VÍTIMA DE ANEURISMA, COMPOSITOR VANDER LEE FALECE AOS 50 ANOS

vander lee1Morreu na manhã de sexta-feira, 05, aos 50 anos de idade, o cantor e compositor mineiro Vander Lee. Ele foi vítima de um aneurisma na aorta abdominal que sofreu no dia anterior, enquanto fazia hidromassagem. Internado em um hospital de Belo Horizonte, ele teve sucessivas paradas cardíacas e não resistiu.

Compositor de canções românticas (não por acaso, um de seus sucessos se chama “Românticos“) e até de alguns sambas (“Passional”aqui – que ele canta com Zeca Baleiro, é um dos meus preferidos ), Vander Lee, embora não muito conhecido fora do circuito Minas-Rio, conquistou um público fiel em sua carreira de 20 anos, precocemente interrompida.

O período de maior visibilidade de Vander Lee foi na primeira metade dos anos 2000. Em 2002, Gal Costa lançou “Onde Deus possa me ouvir”, uma das mais belas músicas do compositor. No mesmo ano, a cantora Milena Monteiro lançou “Esperando aviões”, tristonha canção de amor que se tornaria um dos maiores sucessos do artista.

A Abelha Rainha, Maria Bethânia, foi outra que gravou Vander Lee. Em 2009, ela lançou o congado “Estrela“, no álbum Encanteria. Música que, por sinal, integrou Sambarroco, de 2012, o penúltimo disco de estúdio gravado pelo compositor mineiro. O último disco – chamado Loa – é de 2014.

Menos mal para aqueles que apreciam seu canto – como é o caso do meu amigo Celiomar Trindade – que Vander Lee (nome verdadeiro Vanderli Catarina) ainda vai nos deixar um disco póstumo, gravado ao vivo, há pouco mais de um mês, no Espaço Cultural Tom Jobim, Rio de Janeiro. Abaixo, um vídeo em que ele canta “Românticos“.

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *