CPI DA PETROBRAS: UOL SUBSTITUI MANCHETE QUE CITAVA PROPINA A AÉCIO

uol-aécioEm matéria sobre a acareação entre os delatores Albert Youssef e Paulo Roberto Costa, na CPI da Petrobras, o portal de notícias UOL deu como manchete que eles – os delatores – confirmaram repasse de propinas ao senador Aécio Neves(PSDB).

Minutos depois, a manchete foi trocada e o nome de Aécio foi retirado. Essa proteção ao nome de Aécio não é novidade. Há algum tempo, o Fantástico produziu uma matéria sobre a venda de habeas corpus a traficantes de Minas Gerais.

Os principais envolvidos no esquema eram um sujeito chamado Tancredo Tolentino, conhecido como Quedo, e um desembargador do TJ mineiro, cujo nome não me lembro.

A reportagem do Fantástico, feita pelo repórter Valmir Salaro, tinha mais de 11 minutos e mostrou em detalhes como funcionava o esquema intermediado por Quedo, que colocava em liberdade os traficantes.

Pois bem, apesar dos 11 minutos e de todos os detalhes, quem assistiu a reportagem não ficou sabendo que o tal de Quedo é primo de Aécio e filho de Múcio Tolentino, o dono da fazenda onde Aécio – quando governador de Minas – construiu um aeroporto de R$ 14 milhões.

Não bastasse isso, o governador Aécio e o primo Quedo eram – segundo matéria da revista Época sobre bebidas – sócios em uma Cachaçaria. Querem mais? O desembargador envolvido no esquema foi nomeado por Aécio. Normalmente, o governador nomeia o primeiro de uma lista tríplice apresentada a ele, mas, nesse caso, Aécio nomeou o segundo.

Agora, vocês já imaginaram se o esquema de venda de habeas corpus a traficantes fosse liderado por um primo do Lula? ou por uma vizinha da Dilma? Com certeza, o nome deles seria mencionado a cada minuto da reportagem.

Durante a campanha do ano passado, a reportagem foi misteriosamente retirada do Youtube, mas algum sujeito precavido gravou e a colocou novamente na internet. Se o amigo tiver 11 minutos para perder, o vídeo está aí abaixo:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video  

14 comentários

  • FORA TUDO

    Só fora PT?

  • Os mortos nao falam

    Entrei na pagina citada pelo blog e vi que cita os nomes dos 2 politicos tucanos pois a UOL nao mudou a manchete.
    O delator citou que deram R$ 10 bi para o Sergio Guerra, que ja’ morreu como tambem citou que ouviu o dep. Jose’ Janene (que ja’ morreu) dizer que deu dinheiro de Furnas para o Aecio.
    Parece que essa denuncia e’ requentada pois o STF e a PGR ja’ julgaram esse caso como improcedente porque os mortos nao falam.
    O delator disse que deu R$ 2 mi para o ex ministro Antonio Palocci (PT) para a campanha de Dilma e que havia conhecimento da Dilma e Lula do Petrolao
    Ele deu R$ 1 bi para a ex ministra Gleisi Hoffman (PT) atraves do ex ministro e seu marido, Paulo Bernardo (PT).
    Parece que o delator quis jogar –os politicos do governo e da oposiçao — no fogo e ate’ ressucitou os mortos

  • conversa mole

    Os petistas estao perdendo tempo em publicar fofocas do Aecio, que e’ candidato a candidato a pegar o lugar da Dilma mas este lugar e’ de Michel Temer que ja’ abandonou a articulaçao politica do governo.
    O PMDB ja’ esta’ mandando na politica tanto que Renan Calheiros ja’ mandou a Dilma diminuir o numero de ministros sendo que a Dilma obedeceu.
    Essas fofocas de primo e socio do governador, mafia de habeas corpus, nomeaçao de procurador, fazenda de aeroporto tem no Rio, S.Paulo, Parana’, e ja’ ouvi tantas vezes e nao vira nada
    Se chegar a justiça sera’ arquivado

  • Vidente

    Quis custodiet ipsos custodes?

  • Anônimo

    Toda essa marra contra a Dilma tem uma explicação. Não sei se é porque ela é mulher, se é porque ela é honrada (FHC quem disse) ou se é porque ela é uma mulher honrada. Já foi dito por alguém que um povo corrompido jamais vai aceitar um governante que não seja corrupto. Bem, pelo menos por enquanto, ainda não acusaram a Dilma e o PT pelo fato de ter havido uma queda no ritmo do crescimento econômico Chinês.

  • ESPERAR PARA VER

    AOS COXINHAS——-A CASA CAIU,AGORA NÃO É MAIS SÓ AMIGO DE TRAFICANTE… É TAMBÉM CORRUPTO —-

    A prova do pudim da Lava Jato nas mãos de Janot
    QUA, 26/08/2015 – 09:11

    Todos os jornais impressos esconderam a declaração do doleiro Alberto Yousseff à CPI da Petrobras, de que o senador Aécio Neves recebia US$ 150 mil mensais de Furnas.
    Após o impeachment de Fernando Collor, um jornal se vangloriou de não ter escondido seu passado: a Folha de S.Paulo. Essa atitude ajudou a pavimentar sua reputação pelos anos 90 a fora.
    Agora, todos os jornais brasileiros se calaram, inclusive a Folha. Mesmo depois dos serviços online – que não haviam sido enquadrados – terem dado a notícia que, àquela altura, já tinha transbordado para o mundo.
    A notícia abriu a Top News da Reuters internacional. Seria manchete em qualquer jornal respeitável do mundo. Afinal, um candidato a presidente da República, no passado, recebia dinheiro de corrupção, proveniente de uma estatal. Não se tratava de algum recurso recolhido por um tesoureiro de partido, mas dinheiro direto na conta.
    A delação de Yousseff veio com todas as peças encaixadas: o valor da propina, a destinatária (a irmã de Aécio) e até a empresa que fazia a lavagem do dinheiro (a Bauruense). Os bravos procuradores da Lava Jato teriam levantado essas operações em um dia de trabalho. Bastaria quebrar o sigilo da Bauruense.
    Além disso, na gaveta do PGR repousa um inquérito desde 2010 apontando para lavagem de dinheiro de familiares de Aécio Neves em um banco de Liechenestein. Tinha-se o começo e provavelmente o destino final da propina.
    Mesmo assim, o Procurador Geral da República Rodrigo Janot não endossou a denúncia sustentando estranhamente que dizia respeito a um outro episódio e o delator (o deputado que contou sobre a propina a Yousseff) já ter morrido. Equivale a um jovem procurador que invade um escritório à procura de pistas sobre roubos de eletrônicos, encontra provas de roubos de remédios e deixa de lado porque no momento ele só trabalha com roubos de eletrônicos.
    Janot poderia ter pedido autorização para o STF (Supremo Tribunal Federal) para ao menos investigar a denúncia, garantindo o sigilo nas investigações. Nem isso foi solicitado.
    Qual a lição que se pretende passar?
    A Lava Jato pretende demonstrar que não é apenas mais uma investigação de corrupção, mas a operação que irá mudar o pais. Houve outras investigações na história.
    No início dos anos 50 os IPMs (Inquéritos Policiais Militares) prenderam pessoas próximas a Vargas e colocaram em xeque o próprio poder presidencial, a ponto de criar o clima que levou ao suicídio do presidente. Ficou conhecida na história como uma manobra golpista, não como uma ação virtuosa.
    Em 1963 e 1964, meros delegados de polícia colocavam na cadeia até empresários poderosos ligados a Jango, sob os argumentos mais estapafúrdios: Santo Vahlis, um venezuelano que tentou comprar um jornal no Rio, foi jogado em uma cela sob a acusação de ter escondido seu local de nascimento.
    O anônimo delegado de polícia comprovou que proximidade com o governo não blindava ninguém, com o poder, sim . E sua valentia se devia apenas ao fato de que o poder já mudara de mãos. Ele era apenas um joguete nas mãos do verdadeiro poder.
    A Lava Jato será conhecida na história não pelos poderosos que prendeu, mas pelos poderosos que poupou. Será ou a operação que limpou o Brasil, ou a operação instrumentalizada por um grupo político para desalojar outro grupo político.
    A prova do pudim estará nos intocáveis, os cidadãos do lado de cá, tão acima de qualquer suspeita que não serão sequer investigados mesmo sendo delatados por delatores que mereceram toda a confiança dos procuradores nas delações contra o lado de lá.
    As suspeitas sobre Aécio, agora, correm o mundo, nas asas da Reuters e de outras agências internacionais. Está nas mãos de Janot garantir a reputação internacional da operação que irá marcar para sempre a história do país: se apenas uma operação autorizada pelo poder do lado de cá, ou se uma operação que colocará definitivamente o Ministério Público Federal como avalista de uma nova República.
    Viva o Brasil, a escória agora esta aparecendo aos poucos, mesmo que a mídia golpista e corrupta do Brasil não comentem, mas o mundo todo já sabe dos reais ladrões que por ódio tentam um golpe, que jamais vira, agora só falta FHC, Serra, Aloysio Nunes,Alkimin, Caiado etc…

  • Le

    Vamos comemorar amanha energia sobe novamente p usuários da Elektro uhullllllllllllll… Muita alegria….eu entendo a alegria do petista quando essa notícias pq ai tudo fica igual.. Podem falar eles tbem roubam somos iguais!!!!

  • ESPERAR PARA VER

    OS MORTOS NÃO FALAM—-CONVERSA MOLE——LE—arrumamos uma maneira de vosso ídolo, o Aécio Cheira Cheira não perder o cargo de Senador, mas pedimos também para o LE comemorar também os 53 % de aumento que o Alkimin deu ao Estado de São Paulo, através da Sabesp aos paulistanos , que a mais de seis meses bebem água com barro, mas vamos ao que interessa, sobre o viciado:

    Após denúncia de doleiro em CPI, Aécio se prepara para substituir a si mesmo caso perca o cargo
    Citado pelo doleiro Alberto Youseff na CPI da Petrobras na noite de ontem, o senador Aécio Neves se diz tranquilo quanto ao resultado de possíveis apurações da Polícia Federal.
    “Se eu cair, o povo brasileiro já fez sua escolha: querem que eu assuma. Vou substituir a mim mesmo se ficar provado que recebi dinheiro pela estatal Furnas”, disse Aécio.
    O governador de São Paulo Geraldo Alckmin, pré-pré-candidato a presidente em 2018, reclamou da lentidão da Justiça brasileira. “Não estou me referindo ao caso do senador Aécio Neves, de quem tenho absoluta certeza da lisura e caráter. Mas que foi ele que recebeu a propina, foi”, disse.
    A manobra de assumir caso ele mesmo caia gera polêmica nos círculos jurídicos. “A não ser que ele tenha duas personalidades e a gente não saiba”, disse o jurista Emengardo Sovalhão.
    Já o jurista Petráquio Borba Gato afirma que a Constituição pode salvar Aécio: “Temos pelo menos 40 cláusulas expressas dizendo que é proibido engaiolar tucano no Brasil. A prisão do senador seria inconstitucional.

  • 54 MILHÕES DE BRASILEIROS JÁ SABIAM

    Aos Coxinhas que pertencem a Burguesia Fascista brasileira, a casa, começou a cair-

    Aécio recebeu propina de contratos de Furnas, afirma Youssef.
    Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, também confirmou pagamento a tucanos, em 2009, a Sergio Guerra, e disse também que no governo de FHC, já existia Corrupção.
    O senador Aécio Neves em propaganda partidária do PSDB: ele nega todas as acusações
    O senador Aécio Neves em propaganda partidária do PSDB: ele nega todas as acusações
    Atual presidente dos PSDB, o senador Aécio Neves (MG) teria recebido dinheiro de propina de contratos de Furnas, afirmou Alberto Youssef, nesta terça-feira (25), em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras. O doleiro falou a parlamentares durante a acareação com Paulo Roberto Costa, ex-diretor de abastecimento da estatal, que também citou irregularidades entre os tucanos, mais especificamente em relação a uma de suas ex-lideranças.
    Com dedo em riste, Youssef acusa deputado do PMDB de ameaçá-lo
    Youssef se recusa a revelar nomes de deputados que o ameaçam
    “Fui procurado pelo na época senador Sérgio Guerra e pelo deputado Eduardo da Fonte”, disse Costa, citando o ex-presidente tucano, morto em 2014, que teria recebido dinheiro para abafar investigação da estatal em 2009. “Tiveram, se não me engano, três reuniões, e depois foi pago pela Queiroz Galvão esses R$ 10 milhões para que a CPI naquela época não prosseguisse.”
    Youssef, por sua vez, reafirmou o que já dissera antes sobre a suposta propina paga a Aécio. “A questão de Furnas, eu fiz anexo e está lá”, acusou ele. O deputado Jorge Sola insistiu. “Confirmo por conta do que escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele”, enfatizou o doleiro.
    Youssef foi questionado a respeito de um suposto repasse para o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). Segundo ele, um montante foi enviado a Belo Horizonte, mas ele não soube precisar se o destinatário seria de fato o senador mineiro.
    Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa em acareação na CPI da Petrobras, não fui lá entregar. A mim não foi dito que era para o Anastasia, mas quem foi lá entregar foi o Jaime Careca, só ele pode dizer para quem ele entregou. Eu mesmo recebi um endereço e o nome e mandei ir lá entregar. E esse nome, eu me lembro muito bem, não era Anastasia, tinha um outro nome e um endereço. Fiz inclusive uma notificação ao STF justificando esse depoimento do Jaime (Careca)”, afirmou o doleiro.
    Em nota, o PSDB disse que “as referências feitas ao senador Aécio Neves são improcedentes e carecem de quaisquer elementos que possam minimamente confirmá-las”.
    “Não se tratam de informações prestadas, mas, sim, de ilações inverídicas feitas por terceiros já falecidos, a respeito do então líder do PSDB na Câmara dos Deputados, podendo, inclusive, estar atendendo a algum tipo de interesse político de quem o fez à época”, cita a nota.
    Mas o Deputado esqueceu, que os presos da Lava Jato e as Empresas, foram todos culpados pela Delação premiada de Youssef e Paulo Robeto Costa, ou seja é o velho ditado para o PT é corrupção as doações através de delação premiada, mas para o PSDB e o DEM é legitima, o que nos poderá dizer, o juiz Moro, ele foi comprado ou não? Responda Moro?
    “Na declaração feita hoje, diante da pressão de deputados do PT, Youssef repetiu a afirmativa feita meses atrás: de que nunca teve qualquer contato com o senador Aécio Neves e de que não teve conhecimento pessoal de qualquer ato, tendo apenas ouvido dizer um comentário feito por um terceiro já falecido.”
    CORRUPTOS MOR ( PSDB—DEM ), O PALÁCIO DE BARRO DESMORONOU.

  • Pertubado

    Otario fika brigando por política… Briguem pelo Brasil… Política não existe… #todoscorrupitos

  • 54 MILHÕES DE BRASILEIROS JÁ SABIAM

    PERTUBADO, falando em Otário como vai seu papai.

  • Zóio Aberto

    E o caso do helicóptero com 500 (quinhentos) quilos de pó branco refinado? Sumiu misteriosamente das manchetes dos jornais, do UOL e do Jornal Nacional,etc e tal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *