmente sabe e tem opinião própria, pois para mim és um Imbecil que perdeu o uso da razão; alienado, idiota, néscio.

  • Petistas! Tudo chupadores de pau (3)

    Enfermeiro cubano
    Assume! Você não sabe escrever. Não tem opinião própria. Por isso “copia e cola”.
    Só escreve quando é para xingar.
    Para Isso você é muito bom.
    Porque é fácil pois não precisa por o nome. Qualquer imbecil xinga, no teclado.

    • Enfermeiro cubano

      PETISTA! TUDO CHUPADORES DE PAU ( 3 ) você é um dos doente que possui um atraso mental acentuado, que é educável só até certo grau, que sabe falar, mas é incapaz de utilizar e compreender a linguagem escrita., então psara não lhe afetar seu cérebro cheio de merda vou lhe dizer: não sei escrever, não tenho opinião própia, copio e colo textos, está bom para você ?
      Agora fique tranquilo e não vai ficar nervoso, caso contrário terás que voltar para o manicômio.
      Finalizando não sirvo pára nada, mesmo sendo formado em história com mestrado, geografia e pedagogia ao contrário de você que em sua forma de interação social, muitas vezes se comporta de forma irregular e anti-social. num sentido mais amplo, sua psicopatia é uma doença causada por uma anomalia orgânica no cérebro (cheio de merda). Em sentido restrito, é um sinônimo de psicose (doença mental de origem neurológica ou psicológica). Por isso estou concordando com sua palavras sem xingar pois nem isso você sabe.
      Tchau Palhaço.

    • Enfermeiro cubano

      UM POUQUINHO DO QUEM FOI LULA—-

      No dia 30 de março de 2011, há oito anos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebia o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra, em Portugal. Recebido com respeito e muito carinho por brasileiros e portugueses na mais antiga universidade de Portugal e uma das mais velhas da Europa, Lula dedicou o título ao companheiro e amigo José Alencar, ex-vice-presidente da República.
      No total, o presidente que sempre sofreu preconceito por não ter diploma universitário, já recebeu 35 títulos honoreis causa em reconhecimento à revolução que promoveu no ensino superior e às políticas de inclusão social no Brasil.
      Durante seus dois mandatos, Lula criou 14 universidades federais, levando dezenas de campi ao interior do país. Graças a suas políticas educacionais como #Prouni e #Fies, o filho do pedreiro passou a poder ser doutor. O número de universitários passou de 3,5 milhões em 2002 para 6,8 milhões ao final do governo Lula. Cumprindo sua promessa de campanha, afastou a fome do dia-a-dia de milhões de brasileiros e, com o #BolsaFamília, tirou 36 milhões de pessoas da extrema pobreza. #LegadoLula
      Ta bom ou quer mais.
      Boçal é copia ou cola?

  • Petistas! Tudo chupadores de pau. (2)

    PT
    Não se ofenda. Quem disse que petista é “chupador de pau”. Não sou eu. Foi a cantora petista. Ou vc não sabe ler?
    Voce é Lula, sim! Não queira me enganar.
    Você é um chup, chup
    kkkkkk

  • PT

    PETISTA! TUDO CHUPADORES DE PAU ( 2++++24 ) Independente de quem disse, minha resposta a você continua valendo.
    Sou Lula sim só um boçal desqualificado igual a tu é quem diz ou pensa que não sou Lula. Só que não pertenço a sua trupe que vive chupando sempre o pau do PT e do Lula. E como chupa.

  • eu

    Canhão fascista Nana Caymmi, hoje com 77 anos.
    Dispara seu ódio contra Chico, Caetano e Gil!
    Pasmem foi namorada de Gil no seu tempo de brotinho.
    Hoje uma velha atormentada e bolsonarista!
    Não vou perdoar!

  • Enfermeiro cubano

    O presidente Jair Bolsonaro sinalizou oficialmente que as Forças Armadas poderão comemorar o golpe de 31 de março de 1964, que instaurou uma ditadura militar no país, deixando centenas de mortos e desaparecidos, e cuja repressão lançou mão de artifícios como estupros e tortura. O anúncio, feito pelo porta-voz do Governo, Otávio Rêgo Barros, na noite de segunda, escancarou os fantasmas que o Brasil carrega e não consegue superar apesar de todas as tentativas de se pacificar com o passado. “O nosso presidente já determinou ao Ministério da Defesa que faça as comemorações devidas com relação a 31 de março de 1964”, afirmou Barros. A então presidenta Dilma Rousseff, ela própria vítima das torturas da ditadura, havia suspendido em 2011 qualquer celebração da data.
    Bolsonaro escancara cadáver insepulto da ditadura com celebração do golpe Transição incompleta e democracia débil, o caso brasileiro.
    Agora, com número recorde de militares ocupando o primeiro escalão do Governo desde os anos de chumbo, Bolsonaro faz um aceno considerado por especialistas “mais simbólico do que prático” para a ala mais radical da tropa, conhecida como generais de pijama, ou militares da reserva. Porém, a simples menção à data como fonte de celebração ganha dimensão humilhante para familiares que tiveram parentes torturados e mortos na ditadura. Ieda de Seixas, que tinha 24 anos ao ser presa e torturada no período da ditadura apenas por ser filha de um militante político, criticou a decisão de Bolsonaro, mas não se disse surpresa. “Anistiaram os torturadores, o que eu posso esperar? O que me deixa indignada é saber que os torturadores estão morrendo de pijama em casa, sem serem julgados”, afirmou ao EL PAÍS. A Lei da Anistia de 1979 deixou os militares livre de punição, mesmo com as provas irrefutáveis dos crimes cometidos de então.

  • Alguma dúvida ?

    A QUEM POSSA INTERESSAR:
    O PTralha Luiz Antônio Lula da Silva continua trancafiado, ficou alguma dúvida ?.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *