3 comentários

  • Enquanto os ricos se salvam...... Os pobres morrem!

    Não há estudos científicos no Brasil sob o uso do Cloroquina. Em nenhum outro país do mundo? Muito estranho isso! Gerou uma discussão politica. É uma questão de vida
    Enquanto isso os ricos se salvam tomando cloroquina prescrita por médicos particulares. Porem os pobres vêem morrendo no SUS porque o Mandetta e o Conselho de Medicina não encontraram nada na literatura. Em dois anos teremos centenas de publicações, mas pra que pressa não é mesmo?
    Vivemos num mundo probabilístico, se o medicamento fizer diferença em 0,01% deve ser usado sob supervisão médica. Médicos vivem em um mundo determinístico de protocolos, pesquisadores no formalismo estatístico de confianças de 95% a 90%.
    A vida precisa aumentar suas chances já ainda que meros 0,01%. Quanto vale uma vida?

  • Gente esse remédio é importado,se pra conseguir um remédio de auto custo na rede pública t que acionar a justiça, já pensou pra muita gente, um remédio importado, se quem vai ter acesso e rico, se pobre depender desse remédio vai morrer no ninho, pobre no Brasil só é lembrado época de política,esse é o motivo da quarentena, proteger os votos ,pobre é galinha de ovos de ouro, prendem os pobres pra não ficar doente pra não ter que gastar com ele, solta um auxílio um auxílio merreca pra enganar os trouxas e o resto vai empurrando com a barriga. Tem muito rico que está levando vida normal, tomaram o remédio, estão imunizado, os políticos também já estão todos imunizados, quem já leu uma notícia que morreu algum politico?

  • Cloroquina não é a salvação

    Certamente, a Cloroquina não é vacina. Mas não tem outro remédio para o vírus. Está sendo vista como salvadora, pelo paciente. Mas não é! Mas se o medico fala isso, já começa a apanhar porque virou uma questão nacional de pressão. Como a medicina não tem um remédio ou uma vacina?
    O principal problema da pandemia tem sido a falta de estrutura das UTIs brasileiras. Não é só ter respirador. Quando o medico intuba um doente, ele fica 15 dias na UTI.
    Vai precisar de fisioterapeuta 24 horas, antibiótico. Muitas vezes, morre de infecção, maus tratos, não tem gente para cuidar, não tem profissional, não tem material.
    A falta de estrutura dos hospitais é o grande problema. Em SP, as pessoas ficarão em casa ou não terá leitos, em uma semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *