CASAGRANDE É AMEAÇADO DE MORTE POR CRITICAR JOGADORES FÃS DE BOLSONARO

Deu no DCM:

O Jornal do Commércio, do Recife, publica a notícia de que o ex-jogador Casagrande, comentarista de futebol da TV Globo, recebeu ameaças de morte depois que criticou jogadores Felipe Melo, do Palmeiras, e Jadson, do Corinthians, por declararem publicamente apoio a Jair Bolsonaro. Por causa disso, teve que trocar o número do celular.

Casagrande fez a declaração em maio, em um programa do canal fechado Sportv.

“Vivemos em uma democracia e todo mundo tem o direito de dar sua opinião. Só que tem que dar uma opinião sabendo do que está falando. Pode apoiar qualquer pessoa, qualquer candidato, pode ser a favor de qualquer político, mas a partir do ponto que você vai publicamente e apoia um político, tem que saber por que está apoiando”, disse ele.

E finalizou: ”Não é só falar: ‘Eu apoio esse cara’. Porque você, um ídolo, influencia várias pessoas, e as pessoas vão atrás daquilo que você está falando”.

Nesta semana, o colunista Ancelso Gois, de O Globo, informou que ele havia trocado o número do celular por ter recebido, naquela época, ameaça de morte. Com a publicação da notícia no Jornal do Commercio, ontem, a repercussão foi grande na rede, a partir de um tuíte de Xico Sá, que é de Pernambuco. “Fechado com Casão”, escreveu ele.

4 comentários

  • Morador de Jales

    Esse casa grande é um troxa
    Gambá fdp.
    Olha a emissora q ele trabalha Globo
    Pior emissora só sabe mostrar traveco e gay

  • É bom ele colocar as barbas de molho.Quem apoia o radicalismo-direitista de Bolsonaro é capaz de tudo.

  • Casagrande e a democracia corintiana

    O jogador não citou nomes e não criticou o candidato porem disse que os jogadores deveriam dizer “o porque” apoiam o candidato. Não é só dizer que apoiam.
    Com certeza, faltou concluir o seu pensamento pois ele não falou tudo o que sabe.

  • Felipe Melo e suas encrencas

    Embora bom jogador. Felipe Melo entrará para a história mais pelas violências que cometeu e pelas declarações estapafúrdias que deu.
    Felipe Melo foi expulso quando a seleção brasileira perdia por 2 a 1 para a Holanda na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.
    Felipe Melo, quando chegou ao Palmeiras, disse que poderia, até, dar um tapa na cara de um uruguaio porem arrumou uma briga com os uruguaios e, foi expulso por varios jogos, na Libertadores.
    Posteriormente, no Palmeiras, se recusou a ir para o banco sendo colocado a venda pelo técnico porem teve que voltar a jogar. Técnico foi despedido. Felipe Melo teve culpa?
    Há, ainda, quem veja nas críticas a ele o fato de apoiar Jair Bolsonaro.
    Outra bobagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *