CAÇADA A LULA AGORA PODE ENVOLVER O ITAQUERÃO

pedalinhos

O jornal Folha de S.Paulo – o mesmo que pegou dona Marisa no contrapé, comprando um iate de R$ 4 mil – sobrevoou o “sítio do Lula”, neste sábado, e descobriu que o ex-presidente e a ex-primeira-dama dispõem de dois pedalinhos para desfrutar nas tardes bucólicas de Atibaia. Resta saber se os simpáticos pedalinhos foram doados pela OAS ou pela UTC.

Não bastasse o esclarecedor sobrevoo, a Folha publicou na tarde deste sábado, mais uma grave denúncia, segundo a qual um filho do ex-presidente recebeu R$ 500 mil do Corinthians, coincidentemente durante o período em que o Itaquerão estava sendo construído com a ajuda do BNDES.

O rapaz, que já havia trabalhado como preparador físico no Palmeiras e no Corinthians, foi contratado pelo departamento de marketing corintiano, com salário de R$ 20 mil mensais. A Folha não afirma, mas insinua, como convém, que o Corinthians pode ter usado a influência de Lula para conseguir o empréstimo de R$ 400 milhões junto ao BNDES.

Para quem não se lembra, a construção da Arena Corinthians atrasou em vários meses porque, entre outras coisas, o empréstimo do BNDES, obtido já no governo de dona Dilma, demorou muito para ser aprovado. E, depois de aprovado, demorou para ser liberado. Ou seja, o Lula é um péssimo lobista. A notícia é do Brasil 247:

lula itaquerãoUma nova via de ataque contra o ex-presidente Lula mira agora o Itaquerão, estádio construído pela Odebrecht em São Paulo e usado na abertura da Copa do Mundo de 2014. A relação da Arena Corinthians com o ex-presidente é o fato de seu filho Luis Claudio Lula da Silva ter sido contratado e recebido R$ 500 mil do clube paulista.

De acordo com reportagem publicada pela Folha no final da tarde deste sábado 6, o valor foi recebido pelo filho de Lula entre 2011 e 2013, mas o empresário não teria “desempenhado função no clube, segundo relatos feitos à Folha”. O jornal diz ter ouvido oito pessoas que tiveram relação com o departamento de marketing do clube e todas elas, sem revelar o nome, disseram que não houve serviços para Luis Claudio.

Além das fontes anônimas, Luis Paulo Rosenberg, economista e responsável pelo marketing do Corinthians de 2007 a 2012, disse à reportagem que não se lembra “de nenhuma tarefa que ele tenha sido convocado para desenvolver ou que ele tenha realizado algo”. A relação da empresa LFT, de Luis Claudio, com o clube passará a ser alvo de investigação da Operação Zelotes, que antes investigava grandes sonegadores.

Segundo o jornal, os pagamentos feitos pelo Corinthians ao filho de Lula “coincidem parcialmente” com a construção do estádio. A empresa de Luis Claudio já é alvo de investigação na Zelotes por ter recebido R$ 2,4 milhões do lobista Mauro Marcondes, o que a PF desconfia ter relação com o suposto esquema de “compra” de medidas provisórias. O empresário sustenta que prestou serviços de marketing esportivo à empresa de Marcondes.

padaria

Em tempo: O sábado foi mesmo rico em constatações. Além das descobertas da Folha, o Estadão está noticiando que os procuradores do MPF andaram vasculhando a vida do casal Lula da Silva em Atibaia e descobriram que dona Marisa Letícia comprava em uma padaria da cidade. Eis um trecho da reportagem:

A chegada da Lava Jato mudou a rotina do bairro do Portão, em Atibaia, limite entre a cidade e a área rural onde fica o sítio usado pelo ex-presidente. Vizinhos e comerciantes da região têm sido questionados pelos procuradores do Ministério Público Federal sobre a frequência das visitas, rotina e companhias do petista no local.
(…)
Duas atendentes da padaria Iannuzzi, que fica no acesso ao sítio, dizem que a ex-primeira-dama Marisa Letícia comprava no local.

Não é fantástico? O MPF descobriu que dona Marisa, não obstante ter sido primeira-dama do país, continua frequentando padarias simples, como a Iannuzzi, algo que, convenhamos, é muito suspeito. A reportagem não esclarece, porém, se ela pagava os pães em dinheiro vivo, o que poderia ser um claro indício de lavagem de dinheiro.

25 comentários

  • BLOG DO MORTADELA

    É notório que esse estádio só existe graças ao LULARAPIO o estádio de SP pra copa seria o Cícero Pompeo de Toledo(morumbi), mas graças a esse bandido e corinthiano(desculpe a redundância) foi erguido o entulhão. É questão de lógica, basta ligar os pontos

  • anonimo

    Que nesse estádio tem xuxu, pode ter certeza.

  • Jj

    Cardosinho, muda o nome do blog, coloca blog do petesinho, que porcaria de jornalismo parcial é esse, lamentável…. Para e pensa, ridículo o seu papel….

  • Perturbado

    Cadeia…. Cadeia… Tá xegando… 2018 é só tira o pt do poder e ver esse povo ir pra cadeia

  • Lula e seus rolos

    Depois de tantos processos de investigaçao, tantas “visitas” a policia federal e mais os casos de seus filhos, amigos presos e parentes, Lula parece que caiu nas graças de midia (para vender mais jornais, revistas e divulgaçao na tv) e justiça (porque vê contradiçoes na sua defesa)
    O Lula e o PT nao conseguem convencer ninguem da sua inocencia e tentam vitima-lo, na sua defesa, atacando o promotor, juiz, a imprensa, o FHC/PSDB e esquecem do fato.
    Foi um erro de defesa, do Lula negar que e’ dono do sitio e do apartamento do Guaruja’ pois depois das evidencias virou uma polemica
    Se fosse o FHC, nao seria problema nenhum, um ex presidente ter esses imoveis e “ganhar” uma reforma porem o apto esta’ ligado com uma empreiteira da Lava Jato mais o Bancoop falido pois desviou dinheiro para o PT cujo ex presidente era o ex tesoureiro e preso do PT.
    Quanto mais mexe, mais fede

  • SOU DE JALES

    Olha o Burro outra vez o homem é mesmo um dinossauro de abestado. Mas vou lhe mostra a ultima Bimba, contra Lula: Lula come queijo branco no café da manhã. A PF e o STF estuda enquadrá-lo por Laticínio, Estuda mais e evidências ( tem acento ), investigação é acentuada, mídia tem acento, divulgação tem acento, contradições tem acento, não tem acento, inocência tem acento, e esquecem dos fatos tem que colocar s no final, foi um erro da defesa e não de, não é esta ligado com uma empreiteira, mas ligado há uma.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk uma ameba.

  • NOIS

    No Brasil p chato é uma familiar rica que cobrava propina todo o dia, o Sociólogo delatado que tem um Apartamento em Paris, o Esquema Tucano em Furnas, o outro Esquema que desviava Merenda das crianças e o chefe estava dentro do Palácio dos Bandeirantes, o Helicóptero com 450 Kg. de cocaína , as Contas na Suíça, dos Tucanos, Cunha etc…,Apartamento de Aécio o Traficante na Lagoa Rodrigo de Freitas, declarado no valor 6 vezes abaixo do preço de mercado, do Apartamento de Joaquim Barbosa comprado em Maiami por 1 Milhão em nome de uma empresa fajuta , para não pagar impostos no Brasil, as Duas Fazendas de Aloysio Nunes, que declarou ao TSE , o valor das mesmas de 1,00 real cada.
    Nada disso importa para a velha mídia golpista , para o Poder Judiciário brasileiro Podre e nem para a PF, mais Podre ainda, por causa dos $$$$$$$$$$$$$$$, que recebem dos Tucanos.
    O problema é o Barco de 4 mil reais da esposa do metalúrgico, filho de pais analfabetos, um sitio do amigo e um apartamento no Guarujá que ele não tem e inclusive o nome da Padaria em que a esposa do metalúrgico , comprava e paga com seu dinheiro e as 111 vezes que o futuro presidente foi ao sitio.
    Tucanos-PF-Poder Judiciário tudo podre,tentando tirar o Lula do pare-o, mas quanto mais batem, mas força ele cri. Até 2018.

  • Zè Pretin

    Os midias marron deste nosso pais jamais vão aceitar o Lula mesmo,pois ele deu vida aos mai pobres,pois hj temos carros,casa,emprego,qual jornal tipo globonews vai aceitar falar bem do lula faz uma pesquisa entre os mais pobres e vcs irão ver a realidade Coxinhas sabe quando vcs vão pegar a presidencia .Nunca e tem mais vcs vão perder o estado de SP pois a globo ta entregando vcs seus coxinhas desviadores da MERENDA ESCOLAR

  • Anônimo

    Copa do mundo no Brasil denovo muito obrigado!!!! Isso aí serviu pra meia dúzia…

  • A VERDADE

    Advogado de Lula diz que repórter usou manipulação, farsa e sensacionalismo

    “Orgulho-me da relação que mantenho com o ex-Presidente desde os idos de 80, quando ele era um líder sindical e eu, Presidente da Subsecional da OAB de São Bernardo do Campo — oportunidade em que coordenei um trabalho de assistência jurídica aos presos políticos no regime ditatorial”, disse o advogado Roberto Teixeira, afirmando que a reportagem de Ricardo Galhardo, “Compra de sítio foi lavrada em escritório de compadre de Lula”, no Estado de S. Paulo, foi “má-fé”, “manipulação”, “farsa armada” e com “manchete sensacionalista”.
    Depois de jornais preverem ação da PF, delegado inclui Lula em investigação.
    “Fatos são pinçados de forma a dar veracidade a uma narrativa perversa que mistura minha vida profissional com relações privadas, com o objetivo de fazer o leitor concluir que o processo imobiliário seria peça de um conluio maior, no qual se tenta envolver o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”, disse o advogado.
    Teixeira explicou que “o primeiro elemento da trama” usado pelo repórter para tentar dar veracidade à uma suposta ilegalidade seria um “contrato de gaveta”, na visão do jornalista, que transformou o sinal de R$ 100 mil para a compra do sítio em Atibaia, por Fernando Bittar e Jonas Suassuna, em dinheiro vivo. Entretanto, o pagamento foi realizado com cheque administrativo nominal. O jornalista teria se confundido ao ler a expressão “em boa e corrente moeda nacional”.
    Trecho da escritura de compra e venda assinada por Fernando Bittar ( vem a seguir no próximo texto )
    “Na data da lavratura da escritura, 29/10/2010, o sinal de R$ 100 mil já estava pago ‘em boa e corrente moeda nacional’, tal como constou no documento, uma vez que já compensado o cheque administrativo especificado no Instrumento Particular de Compra e Venda”, afirmou o advogado.
    Instrumento Particular de Compra e Venda, comprovando o cheque de R$ 100 mil. NO PRÓXIMO TESTO A SEGUIR.
    O repórter do Estadão também teria reduzido os serviços de assessoria jurídica da equipe de advogados a uma “intermediação” e transformado a indicação de um engenheiro agrimensor – “profissional que atende costumeiramente nosso escritório de advocacia nos demais processos que exigem sua especialidade”, em mais uma figura para corroborar a tese de relações promíscuas.

    Roberto Teixeira afirmou que o jornalista do Estadão recebeu todas as informações solicitadas a respeito da assessoria jurídica prestada aos clientes Fernando Bittar e Jonas Suassuna – com a cópia das perguntas abaixo -, mas, segundo ele, “preferiu ignorar a maior parte delas”.
    “O claro objetivo dessa reportagem é tentar legitimar absurdas versões criadas por algumas autoridades que, descomprometidas com o Estado Democrático de Direito e com as garantias a ele inerentes, buscam a qualquer preço a notoriedade”, acusou o advogado de Lula.
    Leia também: Jornalista processado por Lula contra-ataca em nova reportagem

    ***
    Confira a íntegra das perguntas e respostas encaminhadas do jornalista Ricardo Galhardo ao advogado Roberto Teixeira:

    1 – Por que o negócio foi fechado no escritório?

    Porque o escritório prestou assessoria jurídica aos compradores do imóvel. Ambos já eram nossos clientes.

    2 – Qual a participação de Roberto Teixeira na compra do imóvel?

    Nenhuma. O escritório limitou-se à assessoria jurídica aos compradores.

    3 – Supondo que o dr. Roberto deu orientação jurídica aos compradores, por que R$ 100 mil em dinheiro vivo?

    A compra foi paga mediante cheques administrativos emitidos pelos compradores pelo valor total da venda, identificados na escritura.

    4 – O que dizia o contrato de gaveta? Podemos ter uma cópia?

    Não houve contrato de gaveta. Houve um instrumento de promessa de compra e venda e quando o negócio foi concluído foi outorgada a escritura. Chamar um instrumento de compra e venda de “contrato de gaveta” é ridículo.

    5 – Por que o negócio só foi formalizado quase três meses depois?

    A premissa não é correta. A compra e venda começou a ser formalizada com a celebração de um instrumento de promessa de compra e venda com validade de 120 dias. Era o tempo necessário para a elaboração de uma auditoria jurídica relativa ao negócio e outras providências. Após concluída a análise e verificado que não havia nenhum problema jurídico, a compra foi concluída, com a outorga da escritura.

    6 – O ex-presidente Lula teve alguma participação no negócio?

    Nenhuma. O escritório já prestou assessoria jurídica para mais de mil clientes em 40 anos de existência.

    7 – O topógrafo Claudio Benatti disse ao Estado que foi contratado pelo dr. Roberto Teixeira para fazer um serviço no sítio. Isso é verdade? Por que foi o dr. Roberto quem fez a contratação?

    O profissional já esclareceu que é indicado pelo escritório para assuntos relacionados à medição de terras, matéria na qual é especialista.

    8 – O ex-presidente Lula enviou parte da mudança do Palácio da Alvorada para o sítio em Atibaia?

    Isso deve ser perguntado à assessoria de imprensa do ex-Presidente Lula.

    9 – O dr. Roberto gostaria de dar uma entrevista para falar sobre estes assuntos?

    Não. Mas gostaria de enfatizar o seguinte: “Merece repúdio o fato de autoridades promoverem o vazamento parcial e seletivo de informações que foram colhidas em procedimentos que estão sob sigilo. O Ministério Público deveria zelar pela relevante função do advogado, e não se utilizar da imprensa para tentar, de forma desleal, prejudicar os profissionais que estão promovendo a defesa de seu cliente, numa verdadeira ação orquestrada, baseada apenas em uma ambição de notoriedade e de destruição do maior líder político do País”.
    Complementação- Após nova contestação do jornalista, foi feito o seguinte esclarecimento:
    Não houve pagamento em dinheiro. Os R$ 100 mil referidos no documento encaminhado foram pagos por meio do cheque administrativo nº 218, do Banco do Brasil, por ocasião da celebração do instrumento particular de compra e venda.

  • Eu

    Coxinha mesmo sem razão, quer ser dono da razão. Em que mais incomoda um coxinha e ver um filho de um mortadela estudando e talvez até ocupando uma vaga, que segundo ele, deveria pertencer ao seu filho na universidade, ou quando ele chega na pizzaria e não tem onde estacionar, pois o mortadela chegou primeiro que ele. Lula lá 2018

  • Jalesense

    Bom demais ver os trouxinhas se debatendo. Esse blog, com matérias do 247 e CTRLc e CTRLv dos leitores do 247 virou comédia. Os comentários são hilários… Bom demais… Deixa eu pegar uma pipoca ali e continuar vendo…kkkkkk

  • Rolando Caio da Rocha

    Estava aqui pensando… Lulla e Dillma são mitos… Eu nunca tinha sentido inveja de argentino… Mas agora, depois do Macri e sua política de austeridade, corte de gastos com bandalheira e fim do populismo, estou tendo inveja dos “hermanos”… Só mesmo a PTzada pra fazer brasileiro ter inveja de Argentino… Pqp

  • Anônimo

    DO BLOG DA CIDADANIA

    Promotor da Veja prepara armadilha para Lula durante depoimento

    O Blog recebeu uma denúncia séria de que o governo do Estado de São Paulo estaria preparando uma armadilha para Lula e seus apoiadores durante depoimento do ex-presidente e sua mulher no Fórum Criminal da Barra Funda, no dia 17, às 10 horas da manhã.

    Em primeiro lugar, vale lembrar que a ida de Lula e de sua mulher àquele depoimento é produto de uma armação que o Ministério Público de São Paulo está levando a cabo.
    Antes de prosseguir, vale lembrar que estamos falando do mesmo MP que recebeu da Suíça provas contra tucanos e as esqueceu em uma gaveta até que as autoridades suíças cobrassem as brasileiras, no âmbito do escândalo do superfaturamento de trens do metrô e da CPTM.
    Também vale lembrar que promotor do MP-SP que está atacando Lula e sua esposa, o tal Cassio Conserino, preparou o show do dia 17 de fevereiro indo à revista Veja antes de sequer tomar uma medida administrativa, o que, de acordo com o jurista Luiz Moreira, ex-conselheiro nacional do Ministério Público, é uma grave infração funcional.
    Todos sabem, pois, que o Ministério Público de São Paulo vem sendo aparelhado pelo PSDB desde que o partido se apossou do governo do Estado em 1994 e nunca mais saiu.
    Ao longo dos últimos 20 anos, o PSDB aparelhou o Judiciário e o MP paulistas de forma que partido, governo do Estado, Ministério Público, Justiça estadual, polícia militar e polícia civil se tornassem uma coisa só.
    Esse poderoso aparato político está sendo usado descaradamente contra os adversários do PSDB, sobretudo contra Lula.
    É nesse contexto que, a partir deste ponto, o Blog passa a relatar denúncia que recebeu na semana que finda. Um leitor procurou está página relatando que é prestador de serviços de informática e fazia seu trabalho em um órgão da administração pública paulista e presenciou conversa entre alguém que se dizia “desembargador” e um “militar”.
    A pessoa que fez esse relato tem muito medo de represálias, de modo que pediu o mínimo de detalhes sobre si e sobre a circunstância em que presenciou essa conversa preocupante. Pediu que fosse priorizada a denúncia em si, ou seja, o que estaria sendo armado “pelo governo Alckmin” durante o depoimento de Lula.
    Antes de prosseguir, vale analisar matéria da Folha de São Paulo deste sábado sobre a “guerra de torcidas” que está sendo aguardada para dia 17 diante do Fórum Criminal da Barra Funda. (a matéria estará no próximo texto ).
    Como se vê, o clima, por si só, deve esquentar. O promotor tucano já deu a senha. Como uma das maiores autoridades no Local, poderá controlar a PM a seu bel prazer.
    Vale explicar que os policiais que atuam no interior daquele Fórum Criminal estão sob ordens expressas das autoridades judiciárias. E como todos sabemos da postura do Judiciário e do MP paulistas em relação ao PT, a denúncia que foi passada a este blogueiro faz todo o sentido.
    O depoimento de Lula terá início às 10 horas da manhã. É evidente que para acompanhar esse depoimento os grupos antipetistas e os que irão apoiar o ex-presidente irão se posicionar antes desse horário. E é aí que estaria sendo preparada armação.
    Segundo o denunciante que procurou o Blog, sob ordem das autoridades do Fórum, a PM tentará arrumar uma desculpa para impedir a entrada dos grupos pró-Lula no local, dando total acesso aos grupos antipetistas.
    Se não for possível, a PM tratará de atacar e dispersar os grupos de poio a Lula acusando-os de algum excesso que poderá ser cometido por gente do outro lado e atribuído aos petistas.
    Uma coisa é certa: a direita aposta muito nesse confronto do dia 17 para levar ao Jornal Nacional cenas que humilhem o ex-presidente Lula e criminalizem seus apoiadores.
    Outro ponto importante da armação do dia 17 contra Lula e seus apoiadores será tentar dispersá-los para que apareçam em ampla inferioridade numérica ante os fascistas dos movimentos supracitados.
    Nesse aspecto, os grupos antipetistas, que todos sabem que são endinheirados, pretenderiam, segundo a denúncia, contratar “seguranças particulares” para intimidar e até agredir manifestantes pró Lula ANTES de chegarem ao local das manifestações.
    Os movimentos e partidos que pretendem apoiar Lula, portanto, devem chegar MUITO cedo ao Fórum da Barra Funda porque, se bobearem, serão impedidos de entrar. Além disso, devem andar em grupos grandes.
    Se você for ao protesto, combine com amigos local de encontro próximo ao Fórum e vá em grupo. Se não for possível, não deixe que vejam bandeiras, camisetas, nada que o “denuncie”, pois haverá blitz dos fascistas nas redondezas visando agredir quem usar camisas vermelhas ou portar símbolos que liguem a pessoa ao apoio a Lula.
    A pessoa que fez essa denúncia parece mesmo convencida de que a PM atuará de forma escancarada para tomar partido dos movimentos anti Lula. E que a mídia (Globo à frente) estará em busca de cenas que criminalizem e reduzam os apoiadores de Lula.
    Esses atos do dia 17 na Barra Funda prometem ser um marco na ofensiva fascista que se abateu sobre o país. A direita está apostando alto. Não subestimem essa gente. Esses grupos antipetistas, além de serem ricos, têm a polícia, o Judiciário e o MP paulistas ao seu lado.

  • Nois

    SUPOSTAMENTE INVESTIGADO, ADVOGADO DE LULA REAGE–OS GOLPISTAS MAFIOSOS ESTÃO AGINDO.
    :
    O advogado Roberto Teixeira foi informado na noite de ontem, pelo jornal Estado de S. Paulo, que sua assessoria jurídica na compra de um sítio em Atibaia (SP) por amigos de Fábio Luis Lula da Silva estaria sendo investigada pela força-tarefa da Lava Jato; “A menos que tenham tipificado como crime, sem o meu conhecimento, a conduta de advogar, não há o que me ponha ao alcance das investigações da Lava Jato, após 46 anos de exercício exclusivo e ininterrupto da profissão. Se confirmada essa investida, só posso atribuí-la a uma tentativa de fragilizar minha pessoa e minha trajetória profissional, especialmente no que se refere à atuação na qualidade de advogado do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, como é público e notório, vem sofrendo intensa perseguição por parte de alguns membros da Polícia Federal”, reagiu, em nota, Roberto Teixeira, que cobrou uma atitude do ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso.
    Essa é a maneira de agir dos Tucanos Fascistas, Golpistas e Capitalistas

  • Papagaio de Pirata

    Foi o Ronaldo que deu a deixa para que o Lula usasse sua influência com alguma construtora para a erguer a arena do curintia. Que coincidência, adivinha quem fez a obra? Odebrecht, cujo presidente está atrás das grades. A bagatela de 1 bilhão e 200 milhões de reais. O equivalente a duas Arenas Palestras. E querem saber da maior? O curintia não vai pagá-la e não vai acontecer nada. Pronto. Falei!

  • Papagaio de Pirata

    Fernando Bittar é filho de Jacó Bittar, ex-prefeito de Campinas, pelo PT, anda meio sumidão, ex-sindicato dos petroleiros de Paulínia. Deus ajudou a família Bittar, viu. Estão milionários.

  • Agora ele tem muita coisa a explicar!
    O ano só está começando…

  • VEM LUTA AI

    AOS MAFIOSOS, FASCISTA DA DIREITA BURGUESA E CAPITALISTA, LIDERADAS PELOS TUCANOS, QUE QUEREM DE QUALQUER MANEIRA O PODER, NEM QUE FOR ATRAVÉS DO GOLPE,PRINCIPALMENTE DA MÍDIA LIDERADA PELA REDE GLOBO.
    DIREITA QUE ACEITA E TOLERA INJUSTIÇAS CONSIDERADAS OS IMPERATIVOS DO MERCADO ACIMA DOS DIREITOS HUMANOS, ENCARAR A POBREZA MODO A INCURÁVEL , JULGAR QUE EXISTEM PESSOAS E POVOS INTRINSECAMENTE SUPERIORES A OUTROS.

    JAIME AMPARO ALVES
    Doutor em Antropologia Social pela Universidade do Texas em Austin e professor de sociologia e antropologia da City University of New York (CUNY/CSI)
    Os inimigos de Lula e os milhões de Silvas.

    “Não parece razoável o que estão fazendo com o Lula”. A frase do tucano Luís Carlos Bresser-Pereira poderia ser o sinal da tão esperada distensão politica, mas não é por um único motivo: Lula não é adversário, é inimigo. Ao adversário se estende a mão, reconhece-se a sua dignidade humana e se respeita as regras do jogo. Lula nunca foi aceito. Desde o primeiro dia do primeiro mandato, Lula tem sido submetido a um ataque sistemático. A Folha de S. Paulo investigou uma tal propensão genética da família Silva ao álcool, a Revista Veja já celebrou o ‘câncer do presidente’ e o Globo já apresentou Lula como presidiário em suas charges. Tudo isso sem falar na violência sanitarizada dos telejornais da Globo com seus apresentadores cinicamente consternados com a corrupção no país, enquanto o nome emissora (agora a RBS) aparece em mais um escândalo fiscal. Na ausência absoluta de padrões éticos jornalísticos, nos resta perguntar se a raiva irracional de William Waack contra Lula, Hugo Chaves e Cristina Kirchner, por exemplo, não seria o caso de tratamento psiquiátrico.
    No fundo no fundo, até os incendiários Aécio Neves e Carlos Sampaio sabem que “não é razoável” como a imprensa trata o ex-presidente Lula. Mas Lula da Silva foi longe demais em sua loucura política de desafiar o establishment; e olhe que para aqueles de nós frustrados com o PT, Lula fez muitas concessões e perdeu a oportunidade de fazer as mudanças radicais que o Brasil tanto precisa; entre elas a urgente e cara ley dos médios, a reforma agrária, e a justiça tributária. Inútil chorar o leite derramado aqui porque ele segue derramando. O governo Dilma Rousseff continua implacável no mesmo script, com o agravante de que em sua tecnicidade Dilma nega a politica, se afasta do povo e afasta de vez a esperança na tão sonhada virada de mesa do primeiro governo, do segundo, do terceiro, do quarto.
    Ainda que Lula tenha alimentado os seus próprios predadores na esperança inútil de que fazendo concessões estratégicas a elite permitiria um governo popular, ir ‘as ruas defendê-lo é um dever de todos aqueles com um mínimo de educação politica e de perspectiva histórica. A perseguição implacável que sofre é um indicativo das suas virtudes não dos seus defeitos. Lula não é atacado porque fez menos do que o Brasil precisa, mas sim porque ousou arranhar a centenária estrutura hierárquica do país trazendo os pobres para o debate nacional. A não ser que as forças políticas de esquerda corroborem com o moralismo dirigido do conglomerado policial-midiático segundo o qual o PT é o partido mais corrupto da historia, a perseguição implacável a Lula deveria despertar uma solidariedade política estratégica. A mensagem é clara aqui: se Lula, com suas concessões pragmáticas, se converteu em inimigo mortal, imagine a maquina de guerra que seria montada contra um hipotético governo muito mais ‘a esquerda? Talvez o tratamento editorial da Globo ao presidente venezuelano Hugo Chaves – o sorriso mal disfarçado dos apresentadores da Globo News com a sua morte – nos dê uma milésima dimensão de como seria o terror midiático a um projeto político radical que as forças mais a’ esquerda do PT defendem e que o Brasil urgentemente precisa.
    Que a imprensa trate Lula como inimigo é explicável e deveria até fazer bem ao ego do ex-presidente. Ter a mídia como inimiga é um termômetro importante. O que não é razoável é o silencio das esquerdas com a violência politica da qual o ex-presidente é vitima, como se os movimentos sociais e os partidos neste espectro políticos não fossem os próximos da fila. Eles virão por nós!
    Não é uma incongruência defender o legado de Lula da Silva e criticar o pragmatismo político que nos trouxe ao momento atual. Tampouco se trata de relativização moral porque o que está em questão aqui não é provar sua inocência. Tarefa inútil. Há neste momento toda uma estrutura estatal, incrivelmente sob o comando do ministro da Justiça do PT, para encontrar um ‘crime’ praticado pelo ex-presidente. Perguntar não ofende: quem de nós sobreviveria a tamanha cruzada policial-midiática? Não me refiro a uma checagem de antecedentes criminais ou a uma varredura em contas no exterior, mas a todo um aparelho policial estatal orientado a encontrar um crime, um arranhão na biografia, um desvio na conduta dos filhos, dos vizinhos, dos amigos.
    Não há tempo a perder. Se há alguma lição a se aprender do julgamento do ‘mensalão’ é que a defesa de Lula da Silva deve acontecer nas ruas e nas mídias sociais porque é perda de tempo lamentar a inimputabilidade tucana sob a plutocracia judiciária. Juízes, promotores e delegados têm alma, classe social e partido político. Senão, como explicar as aberrações jurídicas com assento na suprema corte e com suas retóricas anti-petistas nos e fora dos autos? Leigos nos assuntos legais, eu e meu sobrinho de sete anos sabemos que “não é razoável” que um juiz falastrão utilize suas prerrogativas (e o nosso dinheiro!) para militância político-partidária e que seja endossado pelo silencio ensurdecedor dos seus pares. Mania de perseguição? Nas mãos petistas um cartão corporativo, uma tapioca, uma canoa de lata ou o empréstimo de um sitio em Atibaia têm mais peso policial-midiático do que um apartamento na Avenida Foch, no centro de Paris, um helicóptero com meia tonelada de cocaína, as fraudes do metro paulistano, ou cinco milhões de dólares em bancos suíços.

    A tentativa de assassinato da biografia da figura mais marcante da vida política nacional contemporânea tem um outro significado importante. Com o assassinato politico de Lula abre-se caminho para o desmonte da política soberana do pré-sal e para o retrocesso nas conquistas sociais como o Bolsa Família e as cotas raciais nas universidades publicas. É o que está por trás da violência contra Lula da Silva e é o que deveria nos unir em sua defesa.
    A história haverá de colocar em seus devidos lugares dois presidentes, em dois brasis e com duas trajetórias distintas. Um, (o presidente-sociólogo, poliglota, membro da Academia Brasileira de Letras, descendente de imigrantes portugueses, frequentador dos círculos acadêmicos norte-americanos) levou a cabo um criminoso programa de privatizações do patrimônio público e alienação da soberania nacional. O outro, (o presidente nordestino, metalúrgico, sem formação superior, e sem etiquetas no falar) resgatou a esperança de milhões de brasileiros submetidos à humilhação da fome e da seca. Nossos netos lerão nos livros de história sobre um presidente semi-analfabeto, que abriu as portas do ensino superior para milhões de jovens condenados por um presidente-sociólogo a repetir os passos dos seus pais envelhecendo fora das universidades. A história não poderá apagar o nome do presidente nordestino que, não sendo poliglota como o presidente-sociólogo, inseriu o Brasil como país soberano na cena politica mundial. Talvez quem hoje tenha 20 anos de idade ou nasceu sob o governo do PT não tenha um parâmetro para comparar o que era a vida dos mais pobres uma década. Eu tenho. Como jovem e membro da Pastoral da Criança, durante os últimos resquícios da teologia da libertação no interior da Bahia, eu conheci de perto a fome, a desnutrição e a morte. Pesávamos crianças raquíticas, de pais raquíticos, com salários raquíticos. Era morte produzida pelas politicas sociais do presidente sociólogo e sua turma. Agora eles perseguem a capa do jornal matutino com Lula da Silva algemado. Talvez ganhem a foto, mas perderão o sono. Somos Lula! #‎LulaEuConfio‬‬‬‬‬

  • Chumbão

    Nice de volta na Prefeitura de Jales.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *