CÂMARA TEVE MAIS UMA SESSÃO RELÂMPAGO ONTEM

Sem transmissão via rádio, as sessões da Câmara não estão durando mais que 40 minutos. Ontem, por exemplo, a parte mais demorada foi, novamente, a execução dos hinos, já que a pauta da sessão incluía a votação de apenas um projeto e um requerimento.

O projeto tratava de uma alteração na lei que estabelece o perímetro urbano do município, visando permitir o loteamento da área adquirida pela BVL-X Empreendimentos Imobiliários. E o requerimento pedia informações sobre o asfalto do Jardim Pires de Andrade. 

O assunto mais interessante acabou sendo discutido depois da sessão, quando os vereadores se reuniram com representantes de uma entidade que pretende implantar um projeto de ecoterapia em Jales.

1 comentário

  • anonimo

    Cantar hinos na abertura das sessões ordinárias da Câmara, além de ridículo e enfadonho, enche o saco. Essa palhaçada passou da hora de acabar. Hinos e cerimonial, só nas sessões solenes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *