ROBERTA SÁ E NEY MATOGROSSO – “PEITO VAZIO”

CARTOLA ELIFASAngenor de Oliveira, o Cartola – ao lado, no traço de Elifas Andreato – é um caso especial em nossa música popular. Homem de origem e vida modestíssimas, que cursou apenas o primário, ele era ao mesmo tempo um poeta e compositor sofisticado. O apelido, Cartola ganhou quando trabalhava como servente de pedreiro e usava um chapéu-coco para se proteger do sol e do cimento que caía de cima.

Autor de clássicos da MPB, Cartola só gravou o seu primeiro disco em 1974, quando já tinha 66 anos. E aos 67 anos, quando a maioria das pessoas já está rezando para o mundo acabar em barranco e já não produz muita coisa, Cartola produziu obras primas como “Cordas de Aço”, “As Rosas Não Falam” e “O Mundo é Um Moinho”, músicas que integraram seu segundo disco, gravado em 1976.

No mesmo disco, Cartola gravou outra jóia: “Peito Vazio”, que pode ser apreciada no vídeo abaixo. A belíssima  interpretação  – com Roberta Sá, Ney Matogrosso e o Trio Madeira Brasil – faz parte do DVD “Pra Se Ter Alegria” (2009) da cantora potiguar, nascida em Natal(RN) aos 19 de dezembro de 1980, ou apenas 20 dias depois da morte de Cartola (30 de novembro de 1980). Vale a pena conferir:

 

3 comentários

  • Vera Regina Matozo Especiato,

    Que lindo Cardosinho! Obrigada por nos brindar com música de tão boa qualidade. Um abraço.

  • Roberta Sá deve ser o único caso de alguém que participou de shows de calouros ou reality shows e que tenha conseguido fazer uma carreira musical de prestígio.A potiguar é um dos grandes destaques da nova MPB,a crítica adora.Luís Antônio Giron chegou a dizer que ela está entre os cânones de nossa música,como Gal Costa e Marisa Monte.

  • Cartola é a prova viva de que samba não se aprende no colégio.No Brasil tem dessas coisas,pessoas que tinham tudo pra não ser nada (como Machado de Assis,outro exemplo),e de repente se tornam unanimidades em sua área.Sem o Cartola a nossa música seria diferente,o grande melodista e letrista é um dos pilares da chamada MPB de boa cepa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *