2 comentários

  • Enquanto isso, nós pagamos a conta!

    Enquanto, Toffoli e família, Maia e família, Alcolumbre e família, Mourão e família, Augusto Raz e família, ACM Neto e Família, e por ai vai. O Jornal Nacional de ontem levou um tempão dando a notícia. Eles foram ao Vaticano para a canonização da beata baiana Irmã Dulce. Foram passear em Roma, com o nosso dinheiro.
    Bolsonaro que se considera católico mas levanta a bandeira evangélica na política, não foi à cerimônia de santificação. Porem, para não fazer feio aos católicos, ele foi a Aparecida.
    Alguns consideram a decisão uma forma de agradar sua base evangélica e a primeira-dama. Certamente, os evangélicos o pressionaram a não ir a canonização.
    Bolsonaro perdeu o seu eleitor por isso faz tudo para recuperar o seu eleitorado que mudou de ideia. Quer manter o evangélico ao seu lado. Sabe que a Igreja é petista. Padres, cardeais e bispos fizeram campanha para o Haddad.

  • Thiago

    Ver cristãos flertando com o comunismo quando existe um decreto papal que excomunga automaticamente quem professa essa ideologia, é muito bizarro.

    As ideologias comunistas (exceto a que diz respeito ao aspecto econômico de divisão de renda) é TOTALMENTE ANTI-CRISTÃ.

    Ou o sujeito é cristão ou é comunista, não tem meio-termo.

    É como ser católico e espírita, ou é um ou outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *