EX-DEPUTADO PLÍNIO DE ARRUDA SAMPAIO MORRE AOS 83 ANOS

PLÍNIOO ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio (PSOL-SP) morreu nesta terça-feira (8), aos 83 anos, em São Paulo. Ele completaria 84 anos no próximo dia 26.

O professor Antônio Rodrigues Belon escreveu, em seu blog, um texto sobre Plínio, que reproduzo abaixo: 

PLINIO DE ARRUDA SAMPAIO

O processo constituinte (1988) expressou, predominantemente, a conciliação entre o militarismo em final de ciclo explícito (a ditadura) e os representantes burgueses na Assembleia Constituinte de 1988. A tese do congresso constituinte foi defendida pelo Deputado Roberto Rollemberg em Jales e região: a tese venceu e ele foi o constituinte.

Na época fiz muitas palestras e participei de encontros em Jales e região defendendo a tese perdedora: a da assembleia exclusivamente constituinte. Plínio de Arruda Sampaio também defendia a tese perdedora.

Veio a Jales para falar na catedral. Fui. Abracei o homem. Usei do microfone. Fiz a minha saudação.

Disse a ele representar naquele ato, em solicitação fraterna, o Deputado Roberto Rollemberg: ele ficou feliz. Admiravam-se mutuamente. Eu também fiquei feliz.

Hoje morreu Plínio de Arruda Sampaio.

Chamo por ele e a resposta é: presente Plinio de Arruda Sampaio.

3 comentários

  • ORLANDO MATHEUS

    Parabéns Professor ; belissimas palavras dignas de elogios ; fico feliz em saber que existem pessoas como o Senhor , super dotadas de capacidade intelectual , me faz lembrar o laureado nobel de literatura universal ALBERT CAMUS , que escreveu a obra A PESTE , onde ele narra em seu topico principal que a saber : O HOMEM QUE LE MAIS SABE MAIS ,O HOMEM QUE LE MENOS SABE MENOS , O QUE NÃO LE NADA , NÃO SABE NADA ASSEMELHA-SE A UM RATO E SEMEIA A PESTE DO INSABER !!! ERA ISTO MUITO OBRIGADO PELA SUA SABEDORIA !!!

  • JULIANO MATOS

    TIVE O PRAZER DE CONHECER O PLÍNIO QUANDO ESTAVA NO PSOL. HOMEM SÁBIO. QUE DEUS O TENHA EM SEU REINO.

  • Anônimo

    Esse foi homem abandonou o PT!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *