ROBERTA SÁ E MARTINHO DA VILA – “ME FAZ UM DENGO E DISRITMIA”

Eu já postei uma bonita versão de “Disritmia” – um dos grandes sucessos do Martinho da Vila – com o grupo Arranco de Varsóvia (aqui). E agora, atendendo à sugestão de um dileto amigo, estou postando um medley com “Me Faz Um Dengo” e “Disritmia”, interpretadas pela Robertá Sá e o Martinho da Vila, no show “Delírio no Circo“, da cantora potiguar.

“Me Faz Um Dengo” foi gravada originalmente pelo Martinho no disco Sentimentos, de 2003. Já “Disritmia” foi lançada em 1974, no disco Canta, Canta, Minha Gente. Curiosamente, Martinho da Vila esteve em Jales naquele mesmo ano, para um show no então Instituto de Educação “Euphly Jalles”.

Depois do show, Martinho e seus músicos se juntaram a alguns notívagos jalesenses e foram terminar a noite no Bar do Olices, que, naquele tempo, ficava ao lado da Rádio Cultura, na Rua Treze, bem em frente à Praça “Euphly Jalles”.

Segundo o meu amigo Seixas, que fez parte da turma que deixou o Bar do Olices às 06:00 horas da manhã, “foi ali que o Martinho da Vila pegou um papel e escreveu de próprio punho a letra de um samba que tinha acabado de gravar, deixando de presente pro Deonel. O samba se chamava Disritmia“.

Vamos ao vídeo com o Martinho e a Roberta Sá:

2 comentários

  • Olha o contraste do figurino do sambista nato Martinho da Vila e da sambista de ocasião Roberta Sá.Por falar em em sambista de ocasião,alguém saberia me dizer onde acaba o samba e começa a MPB,ou vice-versa?Até onde eu vejo,boa parte do que se faz no Brasil em matéria de sonoridade-rítmica,começa ou termina em samba.Temos o samba-canção que é um samba ralentado,o samba-choro que é mais acelerado e temos a bossa-nova que é um samba ”depurado” e sem melanina.Além de outras vertentes como o samba-rock,o samba-jazz,o sambalanço e até o samba rural paulista.Deve ser por isso que surgiu a expressão tudo acaba em samba.

  • Apesar da Roberta Sá não ser uma sambista de terreiro como uma Jovelina Pérola Negra,a moça samba direitinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *