DEPUTADO QUE QUEBROU QUADRO NA CÂMARA USA VÍDEO DE POLICIAL DE JALES PARA DIZER QUE É CONTRA O RACISMO

O coronel tem todo o direito de discordar da ideia difundida pelo quadro do chargista Latuff, mas isso não dá a ele, nem a ninguém, o direito de destruir ou de vandalizar o quadro. 

Abaixo, um trecho da notícia sobre a postagem do deputado, que mostra um vídeo feito pelo policial David Rodrigues Menezes, da Polícia Federal de Jales, A notícia completa e o vídeo do policial podem ser vistos no portal da Sputinik:

O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), que ontem quebrou um quadro de uma exposição contra o racismo na Câmara, usou suas redes sociais nesta quarta-feira, 20, para enaltecer a população negra e pedir o fim do racismo. 

No Twitter do parlamentar, foi postado uma foto de uma policial negra, com os dizeres “Respeito pela história. Atitude por um futuro”.

Na véspera da celebração do Dia da Consciência Negra, comemorado hoje, o parlamentar arrancou e pisoteou  o desenho de um jovem negro assassinado e um policial com uma arma na mão. Segundo ele, a imagem desrespeitava os policiais. 

Em outra publicação nas redes sociais de Tadeu, aparece o vídeo de um homem negro, identificado como o policial federal David, elogiando o trabalho legislativo do deputado, com o texto: “Hoje comemoramos o dia da Consciência Negra ‘Say No Racism’. Em nome do meu amigo Policial David, que é negro. Convido a todos a combater o racismo no mundo”. 

Segundo o Atlas da Violência 2019, 75,5% das vítimas de homicídios no país em 2017 foram indivíduos negros.

Alguns parlamentares acionaram o Conselho de Ética da Câmara pela atitude do parlamentar. Um grupo de deputados registrou queixa na Policia Legislativa. Muitos discursaram contra o ato do Coronel Tadeu no plenário da Câmara, assim como usaram as redes sociais para criticar o político do PSL e chamá-lo de racista. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *