DATAFOLHA: AVALIAÇÃO NEGATIVA DE BOLSONARO NO ENFRENTAMENTO DA COVID SOBE PARA 50%

Ontem, o Datafolha divulgou parte de sua pesquisa, mostrando que a rejeição ao Bozo subiu de 38% para 43%. Hoje, mais uma boa novidade. A notícia é da agência Reuters:

A avaliação negativa à forma como o presidente Jair Bolsonaro tem atuado no enfrentamento à pandemia do coronavírus subiu para 50% em maio ante 45% em abril, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira, um dia após o Brasil registrar recorde no número diário de casos confirmados de Covid-19.

Segundo o levantamento, publicado pelo jornal Folha de S.Paulo, aqueles que aprovam o desempenho do presidente no âmbito da pandemia permaneceram estáveis em 27%, enquanto 22% disseram considerar a atuação de Bolsonaro regular, ante 25% no mês passado.

O Datafolha mostrou na véspera que a avaliação negativa do governo Bolsonaro subiu de 38% em abril para 43% em maio, atingindo patamar recorde. O levantamento foi realizado nos dias 25 e 26 de maio, portanto após a divulgação quase na íntegra de reunião ministerial no âmbito de inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) que apura suposta interferência política de Bolsonaro na Polícia Federal. 

Com relação à pandemia de coronavírus, que já deixou mais de 26.700 mortos no Brasil, a piora na avaliação do presidente ocorreu após a segunda troca no comando do Ministério da Saúde em menos de um mês, com o pedido de demissão de Nelson Teich em 15 de maio.

Assim como Luiz Henrique Mandetta, a quem substituira em abril, Teich deixou o cargo por discordar de Bolsonaro com relação às medidas de enfrentamento à Covid-19.

O Ministério da Saúde, atualmente comandado de forma interina pelo general Eduardo Pazuello, tem aprovação de 45%, uma forte queda em relação aos 76% de apoio no começo de abril, durante a gestão Mandetta, e também abaixo dos 55% do final do mês passado, com Teich. Ainda assim, a aprovação fica bem acima dos 27% de Bolsonaro.

1 comentário

  • rapizodia

    Qualquer pessoa minimamente sensata já sabe que não deve esperar nada desse governo, é planta estéril, assim como a figueira que Jesus amaldiçoou. É só lastimar e aguardar seu fim, de preferência que seja breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *