AÉCIO NEVES USOU AVIÃO DE MINAS ATÉ PARA VISITAR NAMORADA NO CARNAVAL

images_cms-image-000457532

A notícia é da Folha de S.Paulo:

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), usou aeronaves oficiais para realizar 124 viagens ao Rio de Janeiro nos sete anos e três meses que governou Minas Gerais (2003-2010), de acordo com relatório produzido pelo atual governo mineiro, comandado pelo PT.

O documento, feito para atender a requerimento originalmente realizado por um deputado estadual do PSDB, mostra uma média de 1,4 viagem por mês ao Rio e a outras cidades fluminenses, como Búzios e Angra dos Reis.

A maioria das viagens foi entre quinta e domingo. Além disso, há em 2008 e 2009 seis passagens para Florianópolis, onde morava a namorada e hoje mulher do tucano, a ex-modelo Letícia Weber.

A planilha informa, por exemplo, um deslocamento a São Paulo, Rio e Florianópolis em 19 de fevereiro, quinta da véspera do Carnaval. Colunas sociais de Florianópolis registraram fotos do então governador em uma festa acompanhado de Letícia.

O relatório é assinado pelo atual secretário da Casa Civil de Minas, Marco Antonio de Rezende Teixeira. Ele afirma no texto que a pesquisa não encontrou justificativa para a realização das viagens.

O custo dos deslocamentos não foi listado, mas a gestão Fernando Pimentel (PT) diz que informará o valor à Assembleia até outubro.

Natural de Belo Horizonte, Aécio morou até o início da vida adulta no Rio. A assessoria do tucano diz ser normal o uso de avião oficial por governantes em compromissos pessoais, afirma haver inconsistências na listagem e diz que em alguns casos houve compromissos oficiais.

19 comentários

  • ORLANDO MATHEUS

    Faz me rir preclaro amigo de longa data ; voce expoe uma noticia destas como se fosse o maior descalabro da politica nacional , ora venha e venhamos o povo que voce defende roubou bilhoes e bilhoes deixando o Brasil numa situação de penuria , as prisoes que estao sendo feitas pelo Juiz “Moro ” desta gentalha que voce defende também voce nao posta aqui ; pessoas estão morrendo nos hospitais e Santas Casas do País , por falta de atendimento de urgencia e emergencia e isto voce não foca aqui tambem , como voce pode meu camarada e amigo dos idos anos 60 quando jogavamos futebol ali no campinho da Vila Maria e voce nem dormia direito pensando em como ia me marcar , poxa sempre fui um amigo e admirador seu , quantos Gibis não te vendi na porta do Cine São José ? Ora e agora meio seculo depois destas coisas ai de nossa infancia tão feliz voce me decepciona defendendo uma corja de ladroes que destruiram e saquearam o nosso Brasil !!! Abraço no amigo que considero muito !!!

    • Henrique Machado

      Boa, Orlando Matheus, me faz rir uma notícia dessa, por causa disso, quebro o estado de Minas!!! PTista sempre sempre sendo PTista, agora vão falar que o valor do Dollar, na época dos dinossauros era mais do que hj.
      Como que pode ser assim, compactuar com um governo ladrão, criminoso!

    • KUDO JAPONES

      esse cara ta vivo ainda?

  • Anônimo

    E é esse ai que ia livrar o Brasil do jugo do PT. Estamos bem arranjados mesmo.

  • NOIS

    COXINHAS QUE É AÉCIO CHEIRA NEVES:-

    TSE encontra 15 falhas na prestação de contas da campanha de Aécio
    Tribunal cobra explicações de tucano, que diz que erros foram apenas técnicos, sem indício algum de crime
    31/08/2015 20:30 / ATUALIZADO 31/08/2015 20:36
    Aécio Neves, senador pelo PSDB – Agência O Globo

    BRASÍLIA – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encontrou 15 falhas nas prestações de contas da campanha do senador Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República, no ano passado. Segundo técnicos do tribunal que analisam a contabilidade dos candidatos, houve inconsistência na declaração à Justiça Eleitoral de doações feitas pelas empreiteiras Odebrecht e Construbase no valor de R$ 3,75 milhões. A relatora da prestação de contas da campanha tucana, ministra Maria Thereza de Assis Moura, pediu esclarecimentos ao senador.
    De acordo com a assessoria técnica do tribunal, a campanha de Aécio registrou o recebimento de R$ 2 milhões em doações da Odebrecht. O valor foi repassado ao comitê de campanha do PSDB, mas não houve registro contábil dessa operação. A empresa é investigada na Operação Lava-Jato e doou dinheiro tanto para a campanha tucana, quanto para a campanha da presidente Dilma Rousseff.
    No caso da Construbase, a campanha de Aécio recebeu R$ 1,75 milhão, mas declarou à Justiça Eleitoral apenas R$ 500 mil. Além disso, a campanha tucana deixou de declarar R$ 3,9 milhões em doações estimáveis, que só foram registradas na prestação de contas retificadora. Nesse tipo de doação, são prestados serviços e, na hora de prestar contas, é feita uma estimativa de quanto esses serviços teriam custado.
    Das 15 inconsistências encontradas pelo TSE, três foram consideradas graves. Foram doações recebidas antes das prestações de contas parciais, mas lançadas na contabilidade da campanha apenas na prestação final. Mais de R$ 6 milhões foram registrados dessa forma pelos tucanos.
    A relatora da prestação de contas ainda não levou o processo para o julgamento em plenário. Como Aécio saiu derrotado da eleição, o TSE não tem prazo para analisar a contabilidade de campanha. A rejeição das contas do candidato não surte nenhum efeito prático. Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira em Belo Horizonte, Aécio afirmou que as falhas foram apenas técnicas, sem indício algum de crime.
    — Já foram apresentadas todas as justificativas, coisas eminentemente formais, não há denúncia, diferente do que ocorre em relação às contas da presidente da República, de utilização de empresas fantasmas, de pagamentos indevidos sem a correspondente prestação do serviço. O que existiu, em centenas de milhares de lançamentos, foram dúvidas em relação a determinados lançamentos. Os advogados, imediatamente já comunicaram as correções ao Tribunal Superior Eleitoral. Não há nenhuma investigação sobre as contas do PSDB — declarou o parlamentar.
    Entre as falhas apontadas pelo TSE, está o fato de o candidato ter declarado o recebimento de R$ 4 milhões dos diretórios do PSDB e do PTB, mas o valor não teria sido declarado pelos partidos em suas prestações de contas. Além disso, a campanha de Aécio declarou ter doado R$ 500 mil para o comitê da campanha de José Serra (PSDB-SP) ao Senado, mas Serra não registrou o recebimento em sua prestação de contas.

  • DESANIMADO

    MEUS AMIGOS E ALIADOS DO PSDB, DEM E ALGUNS DO PMDB, CONSEGUI DESCOBRIR QUEM FOI E COMO FOI O GOVERNO DE NOSSO EX CANDIDATO A PRESIDENTE DA REPÚBLICA E POR SER DE SUMA IMPORTÂNCIA, PASSO PARA VOCÊS LEREM E ENTENDEREM, POR QUE FOI DIFÍCIL ENGOLIR SUA DERROTA, POR ISSO VAMOS TENTAR DAR UM GOLPE:——-

    QUEM É OU FOI AÉCIO EM SEU GOVERNO EM MINAS:—-
    —SUA HISTÓRIA VERDADEIRA COMO GOVERNADOR :—-
    Aécio e seu padrinho político Fernando Henrique. Por que ele esconde FHC de sua campanha
    CENSURA
    1- Censurou a parte da imprensa mineira que ousou denunciar esquemas de corrupção quando governador de MG.
    2- Também tentou censurar o Google, Yahoo! e Bing, movendo um processo para retirada de links relacionados ao uso de drogas e ao desvio de verbas da saúde.
    3- Mandou demitir um diretor da Globo de Minas Gerais após três reportagens que o desagradaram.
    4- Não gosta de ser investigado: em 10 anos ele e seu sucessor Anastasia só permitiram 3 CPIs em Minas Gerais. Mais de 70 foram barradas
    CORRUPÇÃO QUANDO FOI GOVERNADOR DE MINAS GERAIS
    5- Foi processado por desviar R$ 4,3 bilhões da saúde.
    6- Construiu 5 aeroportos em cidades com menos de 25 mil habitantes no entorno de sua fazenda.
    7- Um dos aeroportos custou R$ 14 milhões e fica na fazenda de seu tio.
    8- Pagou R$ 56 mil reais ao ex-ministro do STF Ayres Britto para arquivar a investigação de ilegalidade no aeroporto na fazenda de seu tio.
    9- Quando governador, desapropriou um terreno de seu tio-avô no valor de R$ 1 milhão e fez o Estado pagar a ele uma indenização superfaturada de R$ 20 milhões.
    INFRINGINDO A LEI
    10- Apesar de declarar apenas R$ 100 mil em bens, sua rádio tem uma frota de carros de luxo e de passeio no valor de mais de 1 milhão e reais. Quem passeia nesses carros?
    11- Foi pego pela polícia dirigindo o carro de sua rádio, um Land Rover no valor de R$ 192.000,00. O pior: estava embriagado e se recusou a fazer o teste do bafômetro.
    12- Troca de favores ou compra de votos? Quando governador contratou 98 mil servidores públicos sem concurso e de maneira ilegal.
    13- Nepotismo? Com apenas 25 anos foi nomeado diretor da Caixa Econômica Federal por seu primo, o então Ministro da Fazenda Francisco Oswaldo Neves Dornelles.
    EDUCAÇÃO E SAÚDE
    14- Durante seu governo, Minas Gerais passou a pagar o piso salarial mais baixo do Brasil a professores.
    15- Aliás, tal piso era mais baixo que o permitido pela lei do piso salarial de professores, e portanto, ilegal.
    16- Diminuiu o salário-base dos médicos em Minas para apenas R$ 1.050,00 -o segundo mais baixo do Brasil.
    17- Quando governador de MG, pagou com dinheiro do Estado uma dívida da Rede Globo de US$ 269 milhões referente à compra da Light.
    ECONOMIA
    18- Em 2013 quando Dilma anunciou redução de 20% na conta de luz, os tucanos de Minas se posicionaram contra. Pediram um aumento de 30%. Em vez de a conta abaixar, subiu 14,76% (que foi o que a Aneel aprovou).
    19- Ele e seu sucessor fizeram a dívida de Minas crescer 127% em 11 anos.
    MENSALÃO E PROTEGIDO DA IMPRENSA
    20- Tem um dos réus do mensalão tucano como assessor. O publicitário Eduardo Suplicyo Guedes, acusado de desviar R$ 3,5 milhões para a empresa de Marcos Valério.
    21- Tem em seu palanque em Minas o maior réu e mentor do mensalão tucano, seu antecessor no governo de MG, Eduardo Azeredo.
    22- Seu primo, Rogério Lanza Tolentino, era braço direito de Marcos M Valeria Pereiraio e foi condenado por lavagem de dinheiro em MG.
    23- Seu outro primo, Tancredo Aladin Rocha Tolentino, foi preso por vender sentenças judiciais. A Globo se calou.
    24- Por falar em sentença, conseguiu um mandado de busca e apreensão para que a polícia invadisse o apartamento de uma jornalista. Computador, hd externo, cds e celular foram apreendidos.
    SENADOR EXEMPLAR?
    25- Nos quatro anos como senador, apresentou menos projetos que o deputado Tiririca.
    26- Gastou 63% do dinheiro com passagens de avião pagas pelo senado com viagens para o Rio de Janeiro. Apenas 27% das viagens foram para MG, estado que o elegeu senador.

    FOI UMA PENA ELE NÃO CONSEGUIR SE ELEGER, SERIA UM PRESIDENTE CHEIRADOR E CONSUMISTA DE MUITA FARINHA BRANCA.

  • Evandro

    Cardosinho, dói muito Vc postar notícias dos robalheiras do PT? Acho que sim né!!!

  • BRASIL LIVRE

    Poderia ter viajado para Marte um milhão vezes perto da situação que os peraltas colocaram o país.

  • Cara de pau

    è mexer com os coxinhas não tem jeito mesmo você posta uma coisa que saiu na folha de são Paulo os coxinhas acham ruim sera que só deles não pode mostrar a verdade ?E os ladrões do PT,PMDB,PDT,PTB,DEM,ETC,ETC,ETC,TEM QUE IR PARA A CADEIA MESMO MAS VOCÊS SÓ QUEREM QUE PRENDEM DO PT PODE ESPERAR SIM POIS VAI CHEGAR EM VCS JÁ SEUS COXINHAS.
    orlando NOSSO SANTASTICO TA DEMAIS

  • π

    Mas pra ver uma namorada dessa, eu fazia um metro de BH ate na casa dela!

  • Bozinho

    com essa gata até eu

  • PRIMEIRA VEZ

    AOS COXINHAS DE PLANTÃO, ISSO PODE? PODE SIM ELE IA PARA O RIO DE JANEIRO PARA SUAS NOITADAS NO LEBLON REGADAS A BIRITAS E O PÓ BRANCO, E QUEM PAGAVA ERA OS CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS, POR ISSO QUE NAS MANIFESTAÇÕES APARECIAM MUITAS PERIGUETES DO Sr. AÉCIO, TODAS NUAS PUXANDO A FILA DAS PASSEATAS.

    Anastasia omitiu idas de Aécio ao Rio com aviões de MG

    24/09/2015–FOLHA DE SÃO PAULO ( PARECE MENTIRA ).
    PUBLICIDADE
    A gestão de Antonio Anastasia (PSDB) no governo de Minas Gerais (2010-2014) omitiu a existência de viagens ao Rio, com uso de aeronaves oficiais do Estado, do antecessor e padrinho político, Aécio Neves (PSDB).
    Conforme a Folha revelou nesta quarta (23), relatório do governo mineiro aponta que Aécio usou aviões oficiais para realizar 124 viagens de ida e volta ao Rio nos sete anos e três meses que governou o Estado, de 2003 a 2010.
    Em nota divulgada na quarta, o sucessor de Anastasia, Fernando Pimentel (PT), afirma que os voos de Aécio foram regulares e segundo as normas vigentes. Pimentel disse que não emitiria juízo sobre a reportagem.
    Em fevereiro de 2014, quando Aécio era pré-candidato à Presidência, a Folha pediu à gestão de Anastasia, por meio da Lei de Acesso à Informação, relatório de todas as viagens aéreas do ex-governador entre 2007 e 2010.
    Em resposta, a Controladoria-Geral do Estado da gestão de Anastasia enviou planilha sem nenhuma informação sobre as viagens ao Rio –uma omissão de 70 viagens, segundo o relatório produzido agora pelo governo de Minas Gerais, comandado pelo PT.
    A assessoria de Anastasia disse que a resposta enviada em 2014 listou viagens oficiais que resultaram em despesas com diárias e hospedagem para o governador ou servidores.
    Segundo a assessoria de Aécio, as 124 viagens do então governador ao Rio incluíram compromissos familiares e oficiais.
    “No caso específico do Rio, o senador sempre se esforçou para, ao menos uma vez ao mês, preferencialmente nos finais de semana e feriados –e não em dias de rotina administrativa– visitar sua filha adolescente à época e que reside naquela cidade”, afirma.

    OUTRO LADO

    A assessoria de imprensa de Antonio Anastasia disse que o relatório enviado à Folha em 2014 é de responsabilidade de setores técnicos e que lista apenas deslocamentos oficiais que geraram diárias ou gastos de hospedagem.
    “Não constam na tabela, portanto, viagens oficiais que não despenderam custos com diárias ou hospedagem”, diz a assessoria, que não explicou por que esse critério foi usado já que a solicitação sobre todas as viagens.
    Aécio reiterou, via assessoria, que suas viagens atenderam à legislação mineira “”ela permite o uso de aviões oficiais em seus deslocamentos, por questões de segurança”” e que essas orientações são as mesmas da “Presidência da República em seus deslocamentos ao Sul do país para visitar familiares, como, por exemplo, no último fim de semana.”
    NOS ARES – Durante seu governo, Aécio usou aeronaves oficiais para viajar 124 vezes ao Rio.

  • Xico com CH

    É bem menos do que as empresas do Petrolão pagaram em viagens para o Lula dar palestras nos últimos anos.
    Não venham tentar desfocar a realidade dos males causados pelo PT e sua turma, que afogaram nosso Brasil nesse mar de corrupção e roubos.

  • ANONIMO

    EVANDRO- LEIA ESTE ARTIGO RETIRADO DO O GLOBO:–

    Youssef reafirma que não passou dinheiro para campanha de Dilma
    Lava_Jato61_Youssef

    O doleiro Alberto Youssef reiterou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras na terça-feira, dia 25/9, que não fez repasses de recursos ao ex-ministro da Casa Civil Antônio Palocci e à campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff, mas afirmou que outro colaborador da operação Lava-Jato esclarecerá essa questão.
    Já o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa confirmou, durante a acareação com Youssef na CPI da Câmara, depoimentos feitos anteriormente, segundo os quais, Palocci, que era coordenador da campanha eleitoral de Dilma em 2010, pediu dinheiro para a campanha, que teria sido disponibilizado por Youssef.
    Em depoimento à CPI, o doleiro negou ter recebido o pedido e disse não conhecer Palocci.
    “Eu não conheço Palocci, nem assessor dele, nem o irmão dele e não fiz o repasse. Mas existe outro réu colaborador que está falando. Há uma investigação em relação ao Palocci e em breve vocês vão saber quem repassou os recursos”, afirmou Youssef, segundo Agência Câmara.
    Em outro momento da sessão da CPI, Costa disse que, pelo que se lembra, pediu para Youssef fazer esse pagamento a Palocci. “E foi recebido, porque quando não tinha nenhum pedido é porque aquilo foi recebido… na minha lembrança foi feito pedido pelo ministro Palocci”, disse Costa.
    Durante a acareação, Youssef reafirmou que, na sua percepção, o Palácio do Planalto tinha conhecimento do esquema de corrupção na Petrobras e que chegou a essa conclusão porque, segundo ele, Paulo Roberto Costa mencionava que tinha de falar com o Planalto quando havia problemas.
    O doleiro também declarou aos parlamentares que o senador Aécio Neves (PSDB/MG) recebeu dinheiro de um suposto esquema de corrupção envolvendo Furnas, subsidiária da estatal Eletrobras.
    “Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção em Furnas) por conta do que eu escutava do deputado José Janene (falecido), que era meu compadre e eu era operador dele”, disse o doleiro, acrescentando depois não ter tido qualquer contato pessoal com Aécio.

    DOLEIRO YOUSSEF DIZ QUE AÉCIO RECEBEU DINHEIRO DE CORRUPÇÃO DE FURNAS
    Leonardo Goy, via Reuters em 25/9/2015
    O doleiro Alberto Youssef afirmou nesta terça-feira durante depoimento à CPI da Petrobras que o senador Aécio Neves (PSDB/MG) recebeu dinheiro de corrupção envolvendo Furnas, subsidiária da Eletrobras.
    “Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção) por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele”, disse o doleiro.
    A assessoria de imprensa de Aécio afirmou que Youssef apenas disse que ouviu dizer que o senador recebeu propina, não que ele recebeu dinheiro de corrupção. Lembrou ainda que a Procuradoria-Geral da República considerou que não havia indícios suficientes contra o tucano e por isso não pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de investigação contra ele.

    Em nota, o PSDB disse que as declarações dadas por Youssef à CPI não são “informações prestadas, mas sim de ilações inverídicas feitas por terceiros já falecidos, a respeito do então líder do PSDB na Câmara dos Deputados, podendo, inclusive, estar atendendo a algum tipo de interesse político de quem o fez à época”.
    O partido diz ainda que Youssef repetiu à CPI o que disse em depoimento à Polícia Federal, que “nunca teve qualquer contato com o senador Aécio Neves e de que não teve conhecimento pessoal de qualquer ato, tendo apenas ouvido dizer um comentário feito por um terceiro já falecido”.

  • Mateus

    Porto em Cuba, recessão, inflação recorde, PIB estagnado, hospitais sem estrutura, maior taxa de juros do mundo, escolas sucateadas, polícia desvalorizada, professor levando borrachada na cara, refinaria Pasadena, estradas assassinas, 7×1 Alemanha, mensaleiros soltos, Ford Ka 45mil, ferrovias extintas, ausência de portos, EXTINTOR INÚTIL, fronteiras abertas, Fies fálido, PAC fracasso, tomada 3 pontas, pré sal, transposição do São Francisco parada, Neymar herói, epidemia de drogas, energia cara, crise hídrica, gasolina a 3,60, dólar disparado, CPMF, blog do Cardosinho. Do que se orgulhar deste país?

  • E' pouco

    O PT fez a denuncia — o blog escreveu, copiando a Folha que o Cardozinho critica — por isso deve provar para o senador devolver aos cofres publicos
    O PT esta’ preocupado com o Aecio para desmitificar a inagem do politico por que critica muito a Dilma mas deveria se preocupar com o Renan Calheiros, Eduardo cunha e Michel Temer que esta tirando o poder do PT.
    Depois de ver na tv, revistas e jornais, os valores das propinas aos politicos do PT/PMDB, acho que essas passagens nao vale nem 5% do que cada um roubou
    Mas se pegou tem que devolver

  • O QUE SE FAZ PARA FICAR COM O GOVERNO ? TIRA O PT

    O jornal “A Folha” faz parte da midia golpista escreveu que a Dilma esta’ desesperada e vai “dar” mais 6 ministerios para o PMDB
    Ela esta’ desesperada de perder ou tirar o cargo de presidente sendo que o Aecio foi cogitado para “pegar” um emprego de ministro, no governo
    Depois de tirar os empregos dos petistas agora vao dar cargo para o tucano Aecio.
    Isso e’ tudo para ficar com o poder porem nao governa

  • CADETE

    SÓ PARA FICAR REGISTRADO PARA A POSTERIDADE QUEM FOI O GOVERNADOR DE MINAS E QUERIA SER PRESIDENTE DO BRASIL.SAÍ CAPETA :–

    Professora aposentada escreve carta aberta para Aécio: “V.Ex.ª é o político mais burro desse país”
    15/09/2015
    CartaAberta
    Meu nome é Maria Aparecida Franco Góes. Sou professora aposentada pelo estado de Minas Gerais. Trabalhei durante 32 anos fazendo aquilo que eu mais desejava: formar pessoas de caráter. Falhei muitas vezes, assim como todo mortal. E hoje carrego comigo a lição mais importante que aprendi nesses anos todos: SEMPRE APRENDER COM O ERRO! O ERRO DE HOJE PODE SER A CHAVE PARA O SUCESSO DE AMANHÃ.
    Tive uma infância pobre e simples. Nunca fiz papel de vítima perante a vida e a sociedade. Cresci,estudei,me formei e conquistei tudo que tive graças ao meu esforço pessoal. Na cidade que escolhi viver, nunca precisei de cabide de emprego público e, tampouco de favores de políticos locais ou estaduais. Apesar de meu cargo ser considerado público, eu o conquistei por merecimento. Passei em um concurso e conquistei o quarto lugar.
    Caro senador Aécio Neves
    (Maria Aparecida Franco Góes )
    Vou usar o pronome de tratamento V.Ex.ª (vossa excelência) para me referir ao senhor. Não farei isso por protocolo, como fazem os políticos. Farei isso pura e simplesmente por ironia e sarcasmo. Se eu pudesse escolher o pronome correto para me referir à sua pessoa, usaria um pronome que, na língua inglesa, se refere a coisas. É uma pena que esse pronome (it) não tenha uma palavra semelhante em nossa língua portuguesa.
    Em primeiro lugar, gostaria de dizer que sempre fui sua eleitora. Votei várias vezes em V.Ex.ª, inclusive nas últimas eleições de 2014. Portanto, me poupe de ser taxada como petista, petralha, comunista ou qualquer outro adjetivo semelhante.
    Resolvi lhe escrever essa carta aberta porque a atual situação do meu estimado Brasil tem me incomodado bastante, assim como tem incomodado a grande maioria da população brasileira.
    Nós perdemos as eleições meu caro Aécio. Eu fui uma das mais de 51 milhões de pessoas que votaram em V.Ex.ª. Eu também amarguei o sentimento de fracasso junto com V.Ex.ª.
    A única diferença entre nós dois é que eu consegui aceitar esse contratempo, enquanto V.Ex.ª transformou todo esse episódio de derrota em raiva, ódio, mágoa, despeito e hipocrisia.
    Nosso país tem tomado alguns rumos que, talvez, não sejam os melhores. Algumas decisões da equipe econômica da presidente Dilma Rousseff tem sido precipitadas e, certamente estão em desencontro com tudo aquilo que ela pregou durante a campanha de 2014.
    Mas isso é motivo para o comportamento agressivo, mesquinho, egoísta, individualista e infantil que V.Ex.ª tem manifestado diante da mídia e das redes sociais?
    Qual a proposta que o senhor tem a oferecer para ajudar a conter atual crise política e econômica pela qual o meu país está atravessando?
    Aliás, quais são as propostas que V.Ex.ª tem apresentado, como senador, ao meu estado de Minas Gerais durante esses últimos quatro anos?
    Que tipo de contribuição social V.Ex.ª ou o seu partido (que já não é mais o meu partido) tem dado às pessoas pobres desse imenso Brasil ?
    Cansei sr. Aécio. Hoje posso dizer claramente que me arrependo de todos os votos de confiança que destinei à sua pessoa. Já estou aposentada, não tenho mais medo de dizer o que penso e correr o risco de sofrer alguma retaliação de gente maldosa como você. Não podem mais me tirar o cargo, me transferir, me aplicar sanções disciplinares ou até mesmo me demitir por dizer aquilo que penso sobre a podridão que infesta o meio político.
    Hoje digo do fundo do meu coração que V.Ex.ª não passa de um “João ninguém”. V.Ex.ª é o político mais burro desse país.
    Falo isso sem ódio. O único sentimento que me resta com relação à sua pessoa é pena. O motivo? Eu explico:
    Me lembro dos garotinhos mimados e ricos que convivi na infância. Eles iam jogar futebol contra outros garotos (de baixa renda, assim como eu na época) e quando o time dos mimados tomava um gol dos garotos pobres, sabe o que eles faziam? Eles pegavam a bola e iam embora pra casa. Encerravam o jogo!
    Isso reflete você hoje Aécio! Não conseguiu aprender que a vida tem vitórias e derrotas. E muitas vezes, sr.senador, é na derrota que somos vencedores ! É no fracasso que podemos ressurgir mais fortes e preparados para o próximo desafio.
    Vossa excelência, infelizmente, não conseguiu enxergar isso. Tinha tudo para se tornar o próximo presidente da República. Seria o líder de uma nova geração. Poderia ajudar o atual governo com propostas úteis para superar a atual crise e surgir como o novo salvador da pátria. Mas preferiu fazer o jogo da vingança, da avareza e da burrice.
    Tenho vergonha de dizer que um dia fui sua eleitora! Passar bem.

    “V.Ex.ª é o político mais burro desse país”
    Meu nome é Maria Aparecida Franco Góes. Sou professora aposentada pelo estado de Minas Gerais. Trabalhei durante 32 anos fazendo aquilo que eu mais gosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *