BLOGUEIRO PREFERIDO DOS PANELEIROS DIZ QUE SÉRGIO MORO ESTÁ FAZENDO POLÍTICA

Alguém já disse que “entender o Brasil não é coisa para amadores”. Vejam trechos do que escreveu, nesta segunda-feira, um dos pitbulls da Veja, Reinaldo Azevedo, um dos maiores ídolos dos paneleiros de ocasião:

“O espetáculo grotesco, deprimente e perigoso estrelado pela Polícia Federal, que pode trazer prejuízos gigantescos ao Brasil e aos brasileiros, tem antecedentes. Não se chegou àquele descalabro do nada. Há muito está em curso a marcha da insensatez.”

“Digamos com todas as letras, com todos os pingos nos is, com todas traves no tês: os porras-loucas desses três entes — PF, MPF e Judiciário — decidiram exercer o controle da política e dos políticos. E a melhor forma que encontraram de fazê-lo é criando factoides para manter a opinião pública em estado de permanente exasperação e mobilização rancorosa, que é coisa diferente de fazer uma escolha política. E contam, para isso, com a imprensa como subordinada e porta-voz.”

“Na coletiva que concederam na sexta-feira, os procuradores Deltan Dallagnol e Carlos Fernando evidenciaram o desprezo que têm pelo Congresso, asseguraram que os senhores parlamentares querem é acabar com a Lava Jato, e um deles, Deltan, antecipou até a data do julgamento de Lula, que será feito pelo juiz Sergio Moro. A condenação veio sugerida nas entrelinhas. Na página-trocadilho criada por sua mulher — “Eu Moro com Ele” —, o juiz agradece o apoio da população e sugere que, sem este, a história poderia ser outra.”

“Todas essas ações têm nome. E o nome disso é política. É o que fazem os procuradores quando dão coletivas em off; é o que faz Moro quando apela diretamente à população; é o que faz a Polícia Federal quando, com impressionante irresponsabilidade, desfaçatez, ligeireza, falta de elementos e estupidez técnica, demoniza a carne brasileira, cuja excelência é reconhecida mundo afora.”

“Não senhores! O espetáculo grotesco da Polícia Federal na sexta não surgiu do nada. Sob o pretexto de combater bandidos, só pode fazer aquela patuscada quem aposta na impunidade. A mesma impunidade que protege os procuradores-vazadores. Todos esses entes, incluindo setores do Judiciário, estão convencidos de que o país não precisa de políticos e da política.”

“Querem saber? Entreguemos o Brasil aos porras-loucas do MPF, da PF e do Judiciário, e, em dez anos, seremos um Haiti de dimensões continentais.”

Obs.: Só agora o Reinaldo descobriu que o Moro e os procuradores da Lava Jato fazem política? E quando o juiz liberou aquelas conversas telefônicas do Lula e da Dilma, não era política? Pois é, mas quando era contra o Lula, o Tio Rei aplaudia tudo que vinha de Curitiba.

9 comentários

  • O sincero

    E você esta fazendo o que, caroçinho? POLITICA…
    pior de tudo é fazer politica para o partido que deu uma bota na bunda kkkkkkkkkk

  • As "coisas" mudaram

    Se os politicos perderam espaço para a PF, MPF e judiciario graças a Lula que aparelhou a policia federal que até então, não prendia ninguem.
    Graças a Dilma que criou a Lei da Delação Premiada que até então, aparecia um crime de corrupção, o politico desmentia e arquivava o processo.
    Os politicos do PT/PMDB/PP/PSDB roubaram a Petrobras e assim, Moro/MPF (graças a sua equipe) virou ídolo e desmoralizou o STF que não prende ninguem.
    Nunca se imaginaria que um presidente seria processado pois hoje : Lula, Dilma e Temer estão na linha de tiro da justiça.
    Na verdade, Moro não precisa abrir a boca para “fazer politica”. É só mandar prender! Quem?

  • ELE

    E AGORA COXINHAS COMO FICA:::::::

    VEJA chama PF, MPF e Sérgio Moro de “Porras-Loucas”. Estão acabando com o Brasil
    O colunista de Veja, Reinaldo Azevedo, que recentemente vem fazendo críticas a ações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, afirma em post nesta segunda-feira 20 que o juiz Sergio Moro, de Curitiba, passou a fazer “Política”. Azevedo comentou o vídeo em que o juiz Moro agradece apoio da população na página criada por sua mulher na internet e sobre a loucura da PF, MPF e Judiciário por mídia, fato inconsequente que tem arruinado a economia do Brasil.
    Na coletiva que concederam na sexta-feira, os procuradores Deltan Dallagnol e Carlos Fernando evidenciaram o desprezo que têm pelo Congresso, asseguraram que os senhores parlamentares querem é acabar com a Lava Jato, e um deles, Deltan, antecipou até a data do julgamento de Lula, que será feito pelo juiz Sergio Moro. A condenação veio sugerida nas entrelinhas. Na página-trocadilho criada por sua mulher — “Eu Moro com Ele” —, o juiz agradece o apoio da população e sugere que, sem este, a história poderia ser outra.
    Todas essas ações têm nome. E o nome disso é política. É o que fazem os procuradores quando dão coletivas em off; é o que faz Moro quando apela diretamente à população; é o que faz a Polícia Federal quando, com impressionante irresponsabilidade, desfaçatez, ligeireza, falta de elementos e estupidez técnica, demoniza a carne brasileira, cuja excelência é reconhecida mundo afora.
    Todos querem fazer história:
    Há uma evidente sede de protagonismo dessas forças. Não se contentam com o seu papel institucional, que, obviamente, pode, sim, dar conta do recado, combater a corrupção, prender os corruptos. A propósito: a única força no Brasil que hoje promove a impunidade é a Lava Jato, dadas as penas ridículas que aplicam aos delatores. Notórios bandidos estão sendo, de fato, literalmente premiados. Os abusos sem contenção nem punição da Lava Jato conduzem a outros tantos.
    Não senhores! O espetáculo grotesco da Polícia Federal na sexta não surgiu do nada. Sob o pretexto de combater bandidos, só pode fazer aquela patuscada quem aposta na impunidade. A mesma impunidade que protege os procuradores-vazadores. Todos esses entes, incluindo setores do Judiciário, estão convencidos de que o país não precisa de políticos e da política.
    Querem saber? Entreguemos o Brasil aos porras-loucas do MPF, da PF e do Judiciário, e, em dez anos, seremos um Haiti de dimensões continentais.
    VIU FASCISTA GOLPISTAS, TUDO ESTA VIRANDO DE PERNA PARA BAIXO.ATÉ A VEJA E REINALDO AZEVEDO CONTRA O JUIZ MORO $$$$$$$, MPF, STF E OS ELEMENTOS DO PGR. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

  • BIGODAO

    Esperneia PTzada.

    Passagens para VENEZUELA e CUBA em Promoção!

  • BIGODÃO tu és um babão e tontão, precisa de um psiquiatra.

  • Brasileiro de Verdade

    Moro podia aproveitar que esta no Paraná pertinho da divisa com Paraguai e investigar e prender traficantes de drogas e armas que destroem nosso país. Aí sim ele chegaria a sombra do Giovanni Falconni e faria as mãos limpas. O que a república Curitiba faz e pirotecnia política.

  • Reinaldo Azevedo deixou cair a máscara,o porta-voz da direita sempre foi pau-mandado do PSDB,e só e ponto e fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *