“ACABOU A MAMATA”: BRAGA NETTO E OUTROS MILITARES DO GOVERNO RECEBERAM SUPERSALÁRIOS DE ATÉ R$ 1MILHÃO

É por isso que eles não querem largar o osso. Deu no portal Congresso em Foco:

O candidato a vice na chapa do presidente Jair Bolsonaro (PL), general Walter Braga Netto, recebeu R$ 926 mil de salários em dois meses de 2020. Em um único mês, só de férias, o general recebeu R$ 120 mil.

Outros militares do governo, como Luiz Eduardo Ramos, atual chefe da Secretaria-Geral da Presidência, e Bento Albuquerque, ex-ministro de Minas e Energia, também receberam valores expressivos no mesmo período.

Os dados são de levantamento feito pelo deputado Elias Vaz (PSB-GO) e publicado em primeira mão pelo jornal O Estado de S. Paulo. Bento Albuquerque chegou a receber mais de R$ 1 milhão.

Junto com o também deputado Camilo Capiberibe (PSB-AP), Vaz apresentou nesta manhã requerimento ao ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, pedindo explicações sobre o pagamento das remunerações extraordinárias superiores a R$ 1 milhão, além do salário mensal, a militares da ativa, inativos e pensionistas no ano de 2020. 

4 comentários

  • Bolsonaro: de milicianos a generais

    Em 2019, no primeiro ano de Bolsonaro, ele apresentou um projeto de lei que aumentou os benefícios pagos aos amigos militares.
    A indenização paga quando eles são transferidos para a reserva, por exemplo, subiu de quatro para oito vezes o valor do soldo.
    O gasto com os salários aumentou de R$ 75 bilhões em 2019 para R$ 86 bilhões.
    No caso de Braga Netto, o Exército afirmou que os pagamentos incluem indenização por férias não usufruídas e adicionais não recebidos ao longo da carreira.
    Para Ramos, os valores entraram no contracheque em função da passagem para a inatividade e indenização por férias e licença especial não usufruídas.
    Em todos os casos, as Forças Armadas argumentaram que os pagamentos estão fundamentados em instrumentos legais.
    Isto é a chamada corrupção oficial.
    Nunca tivemos militares tão empenhados em desmoralizar as urnas eletrônicas.
    Em patrocinar o golpe, se Bolsonaro perder a sua reeleição.
    Protegendo as manifestações e falas do Bolsonaro. contra o STF.
    Este é o preço para avalizar todas essas ameaças Porisso, não estáo nem aí para eleições ou democracia, mas para apoiar tudo que seu mestre mandar.
    Esse Braga Neto, depois se retratou, foi dizer na Camara que sem voto impresso não haveria eleições.
    Mas tem civis tambem regiamente agraciados, por promessa de nomeações para o Supremo e outros tribunais,
    E mais deletérios que os contracheques desses militares medíocres, temos Arthur Lira, o chefão do orçamento secreto, o maior responsável pelo desastre desse governo, que já deveria ter acabado há tempos

  • Polarização é meu p4# em sua mão!

    E o PT, hein?

    e o LuLa?

  • Esse fato é peixe pequeno perto do “auto-aumento” do STF! Mas isso ninguém vai questionar…

    • sukodilaranja

      Pelos trabalhos prestados, Pelo menos o Xandão merece muito mais aumento. Para os militares basta um vale viagra, vale protese peniana, e um leite condensado superfaturado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *