EX-AMANTE DE FHC DIZ QUE ELE PAGOU ABORTOS E USOU EMPRESA PARA DAR-LHE MESADA

images_cms-image-000482204

As entrevistas estão na Folha de S.Paulo. O resumo abaixo é do Brasil 247:

Após quebrar o silêncio de 30 anos sobre sua relação extraconjulgal com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a jornalista Mirian Dutra afirma que o tucano mandava dinheiro para ela e seu filho, Tomas Dutra, no exterior, através da empresa Brasif S.A. Exportação e Importação.

Em entrevista à colunista Mônica Bergamo, ela afirma que a transferência foi feita por meio da assinatura de um contrato fictício de trabalho, celebrado em dezembro de 2002 e com validade até dezembro de 2006.

“Eu não quero morrer amanhã e tudo isso ficar na tumba. Eu quero falar e fechar a página”, afirma.

No contrato com a Eurotrade Ltd., empresa da Brasif com sede nas Ilhas Cayman, a jornalista deveria prestar “serviços de acompanhamento e análise do mercado de vendas a varejo a viajantes”, fazendo pesquisas “tanto em lojas convencionais como em duty free shops e tax free shops” em países da Europa.

“Eu trabalhava na TV Globo e tive um corte de 40% no salário em 2002. Me pagavam US$ 4.000. Eu estava superendividada, vivia de cartões de crédito e fazendo empréstimo no banco. Me arrumaram esse contrato para pagar o restante”, afirma Mirian, que disse que “jamais pisou” em uma loja convencional ou em um duty free para trabalhar.

O acordo foi mediado pelo lobista Fernando Lemos, morto em 2012, que era casado com Margrit Dutra Schmidt, irmã de Mirian.

“Ele (FHC) me contou que depositou US$ 100 mil na conta da Brasif no exterior, para a empresa fazer o contrato e ir me pagando por mês, como um contrato normal. O dinheiro não saiu dos cofres da Brasif e sim do bolso do FHC”, diz. “Por que ninguém nunca investigou isso? Por que ninguém nunca investigou as contas que o Fernando Henrique tem aqui fora?”, questionada Miriam.

O empresário Jonas Barcellos, dono da Brasif, não nega o acerto. Mas diz não se lembrar de detalhes.

Em nota, FHC negou que tenha utilizado a empresa Brasif S.A. Exportação e Importação para enviar recursos para ajudar a jornalista. Ele admite, no entanto, manter contas no exterior, ter mandado dinheiro para Tomás e ter lhe presenteado recentemente com um apartamento de € 200 mil em Barcelona, na Espanha.

Em trechos de outra entrevista concedida à colunista Natuza Nery, Miriam relata detalhes do seu sofrimento na época: “Quando disse que estava grávida, ele disse “você pode ter este filho de quem você quiser, menos meu”. Eu falei: “não acredito que estou escutando isso de uma pessoa que está há seis anos comigo”. Ela revela ter feito outros abortos a pedido de FHC.

35 comentários

  • Rolando Caio da Rocha

    Véio malandro…

  • eu

    Cardosinho. Assim você esta’ me confundindo. Pois eu achava que a corrupção havia começado com o PT. E somente com o PT. Poxa, pensava eu que era so’ tirar o PT que a corrupção se acabaria. Que era só o Aécio 1/3 ser Presidente que todos os problemas se acabariam. E agora?! Por isso continuo achando que essas notícias não vêm ao caso.

  • Zè Pretin

    Gozado to achando que tem coisa errada a globo falando de desvios no metrö de sp,merenda escolar,agora esta do FHC contas no exterior e mais coisas ,do pt nem vou falar mas acho que o presidente da camara EDUARDO CUNHA. È SANTO PERTO DOS COXINHAS,mas o que me assusta è a globo .sei não

  • Thiago

    Diferentemente dos petistas eu acho que político corrupto tem que pagar, independente em que partido esteja filiado.

  • Que baixaria!

    Como tudo em politica, nada e’ por acaso, eu acho que tem alguem por tras destas revelaçoes amorosas desta senhora que depois de 30 anos vem a publico revelar suas intimidades.
    Mas quem tem interesses de pagar para que essas historias sejam reveladas? pois esta senhora nao e’ nenhuma santa ou ingenua
    Nem ela e nem ele

    • Se a moda pegar,se já pensou se a Rosimere Nóvoa Noronha começar debulhar todos os podres acontecido no Escritório de Representação da Presidência que ele abriu prá ela? Dos encontros furtúitos nas noites mornas da maior cidade da A. Latina? Das intermináveis viagens que a mesma fazia parte sem necessidade nenhuma as custas do nosso dinheiro?

  • trufas

    E o FHC agora tendo de ver a cara de Rita Cadillac dela contando tudo….Ai, que medo das de Jales…

  • Eu

    Que baixaria:

    Como tudo em politica nada é por acaso, eu acho ( você não acha nada, não sabe onde esta a ponta de seu nariz ), que tem alguem ( alguém ), por tras ( trás ) destas ( dessas ) revelaçoes ) revelações amoprosas desta senhora ( desta Jornalista ) , eu acho que é a Globo, a Veja, a Isto é, a Uol. com etc…., ou seja a mídia golpista, depois de 30 anos vem a publico ( público ) quem e por que? Revelar suas intimidades. E acho que nem falaram dos dois abortos que o crápula do FHC, mandou e pagou para ela fazer.
    Mas quem tem interesse de pagar para que essas historias sejam ( fossem ), reveladas? Eu acho mais uma vez que foi a mídia golpista e fascista, os tucanos, os representantes do Dem e do Pmdb. Pois esta senhora ( jornalista ), nao ( não ) é nenhuma santa ( santa não existe ), nenhuma ingenua, mas sua inteligência não sabe, que o crápula mandava dinheiro para sua amante e filho, através de uma empresa fictícia, para esconder o fato, sabido por todo país.

  • Ederson

    Será q estão tentando desviar o foco ? Será , será …

  • Esses militontos do PT sentam no rabo pra falar dos outros…
    Hoje tivemos mais um rebaixamento de grau de investimento.
    O barco está afundando e os ignorantes felizes com o pão e o circo dados pelo governo.

  • AMIGUINHOS

    [email protected] quem vive sentado no próprio rabo é sua incapacidade, juntamente com os tucanos fascistas e golpistas, para falar do maior mafioso chefe da quadrilha tucana FHC, pois os podres dessa cambada de Achacadores, começaram a aparecer, e quanto ao rebaixamento do grau de investimento, já estava previsto, pelo governo brasileiro, seu babaca economista, mas nada disso vai prejudicar mais a economia brasileira, que já esta dando os primeiros sinais do inicio de crescimento e recuperação da economia mesmo contra a vontade de invejosos ( como tu ), que tentam espalhar a inverdade através do ódio, torcendo contra o próprio país és uma praga.
    O barco esta afundando sim, mas é para os tucanos, que já estão sumindo da mídia, com medo das consequências com a corrupção da Petrobras, onde estão surgindo os nomes de Aloysio Nunes, Aécio, Cunha etc…,a corrupção da Merenda, a corrupção de Furnas, o Trensalão e Metrô que tiveram seus processos reabertos a mando do STF, hoje em SP, no Forum da Barra Funda, onde foi suspensa, toda a palhaçada, criada, por um promotor, comprado pela Globo e Veja, cujo promotor, esta sendo investigado pela compra de drogas pelo correio nos EUA, que foram mandas diretamente para o Forum e também pela ajuda no processo as Casas Bahia e ignorantes e imbecis como tu, sim esta recebendo pão e circo, depois de ter sofrido lavagem celebral.
    Olha a consequência desse ato de circo, criada pelo promotor:
    Promotor anti Lula afrontou CNMP por dar liminar a Lula e será punido.Confira, abaixo, cópia da decisão do CNM

    O deputado Paulo Teixeira alegou duas coisas em seu pedido de providências ao CNMP.

    O primeiro pedido de Teixeira foi no sentido de que o caso Bancoop, no qual o triplex do Guarujá (que seria de propriedade dissimulada de Lula) se insere, estava sendo investigado pela 1a promotoria criminal da capital paulista e, desse modo, quem deve investigar é essa promotoria e não aquela em que Conserido está lotado, que é a segunda.
    O que se pretendeu nessa parte do pedido de providências do deputado Paulo Teixeira é que, primeiro, o caso seja conduzido pela instância adequada. Nesse aspecto, o fato de Conserino ter usurpado a prerrogativa de conduzir a investigação insinua que ele acredita que o resultado seria diferente se não fosse ele o condutor do processo…
    Para bom entendedor, meia palavra basta.
    A segunda coisa que Teixeira pediu é investigação da conduta do promotor. Ainda será analisada pelo CNMP a entrevista que o promotor Conserino deu no mês passado à revista Veja antes mesmo de sequer tomar qualquer tipo de medida
    Aquela entrevista ainda vai render muita dor de cabeça ao promotor tucano, pois caracteriza infração disciplinar porque contraria o artigo oitavo da resolução vinte e três do CNMP qualquer promotor dar entrevistas à imprensa ainda no curso de qualquer investigação.
    E além de ter violado tantas normas de conduta Conserino continua se enrolando, segundo fontes do Blog no CNMP. Ele deu declarações públicas que afrontam o Conselho. Ele disse que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) foi induzido ao erro ao conceder liminar ao pedido do deputado Paulo Teixeira (PT-SP).
    Ora, o conselheiro do CNMP que suspendeu o depoimento de Lula, o doutor Valter Shuenquener de Araújo, não é um amador, é um juiz federal do Rio de Janeiro, doutor em Direito Administrativo pela UERJ. E, como se não bastasse, é o indicado do Supremo Tribunal Federal no Conselho Nacional do Ministério Público.
    O conselheiro Araújo verificou que havia possibilidade de nulidade na apuração criminal do fato promovida pelo promotor Conserino. Entendeu que o promotor em questão não tem atribuição porque o caso tramitava na primeira promotoria.
    Além disso, segundo os especialistas consultados pelo Blog, Conserino agiu “fora da casinha” mais uma vez ao dar uma declaração destemperada e pouco usual no sentido de que o ex-presidente Lula e os demais investigados no inquérito seriam “pessoas que se consideram acima da lei”.
    Conserino não pode dizer isso. Ou pelo menos não deveria, em benefício próprio. A decisão de suspender o inquérito não foi de Lula, foi do CNMP – sempre segundo os especialistas consultados pelo Blog.
    Esse comentário desse promotor é uma bofetada na instituição e vai uni-la em torno do conselheiro Araújo. Além disso, Conserino enseja que seja feita contra ele uma Reclamação Para Preservação da Competência da Autoridade das Decisões do CNMP.
    Grave no nome desse instrumento, leitor, porque deverá ser usado…
    Aliás, a defesa de Conserino pelo procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Márcio Fernando Elias Rosa, só serviu para aumentar a afronta ao CNMP. Afirmou que “confia nos acertos de atuação de seus membros” e que os promotores paulistas contam com “irrestrito apoio” da procuradoria paulista.
    Rosa questionou ainda o poder do CNMP para suspender a investigação criminal. De acordo com sua nota, a Constituição reserva ao Conselho prerrogativas de “controle externo quanto à atividade administrativa do MP”, mas não de “interferências nas funções de execução” das investigações.
    O CNMP e a própria Procuradoria Geral da República dificilmente engolirão essa. O partidarismo cego do Ministério Público de São Paulo, useiro e vezeiro em esquecer investigações contra tucanos em gavetas, está pegando muito mal e esse processo tende a acabar trancado e o promotor em questão, punido.
    Ele foi além das tamancas. Seu comportamento foi considerado “amadorístico” por vários especialistas. Apesar de a mídia tentar vender que Lula obteve uma vitória de Pirro, foi o contrário. O promotorzinho afundou sua ação e ao ser punido desestimulará que colegas ajam da mesma forma.
    Assim como as previsões sobre a decisão do CNMP de suspender o depoimento de Lula, que se materializou, anote estas novas previsões, leitor, porque se materializarão daqui a uns 30 dias.

    Promotor anti Lula afrontou CNMP por dar liminar a Lula e será punido.Confira, abaixo, cópia da decisão do CNM

    O deputado Paulo Teixeira alegou duas coisas em seu pedido de providências ao CNMP.

    O primeiro pedido de Teixeira foi no sentido de que o caso Bancoop, no qual o triplex do Guarujá (que seria de propriedade dissimulada de Lula) se insere, estava sendo investigado pela 1a promotoria criminal da capital paulista e, desse modo, quem deve investigar é essa promotoria e não aquela em que Conserido está lotado, que é a segunda.
    O que se pretendeu nessa parte do pedido de providências do deputado Paulo Teixeira é que, primeiro, o caso seja conduzido pela instância adequada. Nesse aspecto, o fato de Conserino ter usurpado a prerrogativa de conduzir a investigação insinua que ele acredita que o resultado seria diferente se não fosse ele o condutor do processo…
    Para bom entendedor, meia palavra basta.
    A segunda coisa que Teixeira pediu é investigação da conduta do promotor. Ainda será analisada pelo CNMP a entrevista que o promotor Conserino deu no mês passado à revista Veja antes mesmo de sequer tomar qualquer tipo de medida
    Aquela entrevista ainda vai render muita dor de cabeça ao promotor tucano, pois caracteriza infração disciplinar porque contraria o artigo oitavo da resolução vinte e três do CNMP qualquer promotor dar entrevistas à imprensa ainda no curso de qualquer investigação.
    E além de ter violado tantas normas de conduta Conserino continua se enrolando, segundo fontes do Blog no CNMP. Ele deu declarações públicas que afrontam o Conselho. Ele disse que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) foi induzido ao erro ao conceder liminar ao pedido do deputado Paulo Teixeira (PT-SP).
    Ora, o conselheiro do CNMP que suspendeu o depoimento de Lula, o doutor Valter Shuenquener de Araújo, não é um amador, é um juiz federal do Rio de Janeiro, doutor em Direito Administrativo pela UERJ. E, como se não bastasse, é o indicado do Supremo Tribunal Federal no Conselho Nacional do Ministério Público.
    O conselheiro Araújo verificou que havia possibilidade de nulidade na apuração criminal do fato promovida pelo promotor Conserino. Entendeu que o promotor em questão não tem atribuição porque o caso tramitava na primeira promotoria.
    Além disso, segundo os especialistas consultados pelo Blog, Conserino agiu “fora da casinha” mais uma vez ao dar uma declaração destemperada e pouco usual no sentido de que o ex-presidente Lula e os demais investigados no inquérito seriam “pessoas que se consideram acima da lei”.
    Conserino não pode dizer isso. Ou pelo menos não deveria, em benefício próprio. A decisão de suspender o inquérito não foi de Lula, foi do CNMP – sempre segundo os especialistas consultados pelo Blog.
    Esse comentário desse promotor é uma bofetada na instituição e vai uni-la em torno do conselheiro Araújo. Além disso, Conserino enseja que seja feita contra ele uma Reclamação Para Preservação da Competência da Autoridade das Decisões do CNMP.
    Grave no nome desse instrumento, leitor, porque deverá ser usado…
    Aliás, a defesa de Conserino pelo procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Márcio Fernando Elias Rosa, só serviu para aumentar a afronta ao CNMP. Afirmou que “confia nos acertos de atuação de seus membros” e que os promotores paulistas contam com “irrestrito apoio” da procuradoria paulista.
    Rosa questionou ainda o poder do CNMP para suspender a investigação criminal. De acordo com sua nota, a Constituição reserva ao Conselho prerrogativas de “controle externo quanto à atividade administrativa do MP”, mas não de “interferências nas funções de execução” das investigações.
    O CNMP e a própria Procuradoria Geral da República dificilmente engolirão essa. O partidarismo cego do Ministério Público de São Paulo, useiro e vezeiro em esquecer investigações contra tucanos em gavetas, está pegando muito mal e esse processo tende a acabar trancado e o promotor em questão, punido.
    Ele foi além das tamancas. Seu comportamento foi considerado “amadorístico” por vários especialistas. Apesar de a mídia tentar vender que Lula obteve uma vitória de Pirro, foi o contrário. O promotorzinho afundou sua ação e ao ser punido desestimulará que colegas ajam da mesma forma.
    Assim como as previsões sobre a decisão do CNMP de suspender o depoimento de Lula, que se materializou, anote estas novas previsões, leitor, porque se materializarão daqui a uns 30 dias.

  • AMIGUINHOS

    [email protected] por favor me explica este fato corriqueiro:-

    CORRUPÇÃO TUCANA
    Justiça paulista manda Alckmin apresentar contratos de fornecimento de merenda escolar
    Investigação apura superfaturamento no fornecimento de merenda escolar, com pagamento de propina a agentes públicos da gestão Alckmin e ao presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Capez

  • Que baixaria!

    Depois de ter botado um chifre e vivido, na Europa, nas custas de FHC — a ex amante de FHC aparece agora, a publico, contar essa historia de 30 anos atras, que muitos ja’ sabiam.
    Muitos ex presidentes tiveram uma amante como Lula, Collor, JK, etc inclusive as esposas nao largaram deles sendo que essa amante de FHC queria ter um filho com ele logicamente para ter uma pensao.
    Certamente ela deve estar ganhando um dinheiro para divulgar essa historia alem disso, devera’ lançar um livro e ate’ filme
    O governo do PT/Dilma devera’ ter o prazer de emprestar dinheiro

  • Gente…ele garante que não sabia de nada! Vocês já ouviram isso anteriormente…

  • AMIGUINHOS

    [email protected] és uma pessoa cujo adjetivo tem dois gêneros e substantivo de dois gêneros, e significa ao contrario de: gentil e instruído é inábil e inculto.

  • AMIGUINHOS

    Que baixaria

    Que baixaria! depois de ter botado( ( não é galinha ), colocado um chifre e vivido, na Europa, nas ( as ) custas
    de FHC e de uma empresa ——a ex-amante de FHC ( do mesmo ), aparece agora ( agora aparece ), a publico ( em público, a contar essa historia ( história ), de 30 anos atras, que muitos já sabiam.
    Muitos ex presidentes, tiveram uma amante ( amante ), como Lula, Collor, JK, etc… inclusive as esposas não largaram deles ( não os largaram ), sendo que essa amante de FHC ( pois teve muitas ), queria ter um filho com ele ( tanto é verdade que a obrigaram a fugir do país)logicamente para ter uma pensao ( pensão ), a referida amante nunca recebeu pensão, só o filho um apartamento e mensalidade através de uma Empresa, Brasif S.A.
    ( O que vem agora é Burrice e historinha da carochinha do Sr. Que baixaria ). Certamente ela deve estar ganhando um dinheiro ( deve estar sendo favorecida financeiramente ), para divulgar essa historia ( de quem, por que, não estamos em campanha eleitoral? ), outra burrice do autor ( deverá lançar um livro e até ( ou até ) um filme, com o dinheiro do Abestado Que Baixaria.
    Agora vem a parte em que o sujeito, se declara, abertamente como Burro. O governo do PT/Dilma deverá ter o prazer de emprestar o dinheiro ( com qual finalidade? ou objetivo ? ).
    Abestado cuidado ao passar perto de capim.
    Vai estudar.

  • AMIGUINHOS

    Anônimo—meu comentário é extenso e verídico, mas infelizmente não o suficiente para fazer um filme, mas tudo, que nele esta são verdades, tiradas inclusive da mídia golpista. Mas a unica inverdade não no meu texto, mas nas suas poucas linhas e quando cita a palavra escroque ( pois ajo eu que no momento estava pensando que falava com seu querido pai, ou com toda a sua família, pois tenho a certeza, que quem se apropria de bens alheios por meios ardilosos e fraudulentos , são aqueles que você chama de pai e mãe .Por falar nisso sabe que hoje é seu dia mundial. Não? Pois é….o corno é sempre o ultimo a saber.

  • Carlos Alberto da Silva

    UMA HISTÓRIA VERDADEIRA DO JORNALISTA PALMÉRIO DORIA

    Palmério Doria: “FHC não enganou só a Ruth Cardoso, ele enganou todo um país”.

    Muito antes das expressões “bullying” ou “assédio moral” se tornarem corriqueiras, pude comprová-las na pele. Inicialmente na forma de sutis consultas, telefonemas despretensiosos, convites para almoços ou cafés.
    Eu, o saudoso Sérgio de Souza, o grande editor de Caros Amigos, e todos os colegas envolvidos na apuração da histórica matéria que revelaria ao Brasil a proteção da imprensa a Fernando Henrique Cardoso no caso de seu filho de 8 anos com Miriam Dutra, jornalista da Rede Globo.
    Era o verão de 2000. Entre a definição da pauta, em fevereiro, e a publicação da reportagem que entrou para a história do jornalismo independente em nosso país, em abril, meu caráter foi submetido a leilão. Reportagem, aliás, classificada pelo jornalista Ricardo Setti ainda outro dia no Roda Viva como “irresponsável”, sem qualquer contestação dos colegas ali reunidos.
    Instalado, durante todo o mês de março, num hotel de luxo dos Jardins, o lobista Fernando Lemos ofereceu dinheiro, empregos, sinecuras e distribuiu ameaças. Tudo para que a tal reportagem não fosse publicada. Eu (ou meus companheiros de Caros Amigos) poderia ter ficado rico, me tornado alto funcionário da Petrobras (como propuseram, e hoje “defendem” a Petrobras), resolvido os crônicos problemas de caixa de Caros Amigos ou o que pedisse. Tudo me foi oferecido, sem rodeios.
    Contei tudo isso em detalhes no livro “O Príncipe da Privataria” com Mylton Severiano, outro mestre soberano (Geração Editorial, várias edições), responsabilizei o lobista Fernando Lemos, cunhado de Miriam Dutra e “operador” de FHC, em inúmeras matérias aqui e acolá. Uma delas, em 27 de junho de 2011, no Brasil 247, sob o título A Última Exilada, com o qual Miriam Dutra hoje se apresenta. De nada.
    Nem Lemos (morto em 2012), nem FHC, nem Miriam me processaram. Fernando Lemos morreu biliardário e não se deu ao trabalho de gastar um mísero centavo para tentar provar que seu comportamento, por mim relatado, não havia sido nefasto e corruptor. Enfim, faz 16 anos e estou sentado, na cadeira de balanço, debaixo da jaqueira, na curva do rio e sequer uma interpelação judicial.
    Com um atraso de exatos 15 anos e 10 meses, Miriam Dutra resolve contar o que revelamos no outono de 2000. Antes tarde do que nunca.
    Hoje, nas páginas da Folha – que à época, em discreta nota na coluna Painel justificou seu tumular silêncio, apelando para a surrada tese de que seria uma questão relativa à vida pessoal de FHC e de sua ex-amante – explode a entrevista bombástica de Miriam. Está tudo lá. Um repeteco ampliado e pormenorizado do que há 16 verões publicamos diante do silêncio indecente da grande imprensa.
    E há acréscimos importantes: aparece uma das tais empresas nas Ilhas Cayman que arrepiam as penas do tucanato; o nome da Brasif, empresa detentora do negócio bilionário dos Free-shop nos aeroportos fazendo favor financeiro ao presidente da República (imaginem se fosse o Lula); as contas recheadas de FHC em bancos no exterior; a bolsa família paga com dinheiro arrecadado pelo lobista entre empresários que tinham relação promíscua com o governo de FHC; a relação lodosa com o filho que ele teria reconhecido e não teria reconhecido; um apartamento de milhares de euros na cara Barcelona presenteado ao filho que é filho e não é filho; a grave declaração de Miriam de que houve fraude no exame de DNA (quem comprou um Congresso Nacional para se reeleger não compraria um funcionário de laboratório?) Entra na dança Mario Sergio Conti, aquele que entrevistou o sósia do Felipão como se fosse o próprio treinador em plena Copa do Mundo, que em 2000 me brindou com impropérios pelo telefone. Agora como o jornalista que usou sua condição de diretor de redação de Veja para lançar um cortina de fumaça sobre a gravidez da jornalista, em conluio com Fernando Henrique, além engavetador-geral de matérias.
    Resta uma pergunta à própria imprensa, aos justiceiros do Ministério Público, aos irrequietos delegados da Polícia Federal, aos plutocratas de São Paulo que viajam em seus jatinhos até Nova York e vestem seus smokings cheirando naftalina em regabofes cafonas organizados pelo João Dória (pausa para sonora e gostosa gargalhada) para louvar o presidente que quebrou o Brasil três vezes; às “senhoras” de Higienópolis; aos Marinho, aos Frias, aos Saad e aos falidos Civita e Mesquita, além dos patéticos paneleiros de todo o Brasil:
    Vocês não se envergonham de dizer que não sabiam de tudo isso?

    Lembra aquela foto do FHC pedante, imperioso, deslumbrado. “Umbigo delirante” (licença, Millôr). Retrato em branco e preto de alguém que não amadureceu. Apodreceu. Muito longe do cicerone de Sartre no Brasil dos anos 50, ou do exilado no Chile, ou do aplicado professor auxiliar do mestre Florestan Fernandes.
    Não se pode negar que FHC enfim caiu na boca do povo. Não enganou só Dona Ruth. Nem só a amante, por ele abandonada. Ele enganou todo um país.

    L

  • Gostaria de registrar minha insatisfação com esta noticia.
    Trata-se de uma injustiça muito grande com o FHC!
    A foto da mulher citada deveria ser a de 30 anos atrás.
    Os militontos não estão sempre falando do FHC? Então que reproduzam os fatos na íntegra…… Kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Carlos Alberto da Silva

    OLHA QUEM FOI—QUEM É—–E QUEM SERÁ O MAIOR MAFIOSO DOS TUCANOS—-FHC:—

    FHC se defende: ‘No meu governo, o Bolsa Família era de 3 mil dólares e pagava até no exterior.’

    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso rompeu a camisinha, digo, o silêncio nesta sexta-feira e deu explicações sobre as acusações que sofreu de Miriam Dutra, a jornalista que foi sua amante durante os anos 1980 e 1990.
    Miriam disse que Fernando Henrique pagou a ela, durante anos, um “mensalão” de US$ 3 mil através de um contrato fantasma pago por uma empresa de importação e exportação. Miriam mora na Espanha com o filho que seria fruto do relacionamento extraconjugal.
    “Antes do PT inventar a corrupção, meu governo estava transformando o Brasil na Suécia da América do Sul. Além de ser o primeiro governo em que o pobre usou dentadura e comeu frango, foi quando as mulheres tiveram dinheiro para comprar água oxigenada para descolorir os cabelos. Éramos a Escandinávia dos Trópicos”, disse FHC em nota co-assinada por mais de duzentos diretores de redação de grandes jornais, revistas e telejornais de São Paulo.
    “Veja só, no meu tempo o Bolsa Família pagava em dólar e até fora do país. A Miriam foi uma das primeiras beneficiadas. Infelizmente, com esse governo corrupto do PT, tivemos que parar com os pagamentos e ela acabou reclamando. Com o processo democrático tirando a Dilma do governo até o meio do ano, vou voltar a dar palestras e encher minhas contas no exterior e no fim do ano volta o Bolsa Família dela”, completou.
    Cadê a tucana de crápulas do Brasil, desapareceram todos.

  • santos

    me respondam que interessa se ele teve ou deixou de ter amante o que interessa agora, sabe as vezes imagino ou fico pensando que estão brincando com minha inteligencia ou imaginação povo brasileiro, querendo achar um bode veio para toda essa mazela que esta acontecendo nesse pais, certo ta certo o errado ta errado tem que pagar, seja ele branco, preto, pardo ou fio ronque fuça…

  • QUEM É O ACHACADOR E SUAS PROEZAS ENTRE AS TUCANADAS:-

    Fernando-Henrique-Cardoso Idolatrado por conservadores, FHC teria forçado abortos e divulgado DNA falso do próprio filho.

    Idolatrado por conservadores, FHC teria forçado abortos e divulgado DNA falso do próprio filho.

    Fernando-Henrique-Cardoso idolatrado pelos eleitores conservadores, durante várias décadas, Fernando Henrique Cardoso (FHC), líder do PSDB, conseguiu esconder, com a cumplicidade da grande mídia brasileira, principalmente da Rede Globo, um caráter pouco invejável.
    Esta semana, Miriam Dutra, ex-funcionária da Rede Globo e ex-amante de FHC, revelou que o ex-presidente pediu para que ela fizesse abortos. E ela fez dois enquanto estava com ele. “Eu pago o aborto agora”, teria dito FHC.
    FHC foi bom para pedir que a amante abortasse, mas quando esteve na presidência da República brasileira, FHC não mexeu uma palha para descriminalizar as mulheres e permitir que pudessem decidir sobre sua própria gravidez. Assim, para sua amante e ex-funcionária da Rede Globo todos os diretos de decidir nas melhores clínicas do exterior. Para as mulheres pobres que ele governava, a morte em clínicas clandestinas.
    Além disso, Miriam deixa claro que se seu filho não é filho de Deus. Portanto, só pode ser filho de Fernando Henrique. Mas Fernando Henrique Cardoso divulgou exames de DNA falsos para afirmar que o filho não era dele. “É dele [e gargalha]. É óbvio que é dele. Além do mais, uma mulher sabe quem é o pai. A não ser que provem que Deus é o pai do meu filho”, disse.
    A entrevista revela um FHC que é a síntese da hipocrisia do pensamento elitista e conservador brasileiro. Assim como Eduardo Cunha, que é contra a descriminalização, mas se delicia em países com aborto legal.
    Veja trecho da entrevista:
    Descobriu que estava grávida
    Eu estava grávida de quase três meses. Eu não estava aguentando mais essa história toda de ser amante, de ser a outra. Aí eu fiquei quieta, esperei ele voltar [de viagem] e, quando voltou, foi jantar na minha casa.Quando disse que estava grávida, ele disse “você pode ter este filho de quem você quiser, menos meu”. Eu falei: “não acredito que estou escutando isso de uma pessoa que está há seis anos comigo”.

    Ele pediu para você abortar?
    Pediu. Óbvio. “Eu te pago o aborto agora”, disse. Aliás, vou te contar uma coisa mais séria ainda. Durante os seis anos com ele, fiquei grávida outras duas vezes, e eu abortei.
    O exame de DNA diz que o Tomás não é filho dele…
    É dele [e gargalha]. É óbvio que é dele.

    Você afirma então que ele forjou o exame de DNA?
    Não estou afirmando nada, mas tudo me parece muito estranho, porque eu nunca me neguei a fazer o exame de DNA. Não vou afirmar porque isso seria uma irresponsabilidade da minha parte. Além do mais, uma mulher sabe quem é o pai. A não ser que provem que Deus é o pai do meu filho.

  • Nois

    TUCANOS MAFIOSOS E INESCRUPULOSOS POR FAVOR RESPONDAM:

    QUEM BANCA A AMANTE DO FHC E A FUNCIONÁRIA FANTASMA DO SERRA?
    • Por que uma empresa fez contrato fictício de trabalho pra bancar a amante de FHC/PSDB longe do Brasil?
    • Por que essa mesma empresa, concessionária da Infraero, conseguiu no governo FHC/PSDB o monopólio dos free-shops nos aeroportos do País?
    • Por que a irmã da amante de FHC/PSDB é uma funcionária de Serra/PSDB no Senado mas só bate ponto e não trabalha?
    • Por que os tucanos/PSDB sentem-se tão confortáveis em apontar o cisco nos olhos dos outros,
    Por favor estamos esperando as respostas seus canalhas.

    • anonimo

      Porque não falam do déficit de 60 bilhões em 2016? E a roubalheira da Petrobras e no Brasil.

      A noticia FHC campanha dengue é para desviar o foco da corrupção e só não vê quem não quer.

      A dengue existe vários anos e só agora um presidente resolve fazer campanha contra mosquito Tenha dó né. Nao sou PSDB mas esta bem evidente. Acordem

  • Zè Pretin

    Este [email protected] sei não acho que ele è BAMBY

  • Trinca

    Este caso FHC e a campanha dengue é para desviar as atenções Petrobrás e da roubalheira no Brasil. Porque não falam do deficit de 60 bilhões em 2016?

    Conseguiram acabar com o Brasil São bons de gogo mas trabalhar que é bom, nada.

  • Paulão

    E aquela do Barbudo (saiu na Veja). Quem pagava?

  • Trinca

    Esta reportagem saiu na Uol.com, Carta Capital , Facebook e na Gazeta do Povo *********os tucanos , agora é que decidem;-

    POLITICA
    Alvaro Dias diz que exonerou irmã de ex-amante de FHC por ela não cumprir expediente
    ▪ PF pode investigar operação de FHC com Miriam Dutra, admite Cardozo▪ Vice-líder do governo pede investigação de pagamentos a filho de FHC no exterior▪ Jornalista contesta teste de DNA e critica FHC
    Gisele Pimenta/AE
    O senador Alvaro Dias (PV) disse nesta sexta-feira (19) que exonerou a irmã da ex-amante de FHC do Senado porque ela não cumpria expediente. Margrit Dutra Schmidt, irmã de Mirian Dutra Schmidt, estava lotada no gabinete da senadora Lucia Vania (PSDB) quando Alvaro assumiu o cargo de líder da oposição no Senado.
    “Ela estava à disposição de um gabinete, mas eu fui informado pela [senadora] Lucia Vania que ela não estava trabalhando, por isso eu exonerei”, disse o senador paranaense. Alvaro assumiu o cargo de liderança da oposição do Senado em março do ano passado.
    “Segundo a chefia do gabinete da liderança da oposição esse procedimento [de bater o ponto] não estava sendo adotado, aí eu perguntei a senadora [Lucia Vania] se ela [Lucia] tinha interesse em continuar e ela disse que não, então foi feita a exoneração”, conta Dias. “Depois o senador [José] Serra resolveu contar com o trabalho dela e pediu a nova nomeação”, completa.
    De acordo com informação publicada pelo jornalista Lauro Jardim, o senador José Serra (PSDB) emprega Magrit em seu gabinete do senado como funcionária fantasma.
    Segundo o jornalista, Margrit vai diariamente, de manhã e à noite, registrar sua digital na entrada principal do Congresso, a Chapelaria, mas não cumpre expediente. Serra negou que ela seja fantasma e disse que Margrit trabalha de casa, prática vetada no Senado.
    Os podres dos tucanos estão chegando, pena que o Judiciário comprado pelos coxinhas não tomam providência, pois é muito $$$$$$$$$$$$$, em jogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *