ENTIDADES DE DONOS DE JORNAIS REAGEM A INSULTO DE BOLSONARO CONTRA JORNALISTA DA FOLHA

“Ela queria dar o furo a qualquer preço”. Bolsonaro não tem nenhuma criatividade. Deu no Brasil 247:

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) e a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) reagiram aos insultos de Jair Bolsonaro à jornalista Patricia Campos Melo da manhã desta terça-feira (18).  A ANJ e a ANER são duas das principais entidades da mídia conservadora e reúnem os proprietários de jornais e revistas. Em nota, afirmam que “Bolsonaro ameaça o livre exercício do jornalismo” .

É a primeira manifestação dos donos de veículos de comunicação conservadores com críticas a Bolsonaro. As entidades afirmam que “como infelizmente tem acontecido reiteradas vezes, o presidente se aproveita da presença de uma claque para atacar jornalistas”.

Leia a íntegra da nota:

“A Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) protestam contra as lamentáveis declarações do presidente Jair Bolsonaro ao ecoar ofensas contra a repórter Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S.Paulo.

As insinuações do presidente buscam desqualificar o livre exercício do jornalismo e confundir a opinião pública. Como infelizmente tem acontecido reiteradas vezes, o presidente se aproveita da presença de uma claque para atacar jornalistas, cujo trabalho é essencial para a sociedade e a preservação da democracia.”

Outras entidades, como a OAB, a ABEI (Associação Brasileira de Imprensa) e a ABRAJI (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), também emitiram notas condenando as bobagens do presidente.

E algumas jornalistas reagiram às insinuações de mau gosto – ou bem ao gosto dos bolsonaristas – contra a jornalista Patrícia Campos Mello. Eis algumas:

“Nunca um presidente brasileiro foi tão vulgar”. (Carla Jiménez, editora do El País Brasil)

“Bolsonaro infringe artigo 9 da lei do impeachment que fala do indispensável decoro no exercício do cargo”. (Dora Kramer, revista Veja) 

“Nunca, nem nos tempos de João Figueiredo, Newton Cruz e Erasmo Dias houve nada que pudesse ser remotamente comparado à cafajestice desse governo”. (Bárbara Gancia, ex-colunista da Folha de S.Paulo).

“E a risada da claque? Como chegamos até aqui? Além dos absurdos (e abusos) do presidente da República, vemos escancarada a vulgaridade, a desavergonhada imoralidade (amoralidade?) de tanta gente”. (Thaís Herédia, comentarista de economia contratada da CNN Brasil)

6 comentários

  • Não vai virar nada

    Segundo a Folha, os insultos de Jair Bolsonaro à jornalista Patricia Campos Melo, foram assim:
    “Olha a jornalista da Folha de S.Paulo. Tem mais um vídeo dela aí. Não vou falar aqui porque tem senhoras aqui do lado. Ela falando: ‘Eu sou (…) do PT’, certo? O depoimento do Hans River foi final de 2018 para o Ministério Público, ele diz do assédio da jornalista em cima dele”, diz o presidente, para em seguida, aos risos, fazer o insulto com insinuação sexual.
    “Ela [repórter] queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim [risos dele e dos demais]. Lá em 2018 ele [Hans] já dizia que ele chegava e ia perguntando: ‘O Bolsonaro pagou pra você divulgar pelo WhatsApp informações?’ E outra, se você fez fake news contra o PT, menos com menos dá mais na matemática, se eu for mentir contra o PT, eu tô falando bem, porque o PT só fez besteira.”
    “Tem um povo aqui [em referência a um grupo de simpatizantes], alguém recebeu no zap uma matéria qualquer que suspeitou pra prejudicar o PT e me beneficiar? Ninguém recebeu nada. Não tem materialidade, zero, zero zero. Você não precisa mentir pra falar sobre o PT, os caras arrebentaram com Petrobras, fundo de pensões, BNDES”, completou.
    A frase dita por Bolsonaro, “Ela queria um furo” pode ter varias interpretações

    • Abraham Lincoln

      Não, infelizmente a frase não tem várias interpretações. A interpretação é apenas uma: Ele não se tem postura para o cargo que ocupa. Ele é o PRESIDENTE desse país, não pode dizer imbecilidade como se estivesse em um boteco bebendo com amigos. Não estou anulando o que, em meu sentir, ele fez de certo até hoje. Mas acertar em determinadas medidas não confere a ele alvará para ser estupido em outros momentos da administração. Ele serviu mesmo foi para tirar a esquerda do poder. Nisso ele foi extremamente efetivo. E já é um avanço e tanto.

      • Não vai virar nada 2

        Abraham Lincoln
        Concordo com você. Mas ele pode dizer que é um furo de reportagem. É uma boa saída
        Continuo achando que não vai virar nada. Depois do carnaval, todos esquecem kkkkk

  • Hadadyy

    Cardosinho esta sabendo que o aeroporto de Jales só funciona para meia diuzia e ultraleve seem controls algum ?ultraleves todos irregular sem documentação da Anac.?
    responsabilidade de quem?

  • Rapizodia

    Esse sujeito que está presidente e sua troupe é uma vergonha para os brasileiros. Culpo especificamente Lula e o PT que, por conta de suas intransigências, impuseram este mergulho do país em um circo de horrores. É uma tristeza sem fim com este nacionalismo, cristianismo, racismo e sexismo burro e hipócrita.

  • SÓ JUMENTO VOTOU EM BOZONARO.

    UAI ,A FALHA DE SÃO PAULO DEU FORÇA TOTAL PRO GOLPE, AGORA AGUENTA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *