GILMAR MENDES CASSA DIREITO DE RESPOSTA DO PT NA REVISTA VEJA

gilmar mendes (1)Como já era esperado, o ministro Gilmar Mendes – o mesmo que concedeu habeas corpus para o médico Roger Abdelmassih e o banqueiro Daniel Dantas – cassou o direito de resposta que o TSE, por 7 votos a zero, tinha concedido ao PT.

Mendes é um dos ministros do STF indicados pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no apagar das luzes de seu mandato, em 2002, e, dali em diante, tem se notabilizado por criticar duramente o PT em declarações à imprensa e por tomar decisões invariavelmente contrárias ao partido.

Em 2009, Gilmar Mendes, então na presidência do STF, defendeu Eduardo Azeredo e votou pela rejeição da denúncia sobre o “mensalão” do PSDB-MG. Vejam, agora, a notícia do site Consultor Jurídico:

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que obrigava a revista Veja a dar ao PT direito de resposta por causa de uma reportagem. O ministro afirmou em liminar que o STF, na decisão que declarou a Lei de Imprensa inconsitucional, fixou o entendimento de que o direito de resposta só é cabível contra a divulgação de informações falsas. No caso da Veja, escreveu o ministro, todos os fatos foram noticiados com as devidas fontes.

A decisão do ministro foi tomada em medida cautelar em uma Reclamação levada ao Supremo pela editora Abril, que publica a revista. A empresa é representada no STF pelo advogado Alexandre Fidalgo, sócio do escritório EGSF Advogados.

O TSE havia condenado a Veja por causa de uma reportagem em que diz que “o PT paga a chantagistas para escapar do escândalo da Petrobras”. A revista afirma que o partido deu dólares para que “um chantagista” não divulgasse fatos relacionados à investigação sobre financiamento de campanha por meio de contratos fraudulentos com a Petrobras. O objetivo seria impedir que a informação interferisse nas eleições presidenciais, marcadas para este domingo (5/10).

De acordo com o relator da representação, ministro Admar Gonzaga, a reportagem “extrapolou os limites da crítica ácida” e ofendeu a honra do partido. Por isso, entendeu que o direito de resposta era a medida adequada “a tal situação de extravasamento da liberdade jornalística”.

A notícia completa e o inteiro teor da decisão do ministro Gilmar Mendes podem ser lidos aqui.

15 comentários

  • Minha ingenuidade

    A minha ingenuidade acreditava que a justiça nao tinha partido mas o Cardozinho mostrou que sim.
    Pois no STF tem ministro indicado pelo PSDB, neste caso acima.
    Os ministros Dias toffoli e o Lewandoski foram indicados pelo PT/Lula sendo que o Dias era advogado do sindicato e depois do proprio PT
    Isto e’ uma vergonha

  • M.B.

    Cardosinho, admiro sua pessoa, aprecio o seu programa aos domingos e o seu blog, mas por favor deixe o partidarismo de lado em respeito aos seus leitores.

    Um abraço

  • RD

    Realmente seu blog é fantástico, mas seu fanatismo pelo PT está nos afastando da leitura diária. Sugiro imparcialidade política.

  • OSCAR ALHO

    GENTE , to cansado de Cardosinho é dono do blog e petista , aos incomodados é só nao abrir. ninguem é obrigado a ler . va ler a veja pra ficar saciado pelos tucanos.

  • anonimo

    Oi M.B. vc está pedindo demais, pedir p o Cardosinho deixar de ser partidario, ele foi expulso do PT de Jales, mas continua fanático pelo PT . Concordo plenamente com vc na sua mensagem, tbem admiro o seu programa, acho seu blog ótimo, é um jornal diário, cara inteligente, escreve muito bem, adoro sua coluna na Tribuna, mas não adianta , ele nasceu PT e vai morrer PT.

  • Vitória

    Alias Cardosinho, Martini, Poleto e Chico Melfi não são fanaticos é pura impressão

  • Maluco Beleza

    Cardosinho, os coxinhas jalesenses querem calar você. São facistas. Acham que você deve ler na cartilha idiota deles. Ameaçam não participar mais do seu blog. Querem pautar até as suas convicções políticas e ideológicas. São cabeças de amebas, ouvintes do Alexandre Garcia, leitores da Veja e adoram o Jornal Nacional. Xô!

  • Pirata

    Gilmar Mendes, indicado pelo presidente FHC, é amigo pessoal do Demostenes Torres, aquele senador cassado por corrupção e que por ser do DEM não está preso. Demóstenes era comparsa do Cachoeira, aquele bicheiro que pautava a revista Veja. Tutibonagente!

  • Olho Aberto

    O Joaquim Barbosa não passa no exame da OAB.

  • Lelito

    Já pensou se Gilmar Mendes tivesse sido nomeado pelo PT e agora desse uma decisão como essa em favor do PT?!
    O que será que os coxinhas estariam aqui dizendo ?!

  • Macaco Prego

    A Marina acaba de dizer agora na televisão que vai dar o 13º salário para quem recebe o bolsa familia. Dias atrás ela fazia criticas ao bolsa família. Como está sentindo que a sua vaca está indo para o brejo, agora está apelando até para as promessas de ultima hora.

  • Cardosinho, amo seu blogue amo PT, abraços. Xô coxinhas e cya!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *