ENQUETE: MAIORIA ESTÁ APROVANDO GOVERNO PEDRO CALLADO

alexandre garcia1O blog está iniciando uma nova enquete. Dessa vez, o objetivo é tentar descobrir quais as razões que impedem a gralha agourenta do Alexandre Garcia de citar o nome do J.Hawilla em seus comentários – por sinal, superficiais – sobre a corrupção na Fifa.

Na enquete anterior, os primeiros cem dias do governo Pedro Callado foram aprovados por 35,5% dos leitores, que consideraram a atuação do prefeito ótima/boa. De outro lado, 341 (31,7%) das 1.076 participações julgaram ruins ou péssimos os primeiros cem dias de Callado.

Outros 353 participantes (32,8%) consideraram regular o início do governo Callado. Como os institutos de pesquisa dizem que os votos em “regular” devem ser considerados como aprovação, podemos dizer que a administração Callado está sendo aprovada pela maioria (68,3%).

34 comentários

  • Anônimo

    Que bosta! Falta de assunto. Tanta coisa atormentando a população em Jales.Tenha paciência.

  • anonimo

    Cade a enquete sobre o trabalho dos vereadores de Jales? Que merda vc em Cardosinho?

  • anonimo

    Cardosinho, assim como o Alexandre Garcia, é vc. Porque não quer citar os Vereadores de Jales?

  • CAMARADA MARTINI

    Cardosinho, acho que tem algo errado na enquete do Jornal A Tribuna, sabe porque?

    Como pode o dr. Pedro esta com esse total de aprovação e na Tribuna ele consta em

    segundo, Especiato perto em terceiro, depois vem Viola seguido depois com Nice e o

    Garça com menos de 1%.

  • Dr. Pedro GoGó

    Regular quer dizer nem bom, nem ruim, tá tudo igua, mema coisa, não muda nada… Ah Alias Cardosinho tirei um printe (cópia visual), da enquete sua. Estranho não acha sumir os votos do regular, aparecer mais pra ótimo e bom, é logico que se somar fica evidente, como pode presumir uma coisa assim, enquanto regular teve 33% com 348 perto de 350. Fica tranquilo cardosinho, tirei uma printe da matéria que vc postou e da enquete e detalhe, com data….rsrsrs sabe o que isso significa, que este bloguinho retirou votos do regular….. acho que vou postar isso no faceboooKKK… no qual agora tem 326 votos, que piada esse bloguinho miseravel…. então muitos assim poderam ver rápidamente a manipulação e a outra enquetinha também estranho o pequenes subir tão rapido assim….. pois todos sabemos que o Flá tá disparara e o pequenes tem em pesquisas reais 13% e a ex-prefeita entre 17 e 20 na margem de erro….

    treta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….tretatreta….treta….

  • É melhor não começar a falar…
    Por que se for investigar as obras da copa, mais uma onda de escândalos!
    Como disse Jack, o estripador, vamos por partes…resolve um, pula para o outro escândalo.

  • ORLANDO MATHEUS

    Dr Pedro Manoel Callado Moraes tem conduzido o município de Jales com muita eficiência , são poucos dias de administração até aqui , mas com muita desenvoltura , acho precoce realizar pesquisas agora tão cedo , eu tenho certeza que ele tem total capacidade para ser um ótimo Prefeito em meio a uma crise violenta com repasses diminuídos e dinheiro escasso , eu acho que ele merece os parabéns de todos nós , uma coisa é fato ; por hora ele e sua equipe estão dando conta do recado !!! Meus parabéns a todos !!!

    • Dono de farmacia

      Caro Orlando, você nãotem me visitado ultimamente. Quanto esta enquete grande blogueiro, deve ter algum engano !!!! O sr prefeito ainda não mostrou a que veio, a não ser viajar e encaixar os seus. Tenho muito apreço pelo BLOG mas… Repito, esta enquete esta me causando muita dúvida. Tenha um bom dia. Abraço Orlando.

    • Desenvoltura ele mostrou que tem desde quando ele n quis assumir a candidatura de prefeito pq sabia que a cidade estava em péssimas condições e se queimaria logo de cara como aconteceu com com a finada,jogou ela na fogueira , ficou posando de assistente no camarote até chegar a sua vez, agora é só assumir que Jales está na bosta, e esperar pra fazer promessas o ano que vem , só quem é trouxa cai nessa.

  • Desempregado

    ACESSE O LINK ABAIXO, CLICK NO NOME DO DEPUTADO FAUSTO PINATO, E VEJA TODOS OS QUE ESTÃO MAMANDO NAS TETAS DO SEU MANDATO

    http://www2.camara.leg.br/transparencia/recursos-humanos/quadro-remuneratorio/consulta-secretarios-parlamentares/layouts_transpar_quadroremuner_consultaSecretariosParlamentares

    INCLUSIVE O PEDRINHO REI DO CAMAROTE

  • totó QUE VAI PEGAR O GOGÓ

    DR.PEDRO GOGÓ VOCÊ É BURRO NÃO ENTENDE NADA DE PESQUISA IDIOTA APRENDA A SOMAR ANTES DE CRITICAR NOSSO BLOGUEIRO.

    • DR. Pedro GoGó

      Ao estimado totó que vai pegar Gogó, a soma da enquete é automática logo quando vota. Não há o que discustir quem é o mais idiota nisso….

  • botelho pinto

    cardosinho, nenhuma noticia d fonte? e nenhuma noticia , nenhuma entrevista do prefeito sobre a situação caótica da joao amadeu e francisco jalles?? meu deus, vou mudar pra palmeira doeste

  • Imprensa livre

    O prefeito fez acordo com a camara e os seus funcionarios (leia-se sindicato) pois assim esta’ administrando, com tranquilidade.
    Ele sabe que precisa recuperar o asfalto e que para isto precisa de dinheiro que devem vir da boa relaçao com deputados. Portanto tem que correr atras deles.
    Se ele conseguir isso, ele devera’ se reeleger para prefeito se, a lei permitir.
    Sobre o FIFAO, o jornalista e a Globo tem direito de falar de que eles quizerem e ate’ se omitirem do J. Hawilla. assim como esse blog nao comenta sobre os escandalos do PT/Lula/Dilma.
    Cada um escreve o que quizer

    • DR. Pedro GoGó

      Um detalhe importantissimo, se é que estou bem informado, COM A NOVA LEI QUE PROIBI REELEIÇÕES NO BRASIL. PRESIDENTE, GOVERNOS, para cargos executivos dentre outros. provavelmente a coluna deste bloguinho com a enquete foi realizada provalvelmente mas pra barulho do que resultados. Baseando-se nisso o atual prefeito do Partido Sociedade Dengue e Blecalte ( PSDB) não poderá concorrer a reeleição, deixando o caminho mais livre ainda pro Blá Blá Blá.

      Que coisa hein… acho que ninguém dos tucanos táva imaginado essa, até o blogueiro. Que pena, poderemos não ter reeleição em Jales…..

  • Dr. Pedro Callado aparenta e age de forma a ter honra ilibada!
    A Ungida ficou tempo demais para mostrar a população da cidade que votou nela, sua arrogância, incompetência e nepotismo.
    Acredito que ainda temos que dar tempo ao prefeito, porque na situação que ele encontrou a prefeitura, não vai ser da noite para o dia, que os problemas serão resolvidos.
    E que o ministério público caia em cima dos devaneios da ungida, para que ela pague o mal que causou a cidade, a Casa da Criança, etc…

  • Tucano abandonado

    Cardosinho, o que o nobre amigo está esperando para publicar o abacaxi que o deputado amiguinho do Dr Pedro Callado, Falso Pinato, está descascando lá pelos lados do STF?

    Crimes de falso testemunho e denunciação caluniosa.

    Tá aí pra quem quiser ver

    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=4713184

  • Tucano abandonado

    Narra a denúncia que Edilberto Donizeti Pinato e seu filho
    Fausto Ruy Pinato (atualmente Deputado Federal) deram causa a
    investigação policial em que imputavam os crimes de injúria e difamação
    a Jurandir de Oliveira da Silva, mesmo sabendo de sua inocência. Para o
    sucesso da empreitada, Fausto teria convencido João Paulo de Jesus
    (mediante o oferecimento do cargo de assessor de campanhas políticas) e
    José Nunes (brigado com a vítima) a testemunharem contra Jurandir.
    Houve homologação da transação penal e os denunciados Fausto e
    Edilberto Donizeti resolveram ajuizar ação de danos morais contra
    Jurandir, no entanto, as testemunhas João e José se retrataram,
    confessando que haviam mentido antes. (fls. 192/196)

  • CADETE

    [email protected],acabaste de provar para mim e também para os blogueiros,que és um analfabeto politico e quando não tem mais argumentos, mesmo que estes sejam,só besteira,por seres um Burgues Capitalista e Fascistas,sem Ideologia Politica Partidária,tendo como únicos objetivos, criticar os governos de Lula e Dilma,foge dos assuntos,como fez anteriormente em outra discussão sobre o SUS e agora vem dizer que não é bom, começar a falar das corrupções do governo do PT(que até agora não se chegou e nem vai chegar,onde os Coxinhas querem; Lula e Dilma),mas sim Investigar um escanda-lo por vez , eu lhe convido para Investigarmos os 30 primeiros Escanda-lo do Governo do Corrupto e Ladrão FHC, e discutirmos sobre os mesmos,se é que tem capacidade, eis os escanda-los:—-

    1 – Conivência com a corrupção:—
    O governo do PSDB tem sido conivente com a corrupção. Um
    dos primeiros gestos de FHC ao assumir a Presidência, em 1995, foi extinguir, por decreto, a Comissão Especial de Investigação, instituída no governo Itamar Franco e composta por representantes da sociedade civil, que tinha como objetivo
    combater a corrupção. Em 2001, para impedir a instalação da CPI da Corrupção, FHC criou a Controladoria-Geral da União, órgão que se especializou em abafar denúncias.
    1995. Quebra do monopólio da PETROBRÁS. Pouco se lixando para a crescente importância estratégica do petróleo, Fernando Henrique Cardoso usou seus rolo compressor para forçar o Congresso Nacional a quebrar o monopólio estatal do petróleo, instituído há 42 anos. Na comemoração, Cardoso festejou dizendo que essa era apenas mais uma das “reformas” que o país precisava fazer para se modernizar.
    2 – O escândalo do Sivam:—
    O contrato para execução do projeto Sivam foi marcado por escândalos. A empresa Esca, associada à norte-americana Raytheon, e responsável pelo gerenciamento do projeto, foi extinta por fraudes contra a Previdência. Denúncias de tráfico de influência derrubaram o embaixador Júlio César dos Santos e o ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Mauro Gandra.
    3 – A farra do Proer:—
    1995. O inesquecível PROER: Em 1995 o ex-presidente Cardoso deu uma amostra pública do seu compromisso com o capital financeiro e, na calada de uma madrugada de um sábado em novembro de 1995, assinou uma medida provisória instituindo o PROER, um programa de salvação dos bancos que injetou 1% do PIB no sistema financeiro – um dinheiro que deixou o sofrido Tesouro Nacional para abastecer cofres privados, começando pelo Banco Nacional, então pertencente a família Magalhães Pinto, da qual um de seus filhos era agregado. Segundo os ex-presidentes do Banco Central, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, a salvação dos bancos engoliu 3% do PIB, um percentual que, segundo economistas da Cepal, chegou a 12,3%.
    O Proer demonstrou, já em 1996, como seriam as relações do governo FHC com o sistema financeiro. Para FHC, o custo do programa ao Tesouro Nacional foi de 1% do PIB. Para os ex-presidentes do BC, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, atingiu 3% do PIB. Mas para economistas da Cepal, os gastos chegaram a 12,3% do PIB, ou R$ 111,3 bilhões, incluindo a recapitalização do Banco do Brasil, da CEF e o socorro aos bancos estaduais.
    4 – Caixa-dois de campanhas:—
    As campanhas de FHC em 1994 e em 1998 teriam se beneficiado de um esquema de caixa-dois. Em 1994, pelo menos R$ 5 milhões não apareceram na prestação de contas entregue ao TSE. Em 1998, teriam passado pela contabilidade paralela R$ 10,1 milhões.
    1996. Engavetamento da CPI dos Bancos. Disposto a controlar a crise aberta pelas suspeitas sobre o sistema financeiro, o presidente Fernando Henrique Cardoso ameaçou e “convenceu” as lideranças do Senado a engavetar os requerimentos para instalação de uma CPI sobre os bancos. Em compensação, o ministério da Fazenda se comprometeu (e nunca cumpriu) a prestar contas ao Senado sobre o PROER. Decepcionada, a CNBB distribuiu nota dizendo não ser justo “que se roube o pouco dinheiro de aposentados e trabalhadores para injetar no sistema financeiro, salvando quem já está salvo ou já acumulou riquezas através da fraude e do roubo”.
    5 – Propina na privatização:—
    A privatização do sistema Telebrás e da Vale do Rio Doce foi marcada pela suspeição. Ricardo Sérgio de Oliveira, ex-caixa de campanha de FHC e do senador José Serra e ex-diretor da Área Internacional do Banco do Brasil, é acusado de pedir propina de R$ 15 milhões para obter apoio dos fundos de pensão ao consórcio do empresário Benjamin Steinbruch, que levou a Vale, e de ter cobrado R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar.
    1996. Modificação na lei de Patentes. Cedeu em tudo que os EUA queriam e, desdenhando às súplicas da SBPC e universidades, Fernando Henrique Cardoso acionou o rolo compressor no Congresso e alterou a Lei de Patentes, dando-lhe um caráter entreguista e comprometendo o avanço científico e tecnológico do país.
    6 – A emenda da reeleição:—
    O instituto da reeleição foi obtido por FHC a preços altos. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Os deputados foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara.
    1996. Escândalo do SIVAM | : O projeto SIVAM foi associado a um superescândalo que redundou na contratação da empresa norte-americana Raytheon, depois da desqualificação da brasileira Esca (uma empresa que acomodava “amigos dos amigos” e foi extinta por fraudes contra a Previdência). Significativamente, a Raytheon encomendou o gerenciamento do projeto à E-Systems – conhecido braço da CIA. Até chegar a Raytheon, o mondé foi grande. Conversas gravadas apontavam para o Planalto e, preferindo perder os anéis para não perder os dedos, Cardoso demitiu o brigadeiro Mauro Gandra do ministério da aeronáutica e o embaixador Júlio César dos Santos da chefia do seu cerimonial. Depois, como prêmio pela firmeza como guardou o o mertá, Júlio César foi nomeado embaixador do país no México.
    7 – Grampos telefônicos:—
    Conversas gravadas de forma ilegal foram um capítulo à parte no governo FHC. Durante a privatização do sistema Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas de Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do BNDES, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende. Até FHC entrou na história, autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil.
    1997. A emenda da reeleição: O instituto da reeleição foi comprado pelo presidente Cardoso a um preço estratosférico para o tesouro nacional. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Os deputados foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara.
    8 – TRT paulista:*—
    A construção da sede do TRT paulista representou um desvio de R$ 169 milhões aos cofres públicos. A CPI do Judiciário contribuiu para levar o juiz Nicolau dos Santos Neto, ex-presidente do Tribunal, para a cadeia e para cassar o mandato do Senador Luiz Estevão (PMDB-DF), dois dos principais envolvidos no caso.
    Subserviência internacional: Um único exemplo: ao visitar a embaixada norte-americana, em Brasília, para apresentar a solidariedade do povo brasileiro aos EUA por ocasião dos atentados de 11 de setembro de 2001, Cardoso e seu ministro do exterior, Celso Lafer, levaram um chá de cadeira de 40 minutos e só foram recebidos após passarem por uma revista que lhes fez até tirar os sapatos.
    9 – Os ralos do DNER:—
    O DNER foi o principal foco de corrupção no governo de FHC. Seu último avanço em matéria de tecnologia da propina atende pelo nome de precatórios. A manobra consiste em furar a fila para o pagamento desses títulos. Estima-se que os beneficiados pela fraude pagavam 25% do valor dos precatórios para a quadrilha que comandava o esquema. O órgão acabou sendo extinto pelo governo.
    1998. O escândalo da privatização (1): A privatização do sistema Telebrás e da Vale do Rio Doce foi marcada pela suspeição. O ex-caixa de campanha de Fernando Henrique Cardoso e de José Serra, um tal Ricardo Sérgio de Oliveira, que depois foi agraciado com a diretoria da Área Internacional do Banco do Brasil, não conseguiu se defender das acusações de pedir propinas para beneficiar grupos interessados no programa de privatização. O mala-preta de Cardoso teria pedido R$ 15 milhões a Benjamin Steinbruch para conseguir o apoio financeiro de fundos de pensão para a formação de um consórcio para arrematar a cia. Vale do Rio Doce e R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar.
    10 – O “caladão”:—
    O Brasil calou no início de julho de 1999 quando o governo
    FHC implementou o novo sistema de Discagem Direta a Distância (DDD).Uma panegeral deixou os telefones mudos. As empresas que provocaram o caos no sistemahaviam sido recém-privatizadas. O “caladão” provocou prejuízo aos consumidores,às empresas e ao próprio governo. Ficou tudo por isso mesmo.
    1998. O escândalo da privatização (2): Grampos instalados no BNDES pescaram conversas entre Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do BNDES, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende, nos leilões que se seguiram ao esquartejamento da TELEBRÁS. O grampo detectou a voz do ex-presidente Cardoso autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil.
    11 -Desvalorização do real:—
    FHC se reelegeu em 1998 com um discurso que pregava “ou eu ou o caos”. Segurou a quase paridade entre o real e o dólar até passar o pleito. Vencida a eleição, teve de desvalorizar a moeda. Há indícios de vazamento de informações do Banco Central. O deputado Aloizio Mercadante, do PT, divulgou lista com o nome dos 24 bancos que lucraram muito com a mudança cambial
    e outros quatro que registraram movimentação especulativa suspeita às vésperas do anúncio das medidas.
    1999. O caso Marka/FonteCindam: Durante a desvalorização do real, em janeiro de 1999, os bancos Marka e FonteCindam foram graciosamente socorridos pelo Banco Central com R$ 1,6 bilhão, sob o pretexto de que sua quebra criaria um “risco sistêmico” para a economia. Enquanto isso, faltava dinheiro para saúde, educação, desenvolvimento científico e tecnológico
    12 – O caso Marka/FonteCindam:—
    Durante a desvalorização do real, os bancos Marka e FonteCindam foram socorridos pelo Banco Central com R$ 1,6 bilhão. O pretexto é que a quebra desses bancos criaria risco sistêmico para a economia. Chico Lopes, ex-presidente do BC, e Salvatore Cacciola, ex-dono do Banco Marka, estiveram presos, ainda que por um pequeno lapso de tempo. Cacciola retornou à sua Itália natal, onde vive tranqüilo.
    2000. O fiasco dos 500 anos: O Brasil completou seu 500º aniversário sem uma festa decente. Em nome da contenção de gastos determinado pelo FMI, Cardoso proibiu as comemorações, que ficaram reduzidas às armações do então ministro do Esporte e Turismo, Rafael Greca. O fiasco foi total. Índios e sem-terra foram agredidos pela polícia porque tentaram festejar a data em Porto Seguro. De concreto mesmo, ficou uma caravela que passou mais tempo viajando do Rio de Janeiro até a Bahia do que a nau que trouxe Pedro Álvares Cabral de Portugal até o Brasil em 1500 e um stand superfaturado na Feira de Hannover. A caravela deve estar encostada em algum lugar por aí e Paulo Henrique Cardoso, filho do presidente, está respondendo inquérito pelo superfaturamento da construção do stand da Feira de Hannover.
    13 – Base de Alcântara:—
    O governo FHC enfrenta resistências para aprovar o acordo de cooperação internacional que permite aos Estados Unidos usarem a Base de Lançamentos Espaciais de Alcântara (MA). Os termos do acordo são lesivos aos interesses nacionais. Exemplos: áreas de depósitos de material americano serão interditadas a autoridades brasileiras. O acesso brasileiro a novas tecnologias fica bloqueado e o acordo determina ainda com que países o Brasil pode se relacionar nessa área. Diante disso, o PT apresentou emendas ao tratado – todas acatadas na Comissão de Relações Exteriores da Câmara.
    2001. Racionamento de energia: A imprevidência do governo Cardoso, completamente submisso às exigências do FMI, suspendeu os investimentos na produção de energia e o resultado foi o apagão no setor elétrico. O povo atendeu a campanha de economizar energia e, como “prêmio”, teve as tarifas aumentadas para compensar as perdas de faturamento das multinacionais que compraram as distribuidoras de energia nos leilões de desnacionalização do setor. Uma medida provisória do governo Cardoso transferiu o prejuízo das distribuidoras para os consumidores, que lhes repassaram R$ 22,5 bilhões.
    14 – Biopirataria oficial:—
    Antigamente, os exploradores levavam nosso ouro e pedras preciosas. Hoje, levam nosso patrimônio genético. O governo FHC teve de rever o contrato escandaloso assinado entre a Bioamazônia e a Novartis, que possibilitaria a coleta e transferência de 10 mil microorganismos diferentes e o envio de cepas para o exterior, por 4 milhões de dólares. Sem direito ao recebimento de royalties. Como um único fungo pode render bilhões de dólares aos laboratórios farmacêuticos, o contrato não fazia sentido. Apenas oficializava a biopirataria.
    2001. Acordo de Alcântara: Em abril de 2001, à revelia do Congresso Nacional, o governo Cardoso assinou um “acordo de cooperação internacional” que, na prática, transfere o Centro de Lançamento de Alcântara para os EUA. O acordo ainda não foi homologado pelo Congresso graças à resistência da sociedade civil organizada.
    Acordos com FMI: Em seus oito anos de mandato, Fernando Henrique Cardoso enterrou a economia do país. Para honrar os compromissos financeiros, precisou fazer três acordos com o FMI, hipotecando o futuro aos banqueiros. Por trás de cada um desses acordos, compromissos que, na prática, transferiram parte da administração pública federal para o FMI. Como resultado, o desemprego, o arrocho salarial, a contenção dos investimentos públicos, o sucateamento da educação e saúde, a crise social, a explosão da criminalidade.
    15 – O fiasco dos 500 anos:—
    As festividades dos 500 anos de descobrimento do Brasil, sob coordenação do ex-ministro do Esporte e Turismo, Rafael Greca (PFL-PR), se transformaram num fiasco monumental. Índios e sem-terra apanharam da polícia quando tentaram entrar em Porto Seguro (BA), palco das comemorações. O filho do presidente, Paulo Henrique Cardoso, é um dos denunciados pelo Ministério Público de participação no epísódio de superfaturamento da construção do estande brasileiro na Feira de Hannover, em 2000.
    Planalto, TRT de São Paulo e cercanias: O famoso Eduardo Jorge Caldas, ex-secretário-geral da Presidência, um dos mais eficazes “gerentes financeiros” da campanha de reeleição de Fernando Henrique Cardoso, se empenhou vivamente no esquema de liberação de verbas para o TRT paulista. As maus línguas ainda falam em superfaturamento no Serpro, lobby para empresas de informática, ajuda irregular à Encol e manipulação de recursos dos fundos de pensão na festa das privatizações.
    16 – Eduardo Jorge, um personagem suspeito:—
    Eduardo Jorge Caldas, ex-secretário-geral da Presidência, é um
    dos personagens mais sombrios que freqüentou o Palácio do Planalto na era FHC. Suspeita-se que ele tenha se envolvido no esquema de liberação de verbas para o TRT paulista e em superfaturamento no Serpro, de montar o caixa-dois para a reeleição de FHC, de ter feito lobby para empresas de informática, e de manipular recursos dos fundos de pensão nas privatizações. Também teria tentado impedir a falência da Encol.
    Autoritarismo: Passando por cima do Congresso Nacional, Fernando Henrique Cardoso burlou o espírito da constituição e administrou o país com base em medidas provisórias, editadas e reeditadas sucessivamente. Enquanto os presidentes José Sarney e Fernando Collor, juntos, editaram e reeditaram 298 MP’s, Cardoso exerceu o poder de forma autoritária, editando mais de 6.000 medidas provisórias.
    17 – Drible na reforma tributária:—
    O PT participou de um acordo, do qual faziam parte todas as bancadas com representação no Congresso Nacional, em torno de uma reforma tributária destinada a tornar o sistema mais justo, progressivo e simples. A bancada petista apoiou o substitutivo do relator do projeto na Comissão Especial de Reforma Tributária, deputado Mussa Demes (PFL-PI). Mas o ministro da Fazenda, Pedro Malan, e o Palácio do Planalto impediram a tramitação.
    O escândalo dos computadores: A idéia de equipar as escolas públicas com 290 mil computadores se transformou numa grande negociata com a completa ignorância da Lei de Licitações. Não satisfeito, o governo Cardoso fez mega-contrato com a Microsoft para adoção do sistema Windows, uma manobra que daria a Bill Gates o monopólio do sistema operacional das máquinas. A Justiça e o Tribunal de Contas da União suspenderam o edital de compra e a negociata está suspensa.
    18 – Rombo transamazônico na Sudam:—
    O rombo causado pelo festival de fraudes transamazônicas na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, a Sudam, no período de 1994 a 1999, ultrapassa R$ 2 bilhões. As denúncias de desvios de recursos na Sudam levaram o ex-presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) a renunciar ao mandato. Ao invés de acabar com a corrupção que imperava na Sudam e colocar os culpados na cadeia, o presidente Fernando Henrique Cardoso resolveu extinguir o órgão. O PT ajuizou ação de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal contra a providência do governo.
    Mudanças na CLT: Fernando Henrique Cardoso usou seu rolo compressor na antiga Câmara dos Deputados para aprovar um projeto que “flexibiliza” a CLT, ameaçando direitos consagrados como férias, décimo terceiro salário e licença maternidade. Graças à pressão da sociedade civil o projeto estancou no senado.
    19 – Os desvios na Sudene:—
    Foram apurados desvios de R$ 1,4 bilhão em 653 projetos da
    Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste, a Sudene. A fraude consistia na emissão de notas fiscais frias para a comprovação de que os recursos recebidos do Fundo de Investimentos do Nordeste (Finor) foram aplicados. Como no caso da Sudam, FHC decidiu extinguir o órgão. O PT também questionou a decisão no Supremo Tribunal Federal.
    Explosão da dívida pública: Quando Cardoso assumiu a presidência da República, em janeiro de 1995, a dívida pública interna e externa era de R$ 153,4 bilhões. Outro dia, em abril de 2002, essa dívida já era de R$ 684,6 bilhões. Hoje, a dívida alcança 61% do PIB.
    20 – Calote no Funde:—
    O governo FHC desrespeita a lei que criou o Fundef. Em 2002, o valor mínimo deveria ser de R$ 655,08 por aluno/ano de 1ª a 4ª séries e de R$ 688,67 por aluno/ano da 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e da educação especial. Mas os valoresestabelecidos ficaram abaixo: R$ 418,00 e R$ 438,90, respectivamente. O calote aos estados mais pobres soma R$ 11,1 bilhões desde 1998.
    Violação aos direitos humanos: Exemplo: em 1996, o Brasil ganhou as manchetes mundiais pelo chamado “Massacre Eldorado do Carajás”, no qual 19 sem-terra foram assassinados no sul do Pará.
    21 – Abuso de MPs:—
    Enquanto senador, FHC combatia com veemência o abuso nas edições e reedições de Medidas Provisórias por parte José Sarney e Fernando Collor. Os dois juntos editaram e reeditaram 298 MPs. Como presidente, FHC cedeu à tentação autoritária. Editou e reeditou, em seus dois mandatos, 5.491medidas.
    Explosão da violência:Fernando Henrique Cardoso transformou o Brasil num país super violento. Na última década, o número de assassinatos subiu quase 50%. Pesquisa feita pela Unesco em 60 nações colocou o Brasil no 3º lugar no ranking dos países mais violentos. Ao final do mandato do presidente Cardoso, cerca de 45 mil pessoas são assassinadas anualmente no Brasil.
    22 – Acidentes na Petrobras:—
    Por problemas de gestão e falta de investimentos, a Petrobras
    protagonizou uma série de acidentes ambientais no governo FHC que viraram notícia no Brasil e no mundo. A estatal foi responsável pelos maiores desastres ambientais ocorridos no País nos últimos anos. Provocou, entre outros, um grande vazamento de óleo na Baía de Guanabara, no Rio, outro no Rio Iguaçu, no Paraná. Uma das maiores plataformas da empresa, a P-36, afundou na Bacia de Campos, causando a morte de 11 trabalhadores. A Petrobras também ganhou manchetes com os acidentes de trabalho em suas plataformas e refinarias que ceifaram a vida de centenas de empregados.

    Renda em queda e desemprego em alta: A Era FHC foi marcada pelos altos índices de desemprego e baixos salários.
    23 – Apoio a Fujimori:—
    O presidente FHC apoiou o terceiro mandato consecutivo do corrupto ditador peruano Alberto Fujimori, um sujeito que nunca deu valor à democracia e que fugiu do País para não viver os restos de seus dias na cadeia. Não bastasse isso, concedeu a Fujimori a medalha da Ordem do Cruzeiro do Sul, o principal título honorário brasileiro. O Senado, numa atitude correta, acatou sugestão apresentada pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR) e cassou a homenagem.
    Desenvolvimento Humano. Segundo o Human Development Report 2001 (ONU), o Brasil ficou na 69ª posição, atrás de países como Eslovênia (29º posição), Argentina (34º posição), Uruguai (37º posição), Kuwait (43º posição), Estônia (44º posição), Venezuela (61º posição) e Colômbia (62º posição).
    24 -Desmatamento na Amazônia:—
    Por meio de decretos e medidas provisórias, o governo FHC desmontou a legislação ambiental existente no País. As mudanças na legislação ambiental debilitaram a proteção às florestas e ao cerrado e fizeram crescer o desmatamento e a exploração descontrolada de madeiras na Amazônia. Houve aumento dos focos de queimadas. A Lei de Crimes Ambientais foi modificada para pior.
    25 – Os computadores do FUST:—
    A idéia de equipar todas as escolas públicas de ensino médio com 290 mil computadores se transformou numa grande negociata. Os recursos para a compra viriam do Fundo de Universalização das Telecomunicações, o Fust. Mas o governo ignorou a Lei de Licitações, a8.666. Além disso, fez megacontrato com a Microsoft, que teria, com o Windows, o monopólio do sistema operacional das máquinas, quando há softwares que poderiam ser usados gratuitamente. A Justiça e o Tribunal de Contas da União suspenderam o edital de compra e a negociata está suspensa.
    26 – Arapongagem:—
    O governo FHC montou uma verdadeira rede de espionagem para vasculhar a vida de seus adversários e monitorar os passos dos movimentos sociais. Essa máquina de destruir reputações é constituída por ex-agentes do antigo SNI ou por empresas de fachada. Os arapongas tucanos sabiam da invasão dos sem-terra à propriedade do presidente em Buritis, em março deste ano, e o governo nada fez para evitar a operação. Eles foram responsáveis também pela espionagem contra Roseana Sarney.
    27 – O esquema do FAT:—
    A Fundação Teotônio Vilela, presidida pelo ex-presidente do PSDB, senador alagoano Teotônio Vilela, e que tinha como conselheiro o presidente FHC, foi acusada de envolvimento em desvios de R$ 4,5 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Descobriu-se que boa parte do dinheiro, que deveria ser usado para treinamento de 54 mil trabalhadores do Distrito Federal, sumiu. As fraudes no financiamento de programas de formação profissional ocorreram em 17 unidades da federação e estão sob investigação do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Ministério Público.
    28 – Mudanças na CLT:—
    A maioria governista na Câmara dos Deputados aprovou, contra o voto da bancada do PT, projeto que flexibiliza a CLT, ameaçando direitos consagrados dos trabalhadores, como férias, décimo terceiro e licença maternidade. O projeto esvazia o poder de negociação dos sindicatos. No Senado, o governo FHC não teve forças para levar adiante essa medida anti-social.
    29 – Obras irregulares:—
    Um levantamento do Tribunal de Contas da União, feito em 2001, indicou a existência de 121 obras federais com indícios de irregularidades graves. A maioria dessas obras pertence a órgãos como o extinto DNER, os ministérios da Integração Nacional e dos Transportes e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas. Uma dessas obras, a hidrelétrica de Serra da Mesa, interior de Goiás, deveria ter custado 1,3 bilhão de dólares. Consumiu o dobro.
    30 – Explosão da dívida pública:—
    Quando FHC assumiu a Presidência da República, em janeiro de 1995, a dívida pública interna e externa somava R$ 153,4 bilhões. Entretanto, a política de juros altos de seu governo, que pratica as maiores taxas do planeta, elevou essa dívida para R$ 684,6 bilhões em abril de 2002, um aumento de 346%. A dívida já equivalia em 2001, preocupantes 54,5% do PIB.
    Caro puxa saco tenho muito mais assuntos do Governo do Crápula do FHC, que ´politicamente é uma besta e a unica coisa que quer é afundar o Brasil e o Lula,pois este Imbecil tem Ódio e Inveja do futuro Presidente da República em 2018 e o Candidato derrotado, nada mais é que um Traficante e viciado no pó branquinho.
    E não precisa puxar o saco do Dr. Pedro Calado,pois o que o mesmo fez nestes meses, a Ungida não fez em 2 anos e só deixar o homem trabalhar.
    Estou preparado,para discutirmos politica principalmente pelo Roubo que alguns médicos brasileiros estão fazendo no SUS,por esse país a fora,por isso não há dinheiro que aguente,pois a União faz o repasse para o Governo Estadual, que deveria repassar para os Municípios,mas se o dinheiro chega eu não sei, pergunte para o Alkimin e o Beto Richa.

    • Prezado Cadete, sobre o assunto do SUS, respondi sim, basta conferir na notícia apresentada!
      O interessante dos alienados Ptralhas, é que parecem museu, vivem de passado…
      Eu vivo o presente e tenho todo o direito de me manisfestar sobre um assunto apresentado. Não concordo com o governo do Beto Richa, como afirma acima que concordo, por mim deveria ser cassado! Basta o absurdo da violência contra os professores, que são os formadores de opinião neste país.
      Você usa o pseudônimo de Cadete, pressuponho que deve ter uma formação militar, então, se for assim, sabe que a Disciplina é a base do bom andamento das coisas!
      Vejo nossa sociedade, perder os valores morais a cada dia, exemplo disso, essa bagunça gay, custeada com o dinheiro público, degradando tudo o que aprendemos na boa educação de nossos pais.
      Se você concorda com isso, problema seu, respeito sua opinião, mas tenho meu direito de me manisfestar!
      Comece a ver noticiários dos canais pagos e o que se fala de nosso país no exterior, talvez comece a abrir os olhos…

    • Ah….esqueci!
      Sobre o comentário dos escândalos da copa, responda porque muitas das obras ainda não foram finalizadas?
      Já disse anteriormente e repito, sou apartidário, esses partidos que aí estão não representam o interesse da sociedade, mas a ganância própria por poder, cargos e dinheiro!

    • Pra que ressuciitar tantos defuntos se tenos defuntos fresquinhos aqui em Jales, tem até defunto que só não caiu ainda por falta de um empurrãozinho ou pq tem mtos se escorando nele.kkkkk

  • CADETE

    [email protected]ê não sabe nada e muito menos, respondeu minhas indagações sobre o SUS em noticia passada, e continuas falando besteira, quem faz o repasse do dinheiro para o SUS nos Estados e a União e os Estados para os Municípios,conforme a Constituição Promulgada de 1988,então sua Inteligência deveria perguntar onde esta o dinheiro do SUS,que deveria vir para os Municípios,para o Alkimin , ao PSDB,que governa porcamente o Estado a mais de 20 anos ou a alguns médicos que chegam nos hospitais assinam o ponto e vão correndo para seus consultórios,mas ganhando dinheiro do SUS,ou para aqueles que fazem cirurgias cardíacas dizendo que colocaram estender em pacientes e não fazem,mas cobram do SUS etc….esse são os burgueses que roubam do SUS junto com o Alkimin,por isso o dinheiro não dá e a culpa e da União?como sua pessoa quis dizer em outra noticia,leia,aprenda,estude para poder discutri.
    Não vivo das corrupções passadas,o ignorante é você,pois corrupção é corrupção,faz parte do passado, algumas fazem,mas porque o seu Partidinho de Merda esta fora do Poder a mais de 13 anos. Ou sua burrice é tanta que acha que quem roubou no passado não merece ser investigado e castigado. Tens sim o direito de se manifestar, mas por favor faça com sabedoria e inteligência.
    Outra Burrice, não tenho formação Militar, mas tenho formação Acadêmica e consequentemente,por saber usar meu Q.I. só discuto em cima de fatos,leituras e pesquisas ,para não falar Burradas. Sua inocência e tão pequena,que tem coragem de falar que a passeata Gay e custeada pelo governo,não tens vergonha da tamanha besteira,que falou, onde leu isso,onde ouviu isso? Só se foi através da Mídia golpista Brasileira,por favor pensa um pouco se é que consegue e me responda ,que custeou as passeatas contra o Governo do PT?
    Não sei se você sabe,mas nossa Constituição prega os nossos deveres e direitos e gostando ou não essa passeata é um direito,como a que houve contra a Dilma e como a que houve a chamada Marcha para Cristo e outras tantas mais.Mais uma Burrice.
    Outra Burrice que nem vou perder muito tempo para responder, quem esta por traz da Corrupção na Fifa e consequentemente na CPF? a maioria deles apoiadores de Aécio Neves, como Ronaldo,Marin,Del Nero,Ricardo Teixeira todos Coxinhas, que apareceram na televisão fazendo propaganda para o viciado e por ultimo, em quais Estados as Obras para copa não acabaram e quem eram os Governadores? E quem foi na televisão dizer que para fazer copa o Brasil precisava de Estádios e não de Escola e Hospitais,o apoiador de Aécio Neves,o homem que gosta de travestis e da branquinha (Ronaldo)
    Amigo quer discutir mais politica ou fatos políticos,que é um direito seu,estou esperando. Também assisto canais de TV de outros países,mas não ligados a Globo.
    Para lhe informar:–sabia que o PIB de São Paulo caiu em 2014 em 1,9 % em decorrência da queda nas Industrias de 5,3 % e da Agropecuária em 6,3 %,prejudicando com isso o PIB nacional, faz 17 anos que esses fatos estão acontecendo, por que será?

    • Muito bem prezado Cadete!
      Parabéns pelo seu alto Q. I., mas lamento sua falta de educação! Em nenhum momento insultei sua pessoa diretamente. Imagino como deve tratar seus clientes, pacientes ou os animais que deve atender. Suas atitudes comprovam seu caráter e pelo visto, deixou muito a desejar pela sua manifestação aqui neste blog. Acredito que o tempo mostrará, como ja vem mostrando, os fatos deste país! Fale o que quiser, para mim você não significa nada.

  • CADETE

    [email protected],vou. lhe informar o que o seu Governador Alkimin esta fazendo com a Saúde no Estado de São Paulo,mesmo depois das roubalheiras dos Trens,Metro,Sabesp e da falta de Água para os paulistanos,sem mencionar outras corrupções que esse partido de Crápulas esta acostumado a fazer nos Estados que governam,esse individuo está cortando da Saúde em nosso Estado 1,6 Bilhões,atingindo as Santas Casas,os Remédios Especiais,Atendimento por OSS e Serviços do Estado,conforme tabela abaixo:—

    1.Corte Secretária Saúde—————-966.676.667 2.Atend .Ambul. Hospitalar————–382.093.841
    3.Apoio Financ.em Ent.Municip——-185.615.558 4.Assist. Farmacêutica Especializada-119.523.885
    5.Atend, Ambulatorial Hospitalar—–115.948.197 6.Coordenação e Administração——- 52.872.004
    7.Const.Ref. Areas Fisicas Saúde—– 24.200.000 8.Aparelhamentos e Equipamentos— 17.000.004
    9.Residência Médica——————— 16.881659 10.Gerenciamento Saúde—————– 10.500.000
    11.Fortalecimento G, Est. Saúde——- 5.299.99 12.Assist. Médica e Amb. Unicamp—- 4.953.072
    13.Assist. Médica e Amb. USP———- 4.600.729 14.Saúde Adolescente———————- 3.210669
    15.Serviços Saúde Custodiados——– 2.848.955 16.Publicidade de Utilidade Pública—– 2.750.000
    17. Assist. Médica Hosp. Famema—- 2.518.926 18.Progr; Co ntra o Crak——————- 2.408.743
    19.Exames laboratoriais Saúde——- 2.096.810 20.Tecnologia da Inf. e Comunicação- 2.022.161
    21.Atend .Descentralizadoa Saúde— 1.500.000 22. Prog. de Aprimoramento Profis.—–1,415.450
    23. Atendimento Hemoterapico—— 1.192.702 24.Vigilância epidemiologica————–1.098.272
    25. Prog. Estadual ao Crak saúde—– 1.000.001 26.Controle de Doenças Transmitidas— 855.300
    27.Ações de Vigilância Sanitária——- 823.303 28. Produção de Soros———————- 556.359

    Aos entendidos isso mostra que o Governo de São Paulo não esta preocupado nem com a saúde de sua população e por isso os Coxinhas Burgueses Capitalista e Fascistas não tem como criticar o Plano para a Saúde feito, pelo Ministério Público Federal e mais que o Corrupto e Ladrão do Alkimin, não esta nem ai,para a população mais necessitada do Estado. Quem é culpado,pela precariedade do SUS o Governo Federal que fez sua Obrigação e repassou o dinheiro para o Estado,ou o governador que esta cortando toda essa guantia da Saúde Paulista? Onde o Alkimin vai colocar esse dinheiro?
    [email protected],com os cortes anunciados, São Paulo deve ficar no mínimo constitucional de de 12 % exigido na lei do SUS. Agora,mais uma vez que é culpado pela saúde no Estado de São Paulo?Acho que é você se não conseguiu ainda, apreender como isso funciona.

  • CORONEL

    Cadete vç é muito chato. Vai ficar de castigo no quartel por 90 dias sem internet. Kkkkkkkkk

  • CADETE

    [email protected]:— médicos fantasmas-Brasil descobre por que o SUS não funciona

    O maior problema do SUS é a consulta médica. Isso todo brasileiro sabe. Mas agora o Brasil está descobrindo por que o Sistema Único de Saúde (SUS), apesar de suas qualidades, não funciona nesta área.
    O SUS é ruim porque médicos desafiam a lei da física. Apesar de terem um único corpo, muitos médicos ficam em dois, três ou quatro lugares ao mesmo tempo. Eles ganham do SUS, mas trabalham em clínicas e hospitais particulares.
    Enquanto isso, alguns médicos honestos quase se matam porque trabalham por dois ou três que ganham sem trabalhar. Claro que não há sistema, empresa ou país que aguente.
    Em operação em Santa Catarina, na manhã desta terça-feira, a Polícia Federal deflagrou a operação Onipresença, que investiga o não cumprimento de horas de trabalho por médicos do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC). Estão sendo cumpridos 52 mandados de busca e apreensão em clínicas e hospitais públicos e privados de quatro municípios do Estado: Florianópolis, Itajaí, Criciúma e Tubarão. Ao menos 27 médicos devem ser indiciados pela PF, segundo jornal Diário Catarinense.
    Recentemente, inúmeras ações na Justiça e reportagens de televisão mostram, em todo Brasil, a mesma situação. O delegado da PF, Allan Dias, que investiga a operação Onipresença, de Santa Catarina, afirmou: “Não faltam médicos no HU, eles precisam apenas ir trabalhar”.
    Se houvesse um trabalho da Polícia Federal e um disque denúncias exclusivo para o SUS, é possível que o sistema melhorasse bastante.

  • CADETE

    CORONEL- seu Burro,Analfabeto,imbecil,Desqualificado de Q.I. e Boçal Chato é o senhor teu PAI KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • CADETE

    [email protected]–NÃO SOU SEM EDUCAÇÃO POIS EM NENHUM MOMENTO OFENDI SUA ESPOSA OU QUEM QUER QUE SEJA,ISSO É DESCULPA DE UM INDIVIDUO INCAPAZ QUE NÃO TEM A INTELIGÊNCIA SUFICIENTE PARA LEVAR ADIANTE UMA DISCUSSÃO,POIS ÉS UM DESPREPARADO POLITICAMENTE.NÃO TENHO CLIENTE E TAMBÉM NÃO TENHO PACIENTE E NEM PACIÊNCIA PARA OUVIR TANTA BESTEIRA DE UM ASNO E O ÚNICO ANIMAL QUE EU ATENTO É VOCÊ COM SUAS ASNEIRAS, QUE DEPOIS NÃO TEM COMO PROVÁ-LAS. SOU SIM UM HOMEM DE CARÁTER E EDUCADO E JAMAIS EM MEUS COMENTÁRIOS MAIS UMA VEZ,VOLTO A DIZER OFENDI SUA ESPOSA A UNICA COISA QUE EU OFENDI FOI SUA FALTA DE INTELIGÊNCIA.
    UMA PESSOA MAL ESTUDA,MAL FORMADA E MAL INTENCIONADA,QUANDO NÃO TEM COMPETÊNCIA PARA DISCUTIR QUALQUER ASSUNTO,O ÚNICO MEIO QUE ENCONTRA PARA PARAR SÃO COM ESSES TIPOS DE DESCULPA,PARA NÃO MOSTRAR O QUANTO É DESPREPARADO,PARA QUALQUER ASSUNTO.

  • CADETE

    [email protected]–NÃO SOU SEM EDUCAÇÃO POIS EM NENHUM MOMENTO OFENDI SUA ESPOSA OU QUEM QUER QUE SEJA,ISSO É DESCULPA DE UM INDIVIDUO INCAPAZ QUE NÃO TEM A INTELIGÊNCIA SUFICIENTE PARA LEVAR ADIANTE UMA DISCUSSÃO,POIS ÉS UM DESPREPARADO POLITICAMENTE.NÃO TENHO CLIENTE E TAMBÉM NÃO TENHO PACIENTE E NEM PACIÊNCIA PARA OUVIR TANTA BESTEIRA DE UM ASNO E O ÚNICO ANIMAL QUE EU ATENTO É VOCÊ COM SUAS ASNEIRAS, QUE DEPOIS NÃO TEM COMO PROVÁ-LAS. SOU SIM UM HOMEM DE CARÁTER E EDUCADO E JAMAIS EM MEUS COMENTÁRIOS MAIS UMA VEZ,VOLTO A DIZER, OFENDI SUA ESPOSA A UNICA COISA QUE EU OFENDI FOI SUA FALTA DE INTELIGÊNCIA.
    UMA PESSOA MAL ESTUDA,MAL FORMADA E MAL INTENCIONADA,QUANDO NÃO TEM COMPETÊNCIA PARA DISCUTIR QUALQUER ASSUNTO,O ÚNICO MEIO QUE ENCONTRA PARA PARAR SÃO COM ESSES TIPOS DE DESCULPA,PARA NÃO MOSTRAR O QUANTO É DESPREPARADO,PARA QUALQUER ASSUNTO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *