ENQUETE

A Câmara Municipal de Fernandópolis que, assim como Jales, possui, atualmente, 10 vereadores já está discutindo um projeto do Legislativo que altera o número de vereadores daquela cidade para 15, conforme permite a Lei Eleitoral. No caso de Jales, a Câmara poderá chegar a, no máximo, 13 vereadores, uma vez que a população da cidade ainda está abaixo dos 50.000 habitantes.

É possível que, dentro de alguns dias, o assunto comece a ser discutido em nossa Câmara, uma vez que a alteração precisa ser aprovada ainda em 2011, a fim de que possa estar valendo nas eleições de 2012. E o que o prezado leitor deste modesto blog pensa a respeito? Dê a sua opinião, votando na enquete que aparece aí do lado direito.

2 comentários

  • Anônimo

    Caro Cardosinho! Eu acho difícil reponder sua enquete uma vez que respostas diretas como é sugerido não condiz com a realidade de nossa cidade.
    Poderia dizer que seria bom aumentar o número de vereadores, pois seria mais difícil do prefeito “comprar” a maioria tornando assim um poder legislativo mais democrático.
    Também poderia dizer que deveria ser mantido as 10 cadeiras atuais, pois o prefeito colocaria menos dos seus “cordeirinhos” sentadinhos lá.
    Considerando as duas falas anteriores, dirira que tanto faz, pois aumentar ou não não mudaria nada, uma vez que o que manda nessa cidade é o poder de quem está sentado na cadeira da prefeitura, pilotanto a “máquina”.
    Sendo assim, eu acredito que está mais do que na hora de termos em nossa cidade um trabalho de formação política, de formação de conselheiros, de participação popular. Está mais do que na hora de nos conscientizarmos do que disse Francisco Valdo no seu artigo no Jornal A Tribuna neste domingo. Ninguém terá soluções mágicas para resolver os problemas de Jales em quatro anos. Precisamos de uma união dos Poderes, mas uma união em pról da cidade e não de uma minoria com interesses próprios.
    Enfim, precisamos de formação política/popular e de união dos Poderes, com diálogo, com objetivos comuns e respeito às diferenças de opiniões, não se limitando à briguinhas partidárias, ou melhor, briguinhas pessoais escondidas atrás de desculpas partidárias.
    Abraço!

  • Quim Zé

    O número ideal para ambas é 11. Com 10, presidente da câmara vira rainha da Inglaterra, pois nunca vai ter risco de empate. Muito cômodo para os medrosos. Mais que 11, é desperdício de verbas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *