TRINTA ANOS SEM ELIS REGINA

Nesta quinta-feira está completando 30 anos que uma das cantoras mais irreverentes, carismáticas, irrequietas e com uma das mais belas vozes do Brasil nos deixou. A porto-alegrense Elis Regina morreu em 19 de janeiro de 1982, com apenas 36 anos, em São Paulo.

Elis não foi apenas uma grande cantora. Foi, também, e, talvez, mais profundamente, uma representante dos conflitos da mulher de sua época, que precisava (e queria) se impor num mundo masculino com dificuldades para se render ao real valor das figuras femininas emergentes. Precisou se reinventar e se superar várias vezes, e o fêz com muito sofrimento, mas com firmeza.

Elis colocou sua alma em muitas canções e, por isso, ficou e ficará para sempre como grande ícone da MPB. Ela gostava de prestigiar novos compositores e foi através da voz dela que surgiram ou se firmaram grandes autores/cantores como Milton Nascimento, Ivan Lins, Belchior, João Bosco e outros. Abaixo, “O Bêbado e a Equilibrista”, de João Bosco e Aldir Blanc, um de seus maiores sucessos:

 You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

3 comentários

  • FÊNIX

    Elis Regina; os leitores podem não concordarem;
    mas para mim foi uma inteligência neglicênciada, feito Cazuza…Curti ambos em épocas deferentes, é claro! porém negliceciaram suas sabedorias em nome da porra louca chamada COCAÌNA> Penso comigo o que seria dos dois se conhecem a CRAK..afffffff

    Ps: E tudo o que cantaram(Elis), e compôs (Cazuza), ao menos para mim ficou claro que Viver é não ter a vergonha de ser feliz…..Eu quero a sorte de um amor tranquilo com sabor de fruta mordida…..e Não quero lhe fala meu grande amor, das coisas que aprendi nosa discos…..ou então que a tarde caia sobre o viaduto….
    rsrsrs Salve salve !!!!

  • A maioria das pessoas esquece desse lado irreverente da Elis,que você ressalta muito bem,e de sua luta pra se impor num mundo,ainda,completamente dominado pelos homens,boa lembrança.

  • Apesar de alguma semelhança entre Cazuza e Elis regina,não esqueçamos que ele sempre fez a linha porra loca,enquanto ela tinha fama de ser careta,era uma D. de casa que cantava.A Elis deve ter usado cocaína por apenas cinco meses,tanto é verdade que ninguém sabia,e tem gente que não acredita até hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *