CHARGE

Depois de 26 anos caindo, a mortalidade infantil voltou a crescer no Brasil. Além disso, doenças consideradas erradicadas – como sarampo, pólio, difteria e tétano – estão voltando. É uma das heranças que o governo Temer vai deixar. A charge abaixo é do Myrria, publicada no jornal A Crítica, de Manaus.

1 comentário

  • Jornalistas Mequetrefe.

    Oportuna essa charge, para quem não sabe, ou se faz de desentendido, a UBS aqui do meu bairro, tem funcionárias que vão nas residências avisar as mães, solicitar as mesmas que levem seus filhos para tomarem as vacinas, sabe o que acontece ?, as mães, mesmo com todo este trabalho não levam seus filhos, que é no próprio bairro.
    Mesma coisa quando a carreta do Hospital de Amor ficava aqui no bairro, nem 50% das mulheres iam fazer o exame de mama, isso porque é um câncer que mais mata as mulheres, e quando seu diagnóstico é no início tem muitas chances de cura.
    Câncer da próstata, quantos homens que estão lendo esse post neste momento fazem o exame, é o câncer que mais mata os homens, seguido pelo câncer de pele.
    Aí a pessoa vem a óbito o governo é culpado.
    Essas informações podem ser colhidas em qualquer UBS viu SENHORES jornalistas mequetrefe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *