COLUNISTA DO ESTADÃO É CENSURADA E DEMITIDA POR CRITICAR BOLSONARO

Deu na revista Fórum:

A colunista Ruth Manus foi demitida, nesta segunda-feira (12), do Estadão, por ter feito coluna criticando o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

A colunista publicou em sua conta no Facebook, nesta terça-feira (13), texto na terceira pessoa onde explica que, “uma moça chamada Ruth, que escrevia para um grande jornal brasileiro”, em agosto, publicou uma coluna onde “criticava um certo candidato à presidência do país” e, por conta disso, “foi surpreendida com uma ligação do jornal proibindo-a de se manifestar sobre política por prazo indeterminado”.

Ruth afirma que reagiu à proibição e disse à direção do jornal que “caso eles não estivessem dispostos a preservar sua liberdade como colunista, que ficassem à vontade para rescindir o seu contrato”.

Ao final da nota ela afirma: “Quem quiser seguir me acompanhando, será muito bem-vindo na minha página do facebook, no meu instagram, no Observador- jornal português no qual escrevo desde 2016 com total respeito e liberdade- e, futuramente, em outros espaços que façam sentido. Obrigada pelos anos de leituras atentas”.

6 comentários

  • Buuuu

    Isto é só o começo se preparem para o final Facebook, watzap e outros meios de comunicação que nós temos. Se Preparem

  • jumento que vota em bozonaro

    vai tonta, logo no estadão?

  • Liberdade? Só se for na França!

    Os jornalistas petistas não perceberam ainda que o PT perdeu a eleição! Portanto acabou o dinheiro que a mídia recebeu por muitos anos. Agora, vai ter que falar bem de Bolsonaro.
    Tudo é uma questão de “acerto”. Pagando bem que mal tem? Deixa o homem entrar.
    A jornalista, nova, acha que tem liberdade para escrever o que pensa? kkkkk
    Ninguem tem

  • Ai, que peninha de Lula!

    Depois que Moro deixou a operação Lava Jato para virar ministro, o PT correu para pedir novo depoimento para Lula, no caso do terreno do Instituto Lula. A juíza substituta, Gabriela Hardt negou.
    Os advogados estão tentando melar a nomeação de Moro. O PT está com mais medo de Moro. kkkkk
    Depois que Léo Pinheiro detonou o amigo Lula, no caso do sitio de Atibaia. Lula vai ser interrogado pela juíza Gabriela. Certamente, Lula vai pegar mais cadeia. Pode apostar!
    Atenção, senhores militantes da CUT, MST, MTST. e petistas. Vamos a Curitiba, para protestar contra Moro. Não!!!! Agora é a hora e a vez de Gabriela. Ela é contra o PT, também. Aliás, todos são contra.
    FHC, quem diria, não se cansa de lamentar prisão de Lula, permanente insatisfação com decisão do Estado de Direito, na mesma ocasião em que o ministro petista Lewandowski fica desolado com decisão da maioria do povo

  • Thiago

    “jornalistas” parciais, cujo objetivo é mais o interesse próprio que transmitir informações críveis à população, desvirtuando a função bem informar, devem mesmo ser eliminados para que os verdadeiros profissionais do jornalismo não tenham suas imagens maculadas por esses “profissionais” desqualificados, tendenciosos e manipuladores, isso não é jornalismo (ao menos, torço para que não seja).

    O mau profissional não pode ter suas más ações livres da devida punição, à pretexto da liberdade de imprensa.

    Seria como proteger o religioso pedófilo à pretexto da liberdade religiosa.

  • Buuuu

    Isto é o começo da lei da mordaça adeus Facebook,watzap e outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *