CLÓVIS E ESPECIATO BOTAM O BLOCO NA RUA

Os candidatos situacionistas a prefeito e vice, Clóvis Viola(PPS) e Luís Especiato(PT), já saíram em campanha no final de semana. No sábado, acompanhados de alguns candidatos a vereador, eles estiveram no “Comboio”, onde distribuíram sorrisos e conversaram com eleitores.

E no domingo, eles acordaram cedo e, apesar do frio, foram até o Estádio Municipal “Roberto Valle Rollemberg”, onde, das arquibancadas, assistiram alguns dos jogos finais da 1ª Copa Jales de Futebol Menor, acompanhados do candidato a vereador, Odair Gabriel(PPS). 

CANDIDATOS DA COLIGAÇÃO “CORAGEM E DETERMINAÇÃO COM JALES NO CORAÇÃO” (PTB-PDT-PRP-PSDC)

E agora, vamos aos candidatos de uma das três coligações que apóiam a dupla Nice Mistilides-Pedro Callado. Trata-se da coligação “Coragem e Determinação com Jales no Coração”, que tem, entre seus 20 candidatos os vereadores Claudir Aranda(PDT) e Sérgio Nishimoto(PTB), que tentarão a reeleição.

O PTB perdeu dois de seus principais puxadores de votos. Hilário Pupim, que desistiu de candidatar-se e Jesus Martins Batista, o Jesus da Dengue, que mudou-se para o DEM. O ex-vereador Daniel Garcia(318 votos), Giza Cabeleireira(185 votos), professor Baldan (153) e o radialista Custódio Moreno (142 votos) também disputaram as eleições 2008 pelo PTB, mas não participarão das eleições 2012.  

A grande maioria dos que sobraram nunca testou a popularidade em uma eleição para vereador. As exceções são o Maurinho Eletricista, que teve 77 votos em 2008 e o Cássio Motos, que, em 2008, disputou uma vaga de vereador pelo PV, mas obteve apenas 88 votos.

Claudir Aranda – 12500                Professora Marieta – 14000            Zanetoni – 14100

    Rolinha – 14111                      Nelson da Padaria – 14140              Maurinho  – 14155

   Nishimoto – 14444                         Cássio Motos – 14500          Magrão Furlan – 14567

  Adão Dutra – 27000                         Tia Rose – 27122                    Mara Fontes – 27123

Durval (Du) – 27550                     Paula Sorriso – 27777               Bruno Altimari – 44123

Cida da Farmácia – 14123                                Roberto Gonçalves – 14555

CANDIDATOS DA COLIGAÇÃO “SOMOS JALES DE CORAÇÃO” (PSB-PV-PCdoB)

Abaixo, os 18 candidatos a vereador da coligação “Somos Jales de Coração”, com os filiados do PSB, PV e PCdoB, que apóiam os candidatos Flávio Prandi-José Devanir “Garça” Rodrigues. A maioria deles está disputando uma cadeira de vereador pela primeira vez.

Entre os candidatos com alguma experiênca nas urnas, temos o Juliano Matos, que disputou uma eleição para deputado federal. Ailton Akio  Cavano(535 votos em 2008), Ricardo Junqueira(533, em 2004), Júnior Rodrigues(390, em 2004) e Eva Canuto(345, em 2008) são os que já tentaram chegar à Câmara.

O dentista Antonio Virgílio de Carvalho(PSB), o Flechinha, está debutando. Ele é irmão do servidor municipal Teofredo Neto de Carvalho, que, em 2000, amealhou 186 votos para vereador. E primo do Luiz Eurípedes de Carvalho, o Luiz Mineiro, que, em 2008, obteve 478 votos, disputando pelo DEM. 

     Franciele – 40100                         Kazutinho – 40111                       Carlão  – 40113

    Cavano –  40123                         Ricardo Junqueira – 40130             Regina – 40140

   Ivone – 40240                                  Flechinha – 40345                 Tiago Abra – 40456

Júnior Rodrigues – 40580            Eva Canuto – 40789               Juliano Matos – 40999

     Zinha – 43000                           Paulino Paraná – 43123                   Josuel – 43255

     Devanir – 43456                       Professor Cleber – 65123                     Geni – 65555

CANDIDATOS DA COLIGAÇÃO “JALES: PROGRESSO E FUTURO CERTO” (PP-PT-PPS)

Júnior Valério – 11111                Pheter Legal – 11333                 Atila Oliveira – 13007

Neusa do PS -13012                    Heder Donda – 13013             Marquinho Porto – 13100

Luís Rosalino – 13123              Peterson do DPVAT – 13133             Valquíria – 13258

  Pérola – 13313                            João Luiz – 13315                     Profª. Gisele – 13321

Cláudio Pica-Pau – 13326                 Britto –  13456                    Profª. Toninha – 13613

Zé do Trevo – 13630                        Luiz Tonon – 13633                       Celina – 13654

Maurinho Enfermeiro – 13678                       Odair do Almoxarifado – 23456

Os candidatos a vereador pelo PP(11), PT(13) e PPS(23) formam a coligação “Jales: Progresso e Futuro Certo”, que apóia os candidatos Clóvis Viola e Luís Especiato. A partir do dia 21 de agosto eles terão cerca de 7 minutos no rádio para dizer o que pretendem fazer na Câmara Municipal.

Apenas a vereadora Pérola Cardoso (1.713 votos nas eleições 2008) está tentando a reeleição. Além dela outros desses candidatos disputaram as eleições de 2008: Pheter Legal(110 votos), Neusa do Pronto-Socorro(92), Heder Donda(384), João Luiz(335), Britto(450),  Luís Tonon(45) e Celina(163).

Maurinho Enfermeiro disputou pelo PSDB e obteve 550 votos. Já o Zé do Trevo, que está de sorriso novo, disputou as eleições de 2004 e saiu das urnas com 177 votos. Carlos Roberto Valério Júnior, o Pequeno, nunca participou de eleições, mas o pai dele – Carlos Roberto Valério – disputou em 2004 e obteve 386 votos.

Na medida do possível, o blog vai divulgar todos os candidatos de todas as sete coligações que estão participando das eleições deste ano.

CANDIDATA NICE MISTILIDES DIVULGA CARTA À POPULAÇÃO DE JALES

A candidata a prefeita, Nice Mistilides(PTB), divulgou carta ao povo de Jales, nesta segunda-feira. Vamos a ela:

Jalesenses,

Estive presente nas duas últimas eleições municipais da nossa cidade, em 2004 e 2008, e nelas tive a honra de receber a confiança de 14.294 votos de vocês. Não fugi da raia em nenhum momento e nas duas vezes me coloquei contra esta administração que está se encerrando desaprovada pela grande maioria da população.

Naquelas ocasiões recebi com humildade o resultado das urnas e continuei, junto com meus companheiros, trabalhando firme pelos meus ideais. Agora volto à luta, porque entendo que Jales parou no tempo e tem problemas graves para serem resolvidos, como o desemprego, o atendimento básico na saúde, habitação, conservação de ruas, limpeza pública, lazer para os jovens e a melhor idade, combate à corrupção, entre outros temas que teremos a oportunidade de debater durante a campanha eleitoral.

Ao meu lado está o honrado Dr. Pedro Callado. Juntos preparamos um projeto para melhorar a vida das pessoas. Jales precisa voltar a crescer, com desenvolvimento sustentável, gerando mais oportunidades para todos. A nossa chapa é a única que tem amplo apoio do Governador Geraldo Alckimin, do Senador Aloysio Nunes, dos Deputados Federais Julio Semeghini e Eleuses Paiva, dos Deputados Estaduais Analice Fernandes, Carlos Pignatari e Campos Machado e representatividade no Governo Federal.

Nós temos um projeto para Jales e vamos realizá-lo junto com os Partidos que formam a nossa Coligação, nossos candidatos a Vereador e toda a nossa população. E para isso precisamos do seu voto e o voto da sua família. Contamos com vocês. Deus os abençoe e um grande abraço a todos.

MUDA JALES! Chegou a hora:  Nice (prefeita)

                                                      Dr. Pedro Callado (vice)

MORTE DE BEBÊ E ABANDONO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA TRAZEM TV RECORD A JALES

A repórter Thaís Luquesi, da TV Record – São José do Rio Preto, voltou a Jales na manhã desta segunda-feira. Dois assuntos a fizeram vir até aqui em pleno feriado estadual. Um deles trata do caso de um bebê que teria morrido – pouco antes do parto – por suposta negligência médica. Segundo a Thaís, este seria o segundo caso envolvendo o mesmo médico.

O outro assunto já havia sido objeto de uma matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, na edição de A Tribuna de duas semanas atrás. Trata-se da situação de abandono da nossa Estação Ferroviária, que, atualmente, serve de abrigo para moradores de rua e de ponto de encontro para usuários de drogas.

A Thaís entrevistou alguns moradores e comerciantes das redondezas, que se mostraram indignados com o abandono e a falta se segurança do local. Um adolescente de 14 anos declarou que já foi alvo de ameaças, feitas por usuários de drogas, ao passar pelo local. As reportagens deverão ser veiculadas nos programas SP-Record (19:50 horas) e no Balanço Geral (12:00 horas). 

COLIGAÇÃO DE MACETÃO REGISTRA 22 CANDIDATOS A VEREADOR. MAS A LEI SÓ PERMITE 20

Os números oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que, em Jales, as 07 coligações que disputarão as eleições para vereador registraram os nomes de 130 candidatos. Esse número deverá, no entanto,  ser reduzido a 128 candidatos, no máximo.

Isto porque a coligação “100% Renovação Já”, que inclui as siglas PSD, PSC e PRB, todas controladas pela família Macetão, apresentou nada menos que 22 nomes para registro de candidaturas junto ao Cartório Eleitoral de Jales.

A lei eleitoral prevê, no entanto, que, no caso de Jales, cada partido, individualmente, pode registrar até 15 candidatos, como seria o caso do PMDB, que vai disputar as vagas para a Câmara sozinho. Já nos casos de coligação, como é o caso dos partidos da família Macetão, a lei admite, no máximo 20 candidatos, ou seja, o dobro do número de cadeiras que estarão em disputa.

A este blogueiro, Macetão justificou que registrou duas candidaturas a mais porque dois de seus candidatos estariam subjudice. Acreditem se quiserem. O fato é que pelo menos dois dos candidatos apresentados por Macetão terão que ficar de fora das eleições de outubro. Não se perderá muita coisa!

ELEIÇÕES 2012: OGROS BRIGAM POR VOTOS NAS REDES SOCIAIS

Está aberta a temporada de caça ao voto. E a Justiça Eleitoral reconhece que vai ser difícil controlar a internet. Vejam a notícia do Extra on Line:

A briga eleitoral amplia as dimensões do ringue dos candidatos e o vale-tudo para conquistar um mandato chega à arena digital. Os primeiros ataques partiram do deputado federal Rodrigo Maia (DEM), que criou perfis falsos nas redes sociais para se promover e atingir o prefeito-candidato Eduardo Paes (PMDB), valendo-se dos chamados trolls — termo surgido na internet para designar o uso dessa artimanha em larga escala.

No último dia 18, a juíza Ana Paula Cardoso, da 192ª Zona Eleitoral, multou Maia em R$ 10 mil. Procurado pelo EXTRA, Rodrigo Maia não quis se manifestar sobre o assunto. Na opinião de especialistas, a pancadaria na rede está só começando. O principal meio de disseminação desses ataques será o Twitter. Esses grunhidos, como diria o Nobel de Literatura José Saramago, visam a fazer com que candidatos se tornem o assunto principal no microblog — para o bem ou para o mal —, atingindo o maior número possível de eleitores.

E não há quem ponha termo nessa terra de ninguém. Nem mesmo o Tribunal Superior Eleitoral.

— “O número de pessoas que lidam com as redes sociais é enorme, e não há nada a ser feito em termos de regulamentação por causa da liberdade de expressão. Esse é o desafio, porque há pessoas que entram na Justiça reclamando dos abusos que destroem reputações” — declarou recentemente a presidente do TSE, Cármen Lúcia Antunes Rocha.

Em outras palavras, os candidatos que se vigiem. Essa é a orientação da Justiça Eleitoral, que só agirá se receber denúncias. Não está prevista a criação de uma equipe de cyberfiscais para monitorar as redes sociais.

NUVENS CONSTRANGEDORAS

Depois de discorrer sobre a famosa frase do ex-governador de Minas Gerais, Magalhães Pinto –  também atribuída ao falecido deputado Ulysses Guimarães – segundo a qual “política é como as nuvens: a gente olha, está de um jeito; olha depois e está diferente”, o jornalista Deonel Rosa Júnior mencionou, em sua lidíssima coluna Fique Sabendo, dois casos recentes da política local:

NUVENS(3) – Em Jales, o PSDB, que, em 2004, rifou a então candidata do partido, Eunice Mistilides, a Nice, hoje no PTB, agora, docemente constrangido correu para o colo dela, apoiando-a tanto na eleição majoritária quanto na proporcional.

NUVENS(4) – O vice-prefeito Clóvis Viola(PPS), satanizado no âmbito do Partido dos Trabalhadores depois de afastar petistas do primeiro escalão durante a cassação temporária do prefeito Humberto Parini determinada, ao final do ano passado, pela justiça, foi recebido de maneira triunfal na convenção do PT, dia 29, tornando-se o candidato do partido à Prefeitura de Jales. 

Pessoalmente, acho que a atuação mais constrangedora foi da dupla PT-Viola. Há pouco tempo, em entrevista ao Antena Ligada, o prefeito Humberto Parini excluiu o PPS das possíveis negociações do PT, mas, quando viu a viola em cacos, teve que apelar ao Clóvis Viola.

De seu lado, Clóvis dizia, até alguns dias atrás, que, “juntar-se ao PT, nem na outra encarnação”, mas, assim que viu a chance de chegar ao poder, via PT, esqueceu-se de tudo o que Parini e outros petistas periféricos fizeram com ele. Creio que faltou, por assim dizer, “brios” a ambos. 

DESTAQUES DOS JORNAIS

Estas foram as manchetes dos jornais locais, neste final de semana:

Folha Noroeste: “Saúde investe R$ 1,5 milhão em assistência básica da região de Jales”

Folha Regional: “Alckmin inaugura primeiro trecho duplicado da Euclides da Cunha e anuncia investimentos em hidrovia”

Jornal de Jales: “Legislação proíbe vale-tudo entre candidatos na internet”

A Tribuna: “Saiba como ficou o cenário político de Jales e seus candidatos”

Na Folha Noroeste, destaque para iniciativa da Secretaria Estadual de Saúde, que está liberando recursos no valor de R$ 1,5 milhão, para modernização de salas das Unidades Básicas de Saúde, em várias cidades da região de Jales. Outras manchetes:Prefeitura de Urânia regulariza entrega de escrituras do bairro Vicente Filié“; “TJ condena prefeito, vereador e empresária de Aspásia, por improbidade administrativa“. Na coluna FolhaGeral, o editor Roberto Carvalho informa que as horas que antecederam o encerramento das convenções partidárias, em 30 de junho, foram vergonhosas para a política jalesense.

Folha Regional destacou, novamente, a visita que o governador Geraldo Alckmin fez à região na semana passada, onde inaugurou oficialmente o primeiro trecho da duplicação da rodovia Euclides da Cunha. Outras manchetes: “Karateca jalesense conquista Sul-Americano“; “Comerciários apoiam programas da Secretaria do Trabalho“; “Reformas em ESFs beneficiam população“. Na coluna Ella, o destaque é a jovem estudante do 1º Colegial, Júlia Sttopa Abuíssa Assad, uma paulistana que veio a Jales especialmente para ser clicada pelo fotógrafo Marcos Oliveira. Ela disse que adora passeios pelo shopping.

No Jornal de Jales, destaque para as restrições da lei das eleições, que, segundo o delegado de polícia Higor Vinícius Jorge, proíbe o anonimato e ofensas a candidatos, na internet, durante a campanha eleitoral. Outras manchetes: “Bandidos explodem caixa eletrônico em usina“; “Na Câmara Municipal, renovação antecipada de 40%“. Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informa que problemas entre PT e PR, em nível nacional e estadual, além da demissão de Jorge Valério, durante o curto mandato de Clóvis Viola na Prefeitura, levaram o partido a fechar com a candidatura Flá-Garça. 

O jornal A Tribuna destacou as eleições municipais de outubro, informando que, no total, 18 partidos políticos estarão na disputa deste ano, enquanto, de outro lado, nada menos que 127 candidatos vão disputar uma  das 10 cadeiras de vereador na Câmara de Jales. Outras manchetes: “Vereador quer saber onde estão os R$ 3 milhões para asfalto“; “Santa Casa estuda processar família de paciente de Iturama“. Na coluna Enfoque, a informação de que a renúncia do ex-vereador Francisco Gerez Garcia, o Paco, ao cargo de presidente do PP de Jales, quase levou o partido a ficar de fora das eleições municipais.  

1 1.298 1.299 1.300 1.301 1.302 1.591