GILBERTO GIL VAI PROCESSAR AUTOR DE COMENTÁRIO RACISTA NA INTERNET

gilberto-gil-face

Quem acompanha a trajetória de Gilberto Gil sabe que ele jamais faria um comentário utilizando-se de uma expressão vulgar (“juizinho fajuto”) muito mais apropriada a um site mentiroso que se esconde em um endereço no Arizona (EUA). Se algum dia Gil fizer alguma crítica ao Sérgio Moro – e ele teria o direito de fazê-la – estou certo de que ele o fará com a categoria que lhe é habitual. A notícia é do portal UOL:

gilberto-gil-consegue-liminar-para-derrubar-noticia-falsa-1482932089852_v2_450x450Gilberto Gil conseguiu derrubar na Justiça publicação do site Pensa Brasil notícia falsa em que o cantor chamaria Sergio Moro de “juizinho fajuto”. A notícia foi retirada do ar, por força de uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça do Rio, mas a publicação no Facebook continuava sendo exibida na manhã desta quarta-feira. Segundo a advogada Leticia Provedel, que representa Gil, o post deve ser retirado no máximo até esta quinta-feira.

Segundo Letícia, trata-se de uma reincidência. “Não é a primeira vez que notificamos esse site, que é tendencioso. Ele não tem sede, nem responsável legal”, afirma.

A falsa notícia foi compartilhada e rendeu comentários ofensivos ao artista. Um deles chamou Gil de “macaco filho da puta”. De acordo com a advogada, estão sendo levantados os dados para identificar o autor do comentário, que o cantor estuda processar.

“Preta Gil já entrou na Justiça contra um comentário racista, esse ano o Bruno Gagliasso também… É uma questão que está ficando mais delicada. Vamos identificar se o perfil é falso ou não, e Gil pretende entrar com as medidas legais”, informou a advogada.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *