A PROPOSTA DA PREFEITA NA IMPRENSA

Há alguns dias, escrevi sobre os 90 subempregos que a prefeita anunciou como uma “grande conquista” de sua administração. Vejam, agora, o que foi publicado na coluna Folhageral, do jornal Folha Noroeste de ontem:

As 90 bolsas da Frente de Trabalho que a prefeita Nice Mistilides anunciou em sua entrevista coletiva, não são vagas para emprego, mas sim um programa que oferece renda e qualificação profissional à população desempregada e em situação de alta vulnerabilidade social.

E as inscrições são feitas pela internet e não podem ser distribuídas aos apaniguados, como entendeu a prefeita ao oferecê-las aos nobres vereadores presentes à coletiva.

Vejam, também, o que foi publicado pelo Jornal de Jales, a respeito da proposta feita pela prefeita aos vereadores:

Em reunião em seu gabinete, dia 12, a prefeita Eunice Mistilides Silva propôs aos vereadores que indicassem, cada um, três nomes para ajudar a preencher as 90 vagas de um programa de frente de trabalho do Governo do Estado.

A proposta foi rechaçada pelos vereadores de oposição. O vereador Luís Rosalino(PT) que integra o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, disse que vai fiscalizar e se houver informação de que algum colega aceitou a proposta da prefeita, ele será denunciado.

Para Rosalino, a indicação de nomes para a frente de trabalho é tráfico de influência e falta de decoro parlamentar. Ele disse que antes esse tipo de comportamento era às escondidas, mas agora a prefeita decidiu fazer tudo às claras, inclusive convidando a imprensa.

8 comentários

  • somos contra os politicos

    Isso demonstra que a imprensa nao e’ apartidaria como deveria ser.
    Os jornais de Jales sobrevivem de verbas publicas e a prefeitura e’ um grande cliente que publica editais e noticias publicas.
    O jornal que fala mal da prefeita e’ porque nao tem a prefeitura como seu cliente.
    Isso muda a cada 4 anos.
    No Brasil, os politicos sao donos dos principais meios de comunicaçao.
    Isso explica que as noticias em cada jornal e televisao atendem a interesses financeiros e politicos. E’ uma pena.

  • Lelito

    Deixa-me ver se entendi. A prefeita propôs, usando dinheiro público, aos vereadores que indicassem apaniguados ?!

  • Anonimo

    A nossa prefeita é totalmente sem noção.

  • ANALISADOR

    ESTA PREFEITA ESTÁ BRINCANDO DE SER PREFEITA.
    É ISTO QUE EU ENTENDI ????????????
    ESSE TAL DE “somos contra políticos” É SEM NOÇÃO IGUAL A PREFEITA.

  • Anonimo

    ”um programa que oferece renda ”? kkk 210 reais eu tiro fazendo bico de fim de semana e ela chama isso de renda? Cardoso falando em dinheiro,uma pergunta. Esse tal de ”Café com a Prefeita” quem é que banca isso? Todos sabemos o ”banquete” que é servido a população que comparece,mas não sabemos se isso é pago com dinheiro publico, ouuu do bolso da Prefeita que eu acho impossível ser

  • Marcia

    A cada dia que passa a ungida mostra seu total despreparo para o cargo que ocupa.Será que ela pensa que são todos idiotas,desinformados,não conectados com a realidade?Essa coletiva foi um tiro no próprio pé,no meu entender.É taxar os outros de ignorantes….poderíamos ter passado sem essa…..e o próprio Alckmin falou com ela, para dar as boas novas…srsrsrsrsr Nos poupe d.Nice!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • somos contra os politicos

    Analisador, vc percebeu que a Folhanoroeste quis dar a noticia e o Jornal de Jales quis dar enfase ao vereador do PT.
    Embora ele nao tem nada a ver com isso. Porque sera’?
    Vc precisa analisar melhor. Ou vc e’ do PT/Parini?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *