ADVOGADO DE NICE DISPENSOU DEPOIMENTO DA ÚLTIMA TESTEMUNHA DE DEFESA

Como os prezados leitores sabem, a prefeita Nice Mistilides indicou 10 testemunhas de defesa para serem ouvidas pela Comissão Processante que rola na Câmara. Sete delas já tinham sido ouvidas até a terça-feira passada.

Na sexta-feira, 19, foram ouvidas duas das três testemunhas que restavam: a nora Angélica Boleta e o chefe do setor de licitações Adriano Lisboa. Como já era de se esperar, os dois depoimentos transcorreram sem novidades e sem que os dois assessores da prefeita  dissessem algo que pudesse ajudar a chefe.

A última testemunha – Francisco Teodoro da Silva, o França – também seria ouvida na sexta-feira, mas acabou sendo dispensada pelo advogado Osmar Honorato Alves, que está defendendo a Ungida.

O advogado deve ter chegado à mesma conclusão sobre a qual o blog já tinha comentado: a de que França não poderia dizer quase nada, uma vez que ele só reassumiu a chefia do Almoxarifado em maio, quando os fatos investigados já tinham acontecido.

Antes de reassumir o cargo que ocupara durante o governo Parini, França tinha sido afastado do Almoxarifado por um capricho de Nice e remetido para o exílio, na UAB. Resta saber, quem foi o gênio que indicou França como testemunha de defesa da prefeita. 

3 comentários

  • Anônimo

    Cardosinho, me tire uma dúvida, talvez, eu esteja equivocado:
    O Sr. França é o que trabalha/trabalhava no cemitério como coveiro, que muitas vezes você o citou aqui no Blog?
    Ou é uma outra pessoa?
    Agradeço atenção.

  • anonimo

    VAI TERMINAR EM PIZZA, QUERO MEU PEDAÇO. VEREADORES ENCOMPETENTE, ENGANANDO O POVO, OLHE PARA O SR.sergio yoshimi nishimoto, o que essa pessoa FEZ PARA NOSSA POPULAÇAO, sempre em cima do muro,E O POVO QUE SE FD, NISHIMOTO FAÇA PARA O POVO QUE SE FD SER DO MESMO PARTIDO, OU EM VEZ DE CASSAR A PREFEITA SERIA OUTRA PESSOA, HONRE QUE TEM NOS MEIOS DAS PERNAS…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *