ADVERSÁRIOS PEDEM QUE JUSTIÇA ELEITORAL EXPLIQUE SITUAÇÃO DE CAJU

A coligação “Unidos Para o Progresso”, de Paranapuã, encaminhou correspondência ao juiz eleitoral de Jales, solicitando que a Justiça Eleitoral esclareça a comunidade daquele município sobre a real situação do candidato Cláudio Pereira da Silva(PT), o Caju.

Os adversários alegam que Caju estaria se utilizando da estratégia de, nas visitas aos munícipes de Paranapuã, afirmar que o Cláudio Pereira da Silva que está com a candidatura indeferida seria um homônimo dele, ou, em linguagem popular, um xará.

Em seu despacho, o juiz eleitoral Eduardo Henrique de Moraes Nogueira confirmou que a candidatura de Caju permanece sub judice, uma vez que ele recorreu ao TSE. O juiz disse também que somente após eventual confirmação do indeferimento, pelo TSE, a Justiça Eleitoral de Jales, poderia tomar providências administrativas.

Pitaco do aprendiz de blogueiro: a candidatura de Caju foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), que o incluiu em um dos artigos da “Lei da Ficha Limpa”, já que ele teve algumas contas públicas rejeitadas. Caju já recorreu ao TSE, mas seu recurso saiu de São Paulo no dia 10/09 e, aparentemente, ainda não chegou em Brasília.

Não será surpresa, no entanto, se Caju conseguir reverter o caso em Brasília, pois, há alguns dias, o Diário Oficial do Estado publicou despacho do Tribunal de Contas de São Paulo, que acolheu um recurso de Caju e mudou a decisão que havia rejeitado as contas de um consórcio presidido pelo ex-prefeito de Paranapuã.

O TCE está dizendo, agora, que as contas do referido consórcio, relativas a 2006, estão regulares. A menos que Caju tenha outras contas rejeitadas, não haveria mais motivos para que sua candidatura continue indeferida.

É importante reafirmar, no entanto, que o Cláudio Pereira da Silva que está – até o momento – com sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral é mesmo o Caju. Não se trata de nenhum homônimo.   

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *