“BOLSONARO ESTÁ LEVANDO O BRASIL PARA UM DESASTRE”, AVALIA IMPRENSA INTERNACIONAL

Como todo déspota, o Bozo se ama. A notícia é do UOL:

Entre domingo (24) e segunda-feira (25), diversos veículos de imprensa internacionais publicaram longos artigos e reportagens com duras críticas à resposta do presidente Jair Bolsonaro à crise gerada pelo novo coronavírus.

O brasileiro é descrito como um “líder vingativo”, com atuação “irresponsável e perigosa”, que investe seu tempo em brigas com juízes, parlamentares e “até os próprios ministros” enquanto governadores pedem ajuda.

“Quebrar o Brasil” e “levar o país ao desastre” são alguns dos prognósticos associados à atuação do presidente, descrito como um dos raros negacionistas da gravidade da pandemia e tem sua atuação apresentada como uma das piores em todo o planeta.

Diferente da narrativa governista, que costuma atribuir as críticas à “imprensa de esquerda”, as análises negativas também estampam as páginas de veículos tradicionalmente conservadores, como o jornal britânico The Telegraph.

O mesmo vale para ícones mundiais do liberalismo econômico, celebrado pelo ministro Paulo Guedes (Economia) e pelo filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, como é o caso do jornal Financial Times.

Na manhã desta segunda-feira, em frente ao palácio do Alvorada, o presidente foi questionado por uma apoiadora sobre a imagem negativa de sua gestão no exterior.

“A imprensa mundial é de esquerda”, insistiu o líder brasileiro, citando mais uma vez o presidente norte-americano. “O Trump sofre muito nos Estados Unidos também”, disse Bolsonaro.

A publicação mais comentada nesta segunda-feira vem do jornal britânico Financial Times. Um artigo assinado por Gideon Rachman, colunista-chefe para assuntos internacionais do jornal, aponta no título que “o populismo de Jair Bolsonaro está levando o país para um desastre”.

O texto compara as respostas de Bolsonaro e de Trump à pandemia, classificando a do brasileiro como “ainda mais irresponsável e perigosa”.

1 comentário

  • Falem mal mas falem de mim!

    A mídia está demorando muito para parar de dar cobertura jornalistica ao presidente que fala muitas besteiras todos os dias na saída do palácio. Depois ficam comentando demoradamente. Falar mal do Bolsonaro vende jornal e aumenta a audiência. Na realidade, eles gostam do Bolso!
    A Globo fala 70% do seu jornal, de coronavírus e o restante, fala do Bolsonaro. Não aguento mais!
    Concordo com o texto acima porem não acho que Bolsonaro é culpado pela crise que vai quebrar o Brasil e levar o país ao desastre. Certamente a crise é mundial. Coronavirus é o grande culpado!
    Não acho que a imprensa mundial é de esquerda. Bolsonaro falou besteiras!
    Não acho que o o populismo de Bolsonaro está levando o país para um desastre. Ele não é populista. Tem só 30% de seguidores que gostam dele. Lula chegou a 80%. Bolsonaro tenta ser pois reúne uma pequena reunião com poucos, de manhã, em Brasilia. Fake news!
    Se a mídia parar de noticiar o Bolsonaro. A gente agradece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *