BOLSONARO MIRA SERVIDORES COM REFORMA QUE ATACA BENEFÍCIOS E FACILITA DEMISSÕES

Deu no Brasil 247:

O novo alvo na mira de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes é o funcionalismo público. “A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma administrativa, que deve ser encaminhada na quinta-feira ao Congresso Nacional, divide as carreiras de governo em três grupos com regras diferentes de estabilidade, sugere a extinção de licenças e gratificações e facilita a demissão de servidores durante o período de experiência”, aponta reportagem de Murillo Camarotto e Edna Simão, publicada no Valor Econômico.

Com a reforma, as carreiras típicas de estado representarão cerca de 20% do universo de servidores concursados. “Também está prevista uma carreira com contratos de duração indeterminada, ou seja, que teriam alguma estabilidade, mas poderiam ser objeto de demissão em um cenário de restrição fiscal. Também consta no plano a figura do contrato com prazo determinado, que visa suprir eventuais necessidades temporárias dos órgãos”, apontam os jornalistas.

Os salários iniciais dos servidores também serão reduzidos. Nos planos, está a redução do salário de entrada no serviço público. “O governo considera muito elevada a remuneração inicial, que seria reduzida com a contrapartida de um salário final mais elevado do que o atual”, aponta a reportagem.

6 comentários

  • Até que enfim!

    Mexer no mecanismo da estabilidade – mesmo que apenas para futuros servidores –, alterar progressão das carreiras e mudar estrutura dos salários, regulamentar lei de greve e arrochar avaliações de desempenho.
    Tudo isso, envolve interesses e variáveis que não combinam e colocam em lados antagônicos servidores, governo e parte do Congresso. Paulo Guedes e Bolsonaro tem muita coragem em mudar isso. Vai ter uma guerra com os sindicatos e partidos de oposição.
    O fim da estabilidade é muito bom. Pois elimina a zona de conforto da ineficiência, da indiferença com o cidadão comum e com o Estado. O bom servidor público não há o que temer.
    A reforma administrativa será salutar para todos. De salários a lei de greve: reforma administrativa propõe novo serviço público

    • Elias

      Só discordo quando vc diz, ” o bom servidor público não há o que temer.” Visto que os bons servidores nunca recebem promoção, só recebe aqueles que são amigos e pucha saco do patrão, então, só é visto como “bom servidor” aquele que tem valor politico ou é amigo, afinal, só esses recebem tais promoções verticais.

  • Observador

    Para quem tem coragem,determinação e vontade de trabalhar não falta trabalho.
    Peça as contas e de lugar para quem está a fim!!!!!!

  • SERVIDOR PÚBLICO

    JÁ DIZIA UM VELHO PROVÉRBIO (NÃO CHINÊS)…
    “QUANDO A PESSOA NÃO CONSEGUE SER NADA NA VIDA, VIRA SERVIDOR PÚBLICO”

    • Estudar pra que ?

      Quando a pessoa não consegue ser nada na vida pede emprego pra político.
      Para ser funcionário público tem que estudar muito e se destacar entre os melhores para ser aprovado em concurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *