1 comentário

  • Caso Queiroz : o filho já sabia! Antes da eleição.

    Depois que Moro saiu do governo acusando Bolsonaro de interferir na policia federal. Bolsonaro mandou o (seu) advogado do governo, processa-lo, no STF para dizer que Moro não tinha provas.
    Moro tinha um video que Bolsonaro não queria mostrar. Moro provou! Mas interferir na PF é crime? Investigação contra Bolsonaro após denúncias de Moro deve virar limonada. Não há como demonstrar que houve crime na investigação pedida a partir da denúncia do video de Moro.
    Embora todos sabemos que ele quer inferir só na PF carioca para proteger seu filho no caso das “rachadinhas” e uso indevido do dinheiro publico. Tambem, sabemos que a PF antecipou a Flávio Bolsonaro que Queiroz seria alvo de operação, antes da eleição.
    Flávio sabia com antecedência que a Operação Furna da Onça, que atingiu Queiroz, seria deflagrada. Um delegado da PF teria segurado a operação, então sigilosa, para que ela não ocorresse no meio do segundo turno, prejudicando assim a candidatura de Bolsonaro.
    Bolsonaro iria perder a eleição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *