CÂMARA APROVA IDADE MENOR PARA APOSENTADORIA DE PROFESSORES. OITO DEPUTADOS PAULISTAS VOTARAM CONTRA

A notícia é do Congresso em Foco:

No terceiro dia de análise dos destaques da reforma da Previdência, a Câmara dos Deputados aprovou regras mais brandas de aposentadoria para os professores que já estão na ativa. Por 465 votos a 25, os parlamentares acataram a proposta do PDT que permite que professores da educação infantil e do ensino básico se aposentem trabalhando cinco anos a menos que o exigido para os demais trabalhadores.

A emenda aprovada nesta sexta-feira (12) reduz a idade mínima dos professores que já estão trabalhando e vão optar pela regra de transição que prevê pedágio de 100% sobre o tempo que falta para se aposentar. De acordo com a nova redação, a idade mínima cai de 58 para 55 anos no caso dos homens e de 55 para 52 anos no caso das mulheres.

Pitaco do blogueiro: Oito deputados federais paulistas votaram contra a aprovação de regras mais brandas para os professores. Eis os nomes:

Adriana Ventura (NOVO)

Alexis Fonteyne (NOVO)

Carla Zambeli (PSL)

Guiga Peixoto (PSL)

Joice Hasselmann (PSL)

Kim Kataguiri (DEM)

Luís Philipe de Orleans e Bragança (PSL)

Vinícius Poit (NOVO)

O tucano Vitor Lippi se absteve.

5 comentários

  • Os professores e a desigualdade! Quem vai pagar?

    Um dos argumentos do governo Jair Bolsonaro a favor da Reforma da Previdência é a construção de um sistema mais justo, igualitário e que acabaria com privilégios.
    Para especialistas que apoiam a maior parte das mudanças, a reforma vai contribuir para reduzir as desigualdades do sistema atual, mesmo que parcialmente. A proposta de aposentadoria dos professores — de trabalhar cinco anos a menos que o exigido para os demais trabalhadores — aumenta a desigualdade e nós vamos pagar
    Para os contrários à proposta, a avaliação é a de que irá prejudicar a maior parte da população que certamente vai pagar para os professores se aposentarem.
    Quando alguns riem, outros choram

  • Professor

    OS IGNORANTES CHORAM ( igual a você ) e os que estudaram e se formaram riem kkkkkkkkkkkkkkk

    BOÇAL.

  • Sérgio

    Calma, essa idade é apenas para àqueles que vão se beneficiar da regra de transição. A idade ainda continua 57 mulheres e 60 homens.

  • Sérgio

    Não custa lembrar: tanto o Bozão quanto estes deputados contrários aos professores tiveram grande votação em Jales. Principalmente entre os professores. Bem feito. Não sabem votar, arquem com as consequências. Lembrando que a inclusão dos Estados e Municipios na reforma da Previdência no Senado através de destaques é evidente. Portanto, os professores estaduais e municipais de Jales que fiquem atento. Pode sobrar para eles tbem. Parabéns professoras minions. Vocês merecem serem aplaudidos de pé.

  • Sérgio

    Há, só para lembrar, VEJA NA CÂMARA QUAIS DEPUTADOS E QUAIS PARTIDOS ESTÃO DEFENDENDO E BRIGANDO PELOS DIREITOS DE VOCÊS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *