BEBIANNO DIZ QUE BOLSONARO ESTÁ PERTURBADO DA CABEÇA E AMEAÇA: “O BRASIL VAI TREMER”

O bicho está pegando no laranjal. A charge é do Adnael e a notícia é da revista Veja:

Depois de uma tensa reunião na tarde de sexta-feira, 15, o presidente Jair Bolsonaro propôs uma alternativa a Gustavo Bebianno, para que ele deixe o cargo de ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência. Ao lado do presidente e de Bebianno, estavam presentes os generais Hamilton Mourão, vice-presidente, e Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional da presidência da República, além do ministro Onyx Lorenzoni, ministro-chefe da Casa Civil.

Em uma segunda reunião com os participantes da primeira conversa, Bolsonaro disse que resolveu demitir Bebianno argumentando quebra de confiança.

O encontro foi ríspido. Bebianno disse a Bolsonaro que o presidente foi desleal, que se sentia vítima de uma traição e que “um comandante não pode alvejar um soldado pelas costas”.

Bolsonaro desviou o olhar durante a maior parte da conversa e não replicou ao desabafo. Os demais presentes enfatizaram a necessidade de evitar divisões no governo, mas não fizeram alusões a Carlos ou a seus irmãos. A certa altura, Bolsonaro propôs que Bebianno se afastasse do Planalto para assumir um cargo de direção em Itaipu, o que lhe garantiria um alto salário.

Bebianno mostrou-se irritado com a sugestão e disse que não entrou na campanha para ganhar dinheiro. Lembrou que viajou com o então candidato por todo o Brasil, deixou de visitar o pai agonizante no hospital, cumpriu todas as missões que lhe foram designadas e consumiu tanto tempo na campanha que praticamente renunciou a cuidados com assuntos pessoais. E encerrou informando que não aceitava nenhum prêmio de consolação.

Em seguida, deixou a reunião. Foi alcançado no corredor pelo vice Hamilton Mourão, que lhe pediu que agisse com calma para não prolongar a crise vivida opor um governo às voltas com tantos desafios.

À noite, no hotel, Bebianno soube pela TV que Bolsonaro resolveu demiti-lo usando como argumento o vazamento de um áudio em que o presidente censura a audiência em que ministro receberia um emissário da Rede Globo e não pela situação ocorrida com Carlos Bolsonaro.

Por telefone, a um interlocutor, Bebianno afirmou que vai passar o fim de semana pensando e ameaçou: “Se isso acontecer na segunda, o Brasil vai tremer”. A essa mesma fonte, disse que falou a Bolsonaro que o presidente é um ingrato e que o país inteiro vai ver isso. Ainda de acordo com Bebianno, o líder do Planalto está “alienado, perturbado da cabeça”. Ele resumiu sua situação com uma frase: “Só sei oficialmente do que eu sei oficialmente”.

A crise em torno do ministro ganhou corpo na última quarta-feira, 13. Naquele dia, Carlos Bolsonaro escreveu no Twitter que Gustavo Bebianno mentiu ao dizer ao jornal O Globo que vinha conversando normalmente com Jair Bolsonaro apesar das denúncias publicadas pela Folha de S. Paulo de que o PSL empregou volumes expressivos do fundo partidário – dinheiro público – em candidaturas “laranjas” de mulheres em 2018. Bebianno presidiu o partido durante a campanha eleitoral.

14 comentários

  • Bolsonaro e as promessas de campanha

    O povo brasileiro não aceita mais corrupção dentro do governo e nem que seja jogado debaixo do tapete. Como era antigamente!
    Voltamos em bolsonaro porque em campanha disse que não aceitaria mais a corrupção do PT e PMDB.
    Esse Ministro cometeu um crime na campanha do psl portanto deveria sair com rabo entre as pernas.
    Bolsonaro segue fazendo o que prometeu em campanha.
    Não importa o que oposição, a mídia e seus aliados crítiquem.
    Bollsonaro tem que pensar no povo.

  • eu----eurico e mané

    AB……..LIN……….

    O governo caótico indica problema para Bolsonaro o chefe da milicia carioca, tentando esconder as Rachadinhas, o Laranjal, o Moro e a Taurus etc…e tenham certeza todos os envolvidos se tudo correr bem vão acabar perdendo.
    O incerto é o capital danoso que Bebiano tem à disposição e diz que vai colocar na mesa de xadrez, para dar o cheque mate em Bolsomerda. Esse é um governo desordenado ao tentar lidar com crises, o que mostra grandes dificuldades à frente, pudera este país tem 04 presidente milicianos, Bolsonaro e os filhos.
    Homem forte da campanha Bebiano é uma caixa fechada ( por enquanto ), de várias informações importantes. A queda do ministro é esperada e é um resultado de Bolsonaro ( falso ) e, seus filhos, principalmente Carlos, o filhinho do papai, feroz como ele só. A crise que poderia ter ficado somente ao escândalo das candidaturas laranjas, é simbólica aos novos tempos na capital do país.
    Aqueles que apoiam o Miliciano Mor, esse padrão que pode interromper o seguimento normal de um processo, deverá ser o novo normal das relações do poder, mas as dificuldades estão de todos os lados.
    Os militares do governo e Maia expressaram um alarme enorme em relação à condução da crise..
    Carlos abaixou um pouco a crista um pouquinho no Twitter, pois foi o culpado do pai humilhar publicamente Bebiano e os militares e Maia acham que foi um sinal que os filhos presidentes deverão agora se comportar.
    O maior medo de Maia e os militares é haver um pare na tramitação da reforma da Previdência, onde a maioria da população irá se arrepender de ter votado no Miliciano da Direita Fascista, se a Previdência passar. Os militares que foram chamados para intermediar a crise , já munidos da trajetória contrario ao poder dos filhos presidentes e do presidente. Não deu certo, mas eles saem politicamente ganhando, caso o desfecho da crise seja o esperado..
    Fraco politicamente o governo já é além de corrupto, pela maneira que levaram o episódio Bebiano. Militares e Maia querem ou queriam mantê-lo no poder, pensando na velha politica de que esse tipo de conflito atrapalha o governo, mas do que já esta a trabalhado.
    Vamos ver quem esta certo, mas se Bebiano for mandado embora, o será através de um acordo, que será escondido. Pois ele sabe muito, e já indicou em várias mensagens a imprensa que vai falar.
    Os governistas tem certeza que sem a reforma o navio afunda no porto e, todos estão preocupados não com as laranjas, as rachadinhas, moro e a Taurus, com os assessores de Flavio, mas com seus dividendos que iram para seus bolsos se a Previdência passar.
    Ia esquecendo: foi feito um acordão dia 15, mas com o vazamento de Bolsonaro proibindo Bebiano de falar com a Globo seu grande inimigo, o fato caiu muito mal entre a ala bolsonarista. Agora é esperar segunda feira .
    O da Direita leia bem , agora eu quero que isso exploda não o país, mas o governo seu mini inteligente.

  • jalesense

    Bolsonaro e as promessas de campanha realmente não aceitamos corrupção, então o que é: as Rachadinhas, o Laranjal, a conversa de Moro com a Taurus, onde esta Queiroz, onde estão os 07 assessores de Flávio Bolsonaro que fizeram depósito para o ex-motorista e este para Flávio, no valor de 1,2 milhão, o que disseram Bolsonaro, Onyx e Moro sobre depósitos suspeitos de ex-motorista?Estão investigando ? Você esta?
    Isto é o que o meu? brincadeira de passar o anel, ou é corrupção? Responda ?
    O que fez teu homem miliciano até agora ? Me indique ? a não ser é lógico tentar aprovar a Previdência e depois você ter que se aposentar com 65 anos e as mulheres com 62, fim do PIS PASEP,aumento do tempo de contribuição para 40 anos,fim da aposentadoria especial ( agricultores, trabalhadores braçal, domesticas etc..), redução do valor das pensões por morte ou inacumulabilidade etc…… Já sei és um Burgues!!!!!!!!
    Babaca pensar no povo é ter que se empregar sem direito a férias, a FGTS, sem 13º, com 30 minutos de almoço etc…isso é pensar no povo e finalizando você acha que o Bolsomerda pensa ? Com que ?

  • eu

    AB…..LIN…….. o da Direita fascista e seus milicianos eu quero que este governo se exploda.

    Mourão enquadra Bolsonaro e manda ele demitir os filhos, que causaram crise no governo
    O vice-presidente Antônio Hamilton Mourão disse nesta quinta-feira que o presidente Jair Bolsonaro terá de controlar seus filhos, depois que um deles chamou o ministro de mentiroso nas mídias sociais, exacerbando as tensões em um novo governo que enfrenta seu 1º grande escândalo ministerial.
    Em entrevista à Agência Reuters, Mourão também declarou que Bolsonaro ainda não decidiu se seu secretário-geral, Gustavo Bebianno, deveria deixar o governo diante das acusações de uso indevido de fundos de campanha nas eleições de outubro.
    Bolsonaro retomou suas funções nesta quinta-feira após mais de duas semanas no hospital e foi imediatamente confrontado com sua primeira crise de gabinete desde que assumiu o cargo em 1º de janeiro.
    O escândalo envolvendo um de seus assessores mais próximos, que nega as acusações, roubou o trovão das primeiras notícias da proposta de reforma do governo — uma pedra angular de uma ambiciosa agenda de reformas econômicas.
    Após dias de manchetes prejudiciais, Bolsonaro endossou um ataque a Bebianno por seu filho Carlos, vereador do Rio de Janeiro que, junto com dois irmãos, se tornaram figuras de destaque na política nacional desde a eleição de seu pai.
    Carlos Bolsonaro tem sido o membro da família mais combativo nas mídias sociais. Outro filho do presidente, Flávio, senador recém-eleito, é alvo de uma investigação de lavagem de dinheiro. Ele nega qualquer irregularidade.
    O irmão mais novo, Eduardo Bolsonaro, o legislador federal mais votado do país, tornou-se enviado estrangeiro de seu pai, cortejando aliados como o americano Steve Bannon, que disse à imprensa brasileira na semana passada que Mourão era inútil e pouco importante para a política externa de Bolsonaro.
    Mourao afirmou à Reuters que era hora de Bolsonaro “dar uma ordem unificada às crianças”.
    “Cabe ao presidente chamar seus filhos e dizer: ’Olha, você trabalha no Senado, você na Câmara e você na prefeitura. Vá trabalhar lá para apoiar as ideias do governo’”, avaliou.
    ISSO É UMA CÓPIA DO PLANTÃO BRASIL.

  • mané

    VAI EXPLODIR!!!!!!!!!!!

    Cópia do 247:——–O caso Gustavo Bebianno ainda vai dar muito pano pra manga. Reportagem publicada nesta manhã pelos jornalistas Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, publicada nesta manhã pelos jornalistas Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, no site da revista Veja, revela que Bebianno está indignado com a deslealdade de Jair Bolsonaro, que teria atirado nas costas em um de seus mais leais soldados. Abaixo, um trecho:
    À noite, no hotel, Bebianno soube pela TV que Bolsonaro resolveu demiti-lo usando como argumento o vazamento de um áudio em que o presidente censura a audiência em que ministro receberia um emissário da Rede Globo e não pela situação ocorrida com Carlos Bolsonaro.
    Por telefone, a um interlocutor, Bebianno afirmou que vai passar o fim de semana pensando e ameaçou: “Se isso acontecer na segunda, o Brasil vai tremer”. A essa mesma fonte, disse que falou a Bolsonaro que o presidente é um ingrato e que o país inteiro vai ver isso. Ainda de acordo com Bebianno, o líder do Planalto está “alienado, perturbado da cabeça”. Ele resumiu sua situação com uma frase: “Só sei oficialmente do que eu sei oficialmente”.
    Vou comprar rojões, pois vai ser uma Festa !!!!!!!!!!!!!!!

  • O bicho tá pegando

    PLANTÃO BRASIL
    16/1/2019 12:10 BOMBA: Investigado preso por assassinato de Marielle incrimina vereador aliado de Bolsonaro
    tudo esta se esclarecendo, milicia no governo brasileiro.
    A Delegacia de Homicídios da Capital tem um testemunho que contesta declarações de dois investigados pelo assassinato da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, ocorrido em março no centro da cidade do Rio de Janeiro. De acordo com Renato Nascimento dos Santos, o Renatinho Problema, o miliciano Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica (de quem seria braço direito), e o vereador Marcello Siciliano (PHS) se encontraram em pelo menos quatro ocasiões. Orlando e Siciliano haviam dito à especializada que só se conheciam “de vista”. Renatinho não é considerado suspeita do homicídio, mas está preso, pois, de acordo com a polícia, ele e Orlando respondem a pelo menos quatro inquéritos sobre assassinatos.
    Em depoimento, o testemunho disse à polícia que trabalhou como motorista de Orlando e que tinha a rotina de levar o miliciano a uma empresa e ao apartamento de Siciliano, no Recreio. A empresa seria a Martinelli Imóveis, que, de acordo com a Junta Comercial, funciona no mesmo endereço da La Mia Vita Empreendimento Imobiliários, de propriedade do vereador. Os relatos do testemunho foram publicados pelo jornal O Globo.
    Quem é o vereador Marcello Siciliano? Ele é autor de uma lei autorizando um templo de cinco andares da Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca. Por ser um edifício muito alto, era necessária uma lei para aprovar a construção. O local é frequentado por Michelle Bolsonaro e o marido Jair. Ela ganhou uma festa de despedida da turma após sua mudança para Brasília e foi presenteada com um mural em que aparece ao lado de Eva Perón, Margaret Thatcher, a Princesa Diana e a xará Michelle Obama. Siciliano esteve na festa.
    Em abril, Siciliano prestou depoimento na Divisão de Homicídios na condição de testemunha do caso Marielle, mas já era investigado.
    Dois dias depois, um colaborador dele, Carlos Alexandre Pereira, foi morto a tiros na Taquara, Zona Oeste da cidade, tradicional reduto de milícias.
    Fabrício Queiroz, também ex-PM e ex-assessor de Flávio Bolsonaro citado pelo Coaf pela movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão, mora no mesmo bairro.
    Em maio, uma ligação interceptada pela Polícia Civil mostrava Siciliano pedindo a ajuda de um miliciano para inaugurar um “projeto social” numa região controlada por essas organizações.

  • rei do gado

    Essa é a Justiça politizada do Brasil tocada a $$$$$$$$$$$$$$$.

    NA CONDENAÇÃO DE LULA a Juizá JUÍZA GABRIELA HARDT ALEGA EM SUA SENTENÇA CONDENATÓRIA DO PRESIDENTE LULA, QUE “ELE USOU O SÍTIO MAIS QUE O PROPRIETÁRIO”.
    OI, E COMO ELA ACUSA O PRESIDENTE DE SER O PROPRIETÁRIO?
    E CITA OS CO-RÉUS LEO PINHEIRO E JOSÉ ALDEMARIO SEM SEQUER SABER QUE SE TRATA DA MESMA PESSOA.
    COM CERTEZA NEM LEU A SENTENÇA QUE REDIGIRAM PARA ELA

  • Jalesense

    Bolsonaro e as promessas de Campanha desculpe meu caro mas és um idiota despreparado, desqualificado, incompetente e incapaz, pois tudo o que escrevi é o que saiu na mídia escrita e falada o mês de fevereiro , ou não leu ou não ouviste falar da bagunça no governo com : as Rachadinhas ( vários depósitos num mesmo banco de 2 mil reais cada na conta de Flávio Bolsonaro ), dos candidatos Laranja de Bebiano, da conversa de Moro com a Taurus, da procura de Queiroz para depor, da procura dos 07 assessores de Flávio Bolsonaro que fizeram os depósitos para o ex-motorista e este para Flávio, no valor de 1,2 milhão, o que disseram Bolsonaro, Onyx e Moro sobre depósitos suspeitos de ex-motorista?Estão me diga tem alguém investigando ? Você esta? Isso não é corrupção?
    O que fez seu Homem no governo até agora ? E se a Previdência for aprovada estas preparado para ter que se aposentar com 65 anos e as mulheres com 62, com o fim do PIS PASEP, com o aumento do tempo de contribuição para 40 anos, com o fim da aposentadoria especial ( agricultores, trabalhadores braçal, domesticas etc..), redução do valor das pensões por morte ou inacumulabilidade etc…… Já sei és um Burgues!!!!!!!!
    Babaca pensar no povo é ter que se empregar sem direito a férias, a FGTS, sem 13º, com 30 minutos de almoço etc…como o governo pretende com mudanças no estatuto do trabalhador.
    Se nunca ouviu falar ou ler és mesmo um idiota e não tem argumentos para me responder as perguntas, ficando sem saída e contestação pelo que expus, então quem não tem nível é sua pessoa que só pode ser um filhinho de burguês da direita. Meu, não deverias escrever sem comentários, mas sim eu sou um analfabeto politico e burro tudo ao mesmo tempo.
    Quem não tem competência não deve se apresentar, para o dialogo .

  • jalesense

    Bolsonaro e as promessas de campanha queridinho o que vai escrito abaixo eu tirei da Folha, do Estadão, do G1, do Poder Econômico, só para você passar te um pouco de nível intelectual, olha no Google também tem é só procurar não se aceite ser um ignorante.
    O governo Jair Bolsonaro pretende acabar com alguns dos mais importantes direitos trabalhistas, atingindo diretamente os trabalhadores e trabalhadoras . O governo acabará com o direito a férias, ao 13º salário e ao FGTS para os jovens que ingressarem no mercado de trabalho. A ideia de Paulo Guedes e sua equipe é usar a reforma trabalhista aprovada no governo Temer como base legal para a supressão dos direitos. Como esses direitos são considerados cláusula pétrea, eles não podem ser suprimidos de uma penada. O governo Bolsonaro pretende que as empresas forcem os próprios trabalhadores jovens a fazerem a opção, abrindo mão de todos eles, ficando, assim, de fora da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
    Vai pesquisar seu idiota.!!!!!!!!!

  • Bosonaro e suas promessas de campanha (3)

    Jalesense
    você é débil mental ou vc não sabe ler. Gosta de discutir sozinho?
    eu não quero discutir com você! entendeu?

  • jalesense

    Bosonaro e suas promessas de campanha ( 3 ) falando em débil mental, quero lhe informar que, quem tem essa anomalia é uma pessoa sem desenvolvimento intelectual ou mental insuficiente, então meu caro só pode ser você, por que onde já se viu alguém querer discutir algum assunto sozinho só mesmo um enfermiço, entorpecido, morbífico e morbígero.
    Acho eu que você nesse caso deveria estar internado.
    O problema não é querer ou não discutir comigo e sim sozinho ( em cujo blog é livre ), as causas verídica são a sua falta de argumentos, falta de inteligência, falta de leitura, falta de estrutura emocional, falta de conhecimento, falta de estudo etc…….
    Tu és um descompensado e quero lhe avisar ou para de escrever besteira ou continuarei pegando em suas patas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkahahahahahahahahahah.

  • Buuuu

    O nosso país esta sendo governado pelo ministro Ônix Lorenzoni e pelo vice Mourāo acho que são os 2 que tem um pouco de habilidades politicas pois os outros incluindo o Mito ta uma merda só pensa em ferrar o Povo.

  • Lata Véia

    A VERDADE VEM A TONA

    GEBRAN CONFESSA QUE DESRESPEITOU A LEI SÓ PRA MANTER LULA PRESO, DIZ REVISTA
    Publicado em agosto 11, 2018 por LUIZ MÜLLER .
    A edição de Veja deste fim de semana traz uma informação bombástica: a de que o juiz Gebran Neto, do TRF-4, admitiu a amigos que ignorou a lei para manter Lula preso, no episódio em que a ordem judicial do desembargador Rogério Favretto foi descumprida; a prisão ilegal de Lula vem sendo denunciada pelos maiores juristas do mundo e por líderes internacionais como Michelle Bachelet, Bernie Sanders e o ex-prefeito de Londres, Ken Livingstone; o objetivo é impedir que Lula vença as eleições de 2018 e interrompa o processo de destruição da soberania nacional.
    A edição de Veja deste fim de semana traz uma informação bombástica: a de que o juiz Gebran Neto, do TRF-4, admitiu a amigos que ignorou a lei para manter Lula preso, no episódio em que a ordem judicial do desembargador Rogério Favretto foi descumprida. A prisão ilegal de Lula vem sendo denunciada pelos maiores juristas do mundo e por líderes internacionais como Michelle Bachelet, Bernie Sanders e, neste sábado, o ex-prefeito de Londres, Ken Livingstone. O objetivo é impedir que Lula vença as eleições de 2018 e interrompa o golpe iniciado em 2016, que vem entregando riquezas como o pré-sal e retirando direitos de trabalhadores.
    Leia, abaixo, a nota de Veja sobre a confissão de Gebran:
    Desembargador admite ignorar letra fria da lei para manter Lula preso
    O desembargador Gebran Neto admitiu a amigos que ignorou a letra fria da lei ao dar decisão contrária à soltura de Lula, desconsiderando a competência do juiz de plantão. Gebran alegou que era a única saída para evitar um erro ainda mais danoso: libertar o petista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *