ADVOGADAS LIGAM LUÍS HENRIQUE A AÇÃO QUE TENTOU IMPEDIR INÍCIO DE OBRAS CONTRATADAS POR FLÁ

Como este modesto blog já informou, os dois advogados indicados pelo prefeito eleito, Luís Henrique Moreira para integrar a equipe de transição de governo – Christopher Rezende Guerra Aguiar e Paulo Rodrigo Rezende Guerra Aguiar – possuem ligações com o deputado federal Fausto Pinato(PP) e também com o próprio Luís Henrique, uma vez que atuam na defesa do nosso futuro prefeito em uma ação por danos ao erário público de Buritama.

Como se pode ver no print acima, além dos dois citados advogados, o time que defende Luís Henrique na ação de Buritama é integrado, também, pela advogada Roberta Rezende Guerra Aguiar Garcia Cid.

Por uma agradável coincidência, uma advogada de nome parecido – Maria Clara Rezende Aguiar Garcia Cid, provavelmente irmã de Roberta – foi quem assinou uma ação popular protocolada pelo vereador Macetão no Fórum de Jales, em dezembro de 2019.

À época, muita gente estranhou o fato de Macetão ter contratado uma advogada totalmente desconhecida por aqui, aparentemente do Paraná, para representá-lo na tal ação popular.

O objetivo da ação de Macetão era impedir o início das obras contratadas pelo prefeito Flá Prandi para serem executadas com os R$ 11 milhões emprestados pela Caixa Econômica Federal. Àquela altura, Flá ainda era pré-candidato à reeleição.

Agora, a pergunta de R$ 11 milhões: a quem interessava impedir a realização das obras? Tudo indica que Macetão, devidamente castigado pelas urnas, foi apenas a parte visível dessa história. 

12 comentários

  • Abraham Lincoln

    Se verdadeira uma história dessas, então teremos anos de muita escuridão em nossa política.

  • Rindo até 2024

    Kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk kkkkkkkkk

  • Tentou ferrar com o Flá de tudo que é jeito

    Olha uma outra coincidência: no dia da audiência nessa Ação Popular, a advogada do Macetão aparentemente tinha outro compromisso e substabeleceu para o advogado Christiano Figueiredo Marini, que atuou na audiência em favor de seu cliente Luiz Henrique Viotto. Eis o trecho da ata de audiência:
    “presente o requerente LUIZ HENRIQUE VIOTTO; presente seu advogado, Dr. CHRISTIANO FIGUEIREDO MARINI – OAB/SP n.º 192.245; presente a requerida PREFEITURA MUNICIPAL DE JALES, representada pelo Excelentísimo Senhor Prefeito FLÁVIO PRANDI FRANCO, também requerido; presente o Subprocurador-Geral do Município, Dr. BENEDITO DIAS DA SILVA FILHO – OAB/SP n.º 238.948”.
    Agora vejamos os dados do processo n.º 1077236-46.2016.8.26.0100, que Luis Henrique dos Santos Moreira moveu contra Diretório do Estado de São Paulo do Partido Progressista. Adivinhem quem é o único advogado do nosso prefeito eleito nesse processo? Ele mesmo, o Dr. Christiano Figueiredo Marini.
    Se um sujeito desse, sem mandato, já tentou ferrar com a cidade usando um vereador sem noção como laranja, só pra viabilizar sua candidatura, imagine o que ele é capaz de fazer com um mandato?

  • Adilson

    Velha política (travar Jales) Já viu que a gente vai sofrer mais 4 anos

  • Jalesense

    Eles não prejudicaram o Fla. Eles prejudicaram o município. Eles prejudicaram o progresso e o desenvolvimento de Jales.

  • Fã do Cardosinho

    Parabens Cardosinho pela qualidade do seu jornalismo investigativo. Você é o nosso Glenn Greenwald. O Blog do Cardosinho é o nosso The Intercept Brasil.

  • Eleitor

    O Macetão já recebeu o seu merecido castigo. Foi escorraçado da Câmara de Vereadores pelos eleitotes de Jales. Esse nunca mais.

  • Olho Vivo

    Faz tempo que o forasteiro está conspirando contra Jales. Fernandópolis e Santa Fé agradecem!

  • Grobo

    Esse LH é um resto de barrigada, agora não adianta chorar povo

  • JAGUNÇO PREOCUPADO

    Olha povo de Jales!
    Votamos em forasteiro e que pode esperar em nosso município.
    Isso ainda vai dar camburam a caminho Rolândia .

  • Só rezando

    Meu Deus!!!
    Em momento algum pensaram no benefício dessas obras tão importantes para a população de Jales?
    Pensaram apenas em proveito próprio?
    Onde está a esperança em dias melhores para a comunidade?
    Se é que existe o tal do inferno, certeza que é pra esse tipo de gente.
    Deus nos guarde, nos proteja e ilumine a TODOS!

  • Nenhuma novidade!

    A tentativa do Macetão de impedir o início das obras contratadas pelo Flá — para serem executadas com os R$ 11 milhões — era para ganhar tempo. Assim sair do período pré eleitoral.
    Com certeza, essa tática sempre foi usada para ganhar os votos do populoso bairro. Flá fez isso quando o Pedro Calado era prefeito.
    Na época, já se sabia das intenções do vereador que foi usado pelo grupo do então candidato vitorioso. Depois das pesquisas, Flá viu que não ganharia as eleições e que o PT não teria chances alguma. Deu de presente, a prefeitura a LH.
    A historia se repetiu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *