EM MANCHETE DE PRIMEIRA PÁGINA, GUARDIAN DIZ QUE O MUNDO DEVE SALVAR O BRASIL DO SUICÍDIO BOLSONARISTA

Deu no Brasil 247:

Em reportagem intitulada “Incêndios na floresta amazônica: líderes globais instados a desviar o Brasil do caminho do ‘suicídio'”, o jornal britânico The Guardian destaca a preocupante devastação da Amazônia no governo Jair Bolsonaro, que sofre cada vez mais pressão da mídia estrangeira. De acordo com a publicação, “a grande maioria dos brasileiros quer proteger a floresta, segundo pesquisas de opinião, mas o governo tem priorizado os interesses comerciais”. 

“Bolsonaro anunciou nesta semana que retomaria os projetos mega-hidrelétricos na Amazônia que foram interrompidos por motivos ambientais. Seu filho propôs uma lei no Congresso que enfraqueceria ainda mais as proteções em torno do território indígena e das reservas naturais”, afirma. 

“O Brasil registrou mais de 72.000 incêndios este ano, um aumento de 84% em relação ao mesmo período de 2018, segundo o INPE. Nem todos eram incêndios florestais, mas mais da metade estava na Amazônia”, reforça o jornal. 

A reportagem destaca que Bolsonaro “tentou desviar a culpa”. “Ele demitiu o chefe da agência espacial e disse que os dados do satélite eram uma mentira. Seu chefe de gabinete alegou que as preocupações ambientais europeias eram uma conspiração para restringir o crescimento econômico do Brasil”, continua.

“Seu ministro das Relações Exteriores twittou que era uma tática da esquerda internacional. Nesta semana, ele sugeriu, sem evidências, que grupos ambientalistas poderiam ter dado início aos incêndios para constranger seu governo. Esta última alegação foi condenada na quinta-feira em uma carta assinada por 118 organizações da sociedade civil”, acrescentou.

2 comentários

  • Crise politica com muitas mentiras

    Um dos obstáculos a impedir uma discussão racional sobre o aumento de queimadas e desmatamento no Brasil está na baixa qualidade da informação —de todos os lados. A Amazônia não é o “pulmão verde” do mundo. A floresta amazônica não produz 20% do oxigênio do mundo.
    Também em nada ajudam palpites que falava em invasão da Amazônia para proteger a floresta. Nem especulações europeias sobre sanções econômicas e comerciais ao Brasil por causa do desmatamento.
    Melou o bilionário acordo do Fundo Amazônia com a Noruega e a Alemanha, que está indo para o buraco (junto com o acordo EU-Mercosul). Faça-se justiça, entretanto: ninguém produz mais falsidades e confusão do que o presidente .
    Na campanha eleitoral, Bolsonaro não se cansou de sinalizar a ruralistas que o Ibama seria manietado. Encheu sua administração de raposas para cuidar do galinheiro ambiental. Atacou a imagem do Brasil perante jornalistas estrangeiros ao chamar de mentirosos dados científicos do INPE, um órgão federal.
    A verdade é que todos os anos, nesta época de seca, a Amazônia incendeia. Todos os presidentes, como Lula, reclamavam a interferência dos presidentes europeus. Virou uma crise politica.
    Os europeus estão preocupados com as riquezas como ouro, petróleo, diamante, etc enterradas na Amazônia e não, com o desmatamento. Sonham em “tomar” a Amazônia do Brasil.
    Mas tudo passa. É só começar o período de chuvas

  • Geraldo Thomaz

    HÁ DOIS MIL ANOS NERO CULPOU OS CRISTÃOS POR ROMA EM CHAMAS , HOJE BOLSONARO CULPA ÍNDIOS E CAMPONESES POR FLORESTA EM CHAMAS
    São os mesmos apoiadores reencarnados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *