BOLSONARISTAS SE VINGAM DE FAUSTO PINATO MOSTRANDO MALFEITOS NA CEAGESP

Parece que os últimos dardos atirados pelo deputado federal Fausto Pinato em direção ao presidente Bolsonaro o colocaram na alça de mira da milícia bolsonarista. Dia desses, uma emissora de rádio da capital, conhecida por sua defe$a do bolsonarismo, entrevistou o atual presidente da Ceagesp, o coronel Mello, que falou sobre escândalos de corrupção descobertos na Companhia.

Mello afirmou que as descobertas vão desde a venda irregular de espaços por preços que variavam de R$ 15 mil a R$ 100 mil, até a prática da famosa rachadinha, na qual alguns funcionários eram obrigados a dividir seus salários com chefes. O coronel disse, ainda, que as testemunhas dos atos de corrupção já colocaram suas denúncias no papel e que elas já estão sendo investigadas pela Polícia Federal.

Segundo Mello, a Ceagesp tinha, entre outras coisas, 57 cargos comissionados – a maioria deles ocupados por apadrinhados do deputado Fausto Pinato – que foram reduzidos para apenas 22 cargos, preenchidos atualmente por funcionários concursados.

Entre os expurgados estão o próprio pai do deputado, Edilberto Pinato, que tinha um salário de aproximadamente R$ 20 mil, dois advogados – Christopher e Paulo Rodrigo Rezende Aguiar – amigos de Pinato, que integraram a equipe de transição do prefeito Luís Henrique, além do ex-presidente da Companhia, o fernandopolense Johnni Hunter Nogueira, também indicado por Pinato.

Finalmente, em reportagem veiculada há cinco ou seis dias, logo depois de Pinato chamar Bolsonaro de “doente mental” e pedir sua interdição, a mesma emissora bolsonarista repercutiu notícia sobre a corrupção na Ceagesp, onde se diz que “os investigados são indicados de Fausto Pinato, que ‘ganhou’ a Ceagesp do então presidente Michel Temmer”.

A notícia afirma, ainda, que “se o deputado tem ou não tem culpa na roubança descoberta na Ceagesp, só a Justiça poderá decidir”. O autor da notícia ressalva, porém, que Pinato não está sendo investigado.    

7 comentários

  • Corrupção: um balcão de negócios

    A muitos anos, Já era sabido que o deputado estava roubando na Ceagesp. Foi noticiado nos jornais. Bolsonaro ficou quietinho
    Agora com os xingamentos do deputado contra o bolsonaro. Ele mandou o Coronel Melo –que é o atual presidente da Ceagesp — colocar as cartas na Mesa sobre a corrupção na empresa comandado pelo Pinato.
    No Brasil os políticos tem a mania de engavetar os casos de corrupção dos outros políticos.
    A justiça faz de conta que não vê embora a mídia divulgue toda a sujeirada.
    Os políticos só usam quando precisam.
    É lamentável esse tipo de negócio

  • Eu não sei pq criticam tanto o Bolsonaro, ele está governando para o povo que o elegeu, assim como foi o Lula , só há uma diferença; o Lula prometia comida aos pobres e o Bolsonaro promete liberação de armas , já pensou numa população pobre sem comida ,sem emprego e armada? Os pobres que elegeram o Lula em troca de comida são os eu mesmos que elegeram o Bolsonaro,pobre, sem cultura, sem disciplina , sem nenhuma noção do que viria pela frente . Se o Lula se candidatar com certeza ele será eleito,pq o povo não vai pensar na diferença das épocas , na economia da época que o Lula assumiu e a economia de hoje por exemplo.

  • Bolsominion tomador de cloroquina

    É duro que o ano que vem vai ter uns trouxas aqui de Jales que vao votar neste ser!

  • Vixi

    Tomador de cloroquina!!!!!
    Todo trouxa tem direito a voto.

    • O Lula vem aí e vai pegar uma inflação alta, muita pobreza como de qdo ele assumiu, só que dessa vez o país tá quebrado , não tem dinheiro saqueado da poupança pra ele investir no Fome zero, nem médico sem fronteira, e nem programa de governo pronto como ele pegou do FHC, aguardemos o que ele vai prometer, o Bolsonaro prometeu o armamento será que ele vai prometer as armas?

  • Eleitor do Ailton do suco

    O sujo falando do mal lavado ,vamos nos livrar deste povo .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *