BRASIL: ATOS POLÍTICOS DO DIA DA MULHER MIRAM BOLSONARO

A notícia é do portal MSN:

As manifestações do Dia Internacional da Mulher neste 8 de março são palco de críticas ao governo de Jair Bolsonaro, em uma retomada do movimento #EleNão, organizado na campanha eleitoral. Movimentos sociais e integrantes de partidos da oposição farão atos em todas capitais do País.

A luta contra a reforma da Previdência é a principal bandeira. “O nosso chamado é Mulheres contra Bolsonaro. Não só pela reforma, mas o pacote de propostas dele como um todo afetará as mulheres”, afirmou ao HuffPost Brasil Sônia Coelho, integrante da Marcha Mundial das Mulheres e da Organização Sempre Viva.

Quanto às mudanças nas regras de aposentadoria, a militante destaca que haverá um impacto mais danoso a mulheres do campo e à população negra. “A reforma não reconhece a desigualdade entre homens e mulheres”, critica. Ela lembra dados que indicam diferença no sistema atual.

Hoje, as mulheres são maioria entre os que se aposentam por idade. Elas representam 64%, com benefícios em torno de um salário mínimo, de acordo com o estudo “Diferenças na legislação à aposentadoria entre homens e mulheres: breve histórico”, do Ipea. Na modalidade tempo por contribuição, por sua vez, onde os rendimentos são maiores, a presença feminina cai para 30%.

A proposta de emenda à Constituição (PEC) enviada pelo Palácio do Planalto em fevereiro estabelece uma idade mínima de 65 anos para homens e 62 para brasileiras terem acesso ao benefício.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS), por sua vez, lembra que no sistema dos funcionários públicos, a reforma irá aumentar a idade mínima em 7 anos para as brasileiras – que hoje se aposentam a partir dos 55 anos – e em 5 anos para os homens – que têm direito ao benefício após os 60 anos. “A proposta desconsidera o trabalho que a mulher realiza e não é contabilizado. Elas são as primeiras a levantarem da cama e as últimas a se deitarem”, disse à reportagem.

2 comentários

  • Vai ter que trabalhar mais!

    Certamente, Bolsonaro sabia que teria manifestações das mulheres petistas contra ele devido o seu projeto aumentar a idade das mulheres para se aposentar.
    As mulheres sempre quiseram a igualdade com os homens. Chegou a hora de trabalhar mais pois saúde, elas tem.
    Alias mais saúde do que os homens.

    • SUKO DE LARANJA

      Por que será que toda pessoa que é contra funcionários laranjas, milicianos, a proposta do Guedes para uma escravidão moderna, uma proposta de aposentadoria que já não deu certo no Chile, é considerado Petista. Acho que você está elogiando os Petistas. De um coxinha enrustido e miliciano alienado só podemos esperar isto. Odeia as mulheres, deveria ter se casado com um homem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *