FAFÁ DE BELÉM É CONTRA DIVISÃO DO PARÁ E DIZ QUE ESTADO É A ‘SOMA DOS SEUS CHEIROS’

A notícia é do Portal iG:

Participante ativa do movimento “Diretas Já”, em 1984, a cantora paraense Fafá de Belém (55) pode ter seu nome ligado à mais uma campanha: contra a divisão do Pará, seu Estado de origem. Oficialmente, não existe convite para a cantora, mas ao iG ela não descartou a possibilidade de levantar mais uma bandeira.

Fafá de Belém afirmou que é contra a divisão do Estado, classificando o Pará como uma grande nação. “Eu sou de um ‘País’ que se chama Pará. Juntos somos fortes e separados seremos reféns”, declarou ela por e-mail. “Tornando público o meu ponto de vista, já estou tomando partido de um determinado lado. Com a separação, o Estado do Pará perderia a sua identidade, sua digital”, disse ao ser questionada sobre a possibilidade de fazer campanha contra a divisão do Estado.

Ela ainda acrescentou. “Não somos um produto na prateleira, somos a somatória de todos estes rios, de seus cheiros, seus sabores. Somos o movimento destas marés, a mistura de tudo que por aqui passou e passará. Não somos exclusivos, somos agregadores!”, finalizou Fafá de Belém.

Fafá de Belém foi considerada nos anos de 1980 a “Musa das Diretas” após se apresentar gratuitamente em diversos comícios e passeatas, entoando de forma original o Hino Nacional Brasileiro. Sua participação chegou a ser contestada pela Justiça e emocionou milhares de pessoas na época.

A notícia completa, do portal iG, pode ser lida aqui

1 comentário

  • Sérgio Alves de Oliveira

    Prezado Editor do Blog do Cardosinho : A bombástica declaração de Fafá de Belém causou bom impacto aqui pelas bandas sulistas.Sobre ela produzi um texto comparando essa atitude com a mobilização que hoje percorre o Sul. Está intitulado ” FAFÁ DE BELÉM NAS FILEIRAS SEPARATISTAS “,já divulgado em alguns sites. Importante é ressaltar que “eles” tentam confundir as cabeças chamando tudo de “separatismo”,inclusive a eventual divisão do Pará,que não é.É Exatamente o contrário.Obrigado.(Membro do GESUL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *