GILMAR MENDES RECONHECE: MUNDO TEM IMPRESSÃO NEGATIVA DE PROCESSO CONTRA LULA

Deu no Brasil 247:

O ministro do STF Gilmar Mendes endossa o argumento já utilizado por vários juristas a respeito da fragilidade e inconsistência do processo que sentenciou o ex-presidente Lula de forma arbitrária. “Mundo tem impressão negativa de processo contra Lula”, disse ele  em entrevista ao Poder em Foco, do SBT.

“Colegas com quem a gente conversa no mundo todo, na França, em Portugal, na Espanha, têm uma impressão negativa da condução desse processo por várias razões”, diz Mendes. 

Ele destaca que essa impressão negativa existia antes mesmo do site The Intercept Brasil revelar conversas entre procuradores e o ex-juiz federal Sergio Moro.

2 comentários

  • Nada é de graça!

    Todo mundo sabe que Gilmar Mendes faz parte de um bloco de supostos petistas. Entre eles, os ministros Toffoli, Lewandowski, etc. Defendem o Lula livre e querem derrubar a Lava Jato e o Moro. Completamente imoral e arbitrário está situação, uma vez que também vemos os ministros fazendo pior com os advogados de defesa de corruptos endinheirados com o dinheiro público.
    Ao contrario da vontade da população, eles derrubaram a possibilidade de prender condenados em segunda instância para soltar Lula. O juiz que soltou Lula foi juiz auxiliar do Gilmar Mendes, no STF.
    Depois de Lula solto, Gilmar luta para tornar o petista elegível. Já trabalha para que o tribunal declare a suspeição de Sergio Moro como juiz federal da Lava Jato. Para cancelar o seu julgamento. Lula não foi condenado apenas pelo juiz Moro, mas por mais 9-10 juízes, desde 1a até 2a. estância. E só um processo.
    Vão destruir o Brasil para soltar um notório condenado pelo roubo do dinheiro público. Essa Turma do STF entrou na História.

  • BIGODEGROSSO

    Esse é bem sério, honesto e confiável, realmente todos idolatram GILMAR MENDES como é público e notório.

    O esquerdinha viúva do LULALADRAO, vamos acordar e sair de casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *