GLENN DIZ QUE MORO QUER RESSUSCITAR LEI DA DITADURA PARA PRENDÊ-LO

Do Brasil 247:

O jornalista Glenn Greenwald lançou globalmente um tweet em inglês no começo da tarde desta quinta-feira (25) anunciando que o ministro Sérgio Moro ameaça transformar o Brasil numa ditadura. O editor do Intercept afirmou que Moro pode ressuscitar a Lei de Segurança Nacional para prendê-lo.

No tweet, lançado às 13h44, o editor do Intercept escreveu (em tradução livre): “Impensável em qualquer democracia: o ministro da Justiça, Sergio Moro, está comandando a investigação contra nosso jornalismo, apesar de ser sua corrupção o que temos tornado pública. Ele está ameaçando utilizar uma lei da época da ditadura, a Lei de Segurança Nacional, para prender-me por fazer jornalismo”. O tweet referia-se a uma reportagem da versão internacional da Folha de S.Paulo sobre a tentativa de Moro de vincular os “hackers” aos vazamentos da Vaza Jato.

Na manhã desta quinta-feira, o Ministério da Justiça divulgou nota segundo a qual os supostos “hackers” de Araraquara teriam atacado celulares usados por Jair Bolsonaro. A estratégia de Moro é transformar o escândalo que desmoralizou-o e à Lava Jato num caso de “segurança nacioal” para justitificar medidas repressivas contra o Intercept, o jornalista Glenn Greenwald e atacar a liberdade de imprensa no país. 

Numa nota de apenas quatro linhas, Moro usou a expressão “segurança nacional” duas vezes. Se agora Moro alega “segurança nacional”,  em 2016  grampeou ilegalmente uma presidente da República, Dilma Rousseff, para criar as condições para o golpe de Estado.

“O Ministério da Justiça e Segurança Pública foi, por questão de segurança nacional, informado pela Polícia Federal de que aparelhos celulares utilizados pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, foram alvos de ataques pelo grupo de hackers preso na última terça feira (23). Por questão de segurança nacional, o fato foi devidamente comunicado ao Presidente da República”.

Ecoando seu ministro, Bolsonaro foi ao Twitter e disse que a suposta invasão representa um “atentado contra o Brasil”, embora existam indícios de que os “hackers” tenham sido fabricados pelo governo.

“Por questão de segurança nacional, fui informado pela Polícia Federal e @JusticaGovBR de que meus celulares foram invadidos pela quadrilha presa na terça, 23. Um tentado grave contra o Brasil e suas instituições. Que sejam duramente punidos! O Brasil não é mais terra sem lei”, escreveu o chefe do Planalto no Twitter.

9 comentários

  • O jornalista Glenn Greeenwald está com medo

    Nesta altura do campeonato, o jornalista americano está com o que resta de seus c ** nas mãos! Evidentemente os hackers caipiras foram pagos para violar os celulares de Moro, Dallagnol e Bolsonaro. Será que foi o PT?
    A prova insofismável é a conta bancária de um dos envolvidos – quase 630 mil reais – quando a renda não passa de R$ 5.500 ! Segundo a folha as mensagens eram anônimas. Já o Glenn deixou bem claro ,fizemos o que foi necessário para proteger e esconder nossa fonte.
    O sigilo de fonte protege os jornalistas de serem obrigados a revelar as suas fontes. Mas o sigilo da fonte não protege a investigação de crimes praticados pelas fontes jornalísticas.
    O americano boitola e seus asseclas podem ser enquadrados na Lei de Segurança Nacional, visto entrarem no sigilo presidencial! Aguardemos o desenrolar dos acontecimentos.

  • rapizodia

    Jornalista respeitado mundialmente! Tratando a questão lava jato com cuidado e sem sensacionalismo! Claro! Tem as manchetes e são necessários para dispersar a curiosidade de quem passa. Vejam que as conversas se limitam ao plano público, nada do pessoal é disponibilizado, isto é jornalismo de qualidade! É óbvio que os atingidos tentam desqualificar, mas sabem que é verdade!

  • Abraham Lincoln

    Mas não há razões que justifiquem o temor de Glenn. Ele é um jornalista, não um militante que propaga a teoria conspiratória; é uma jornalista, não um membro de uma quadrilha de criminosos contumazes; é apenas veículo de comunicação, não edita as informações, não as contamina com suas perversões político-partidárias; é jornalista, não tem relação de proximidade com nenhum dos lados envolvidos na polarização extrema que tomou conta do país; é jornalista, não contribuiu de nenhuma forma, por mínima que seja, com a invasão dos celulares de autoridades públicas; foi apenas, aleatoriamente, aquele que recebeu os dados daqueles que cometeram o crime. É apenas um jornalista. Glenn, não tema, estamos com você. Como “gostamos” de dizer, SOMOS TODOS GLENN.

    • rapizodia

      Você disse boas palavras, mas me soaram sarcásticas e talvez não seja está a intenção! Quanto ao temor que Greenwald deveria ter, acho que tem razão de ser, pois vivemos em um país onde as instituições são fracas e são usadas de acordo com a conveniência daqueles que as acupam ou são subordinadas! Veja! O cidadão acha normal colocar pessoas na cadeia sem provas ou em troca de delação sem a devida prova material, somos amadores nisso! Moral, justiça, impessoalidade e honra não tem sentido para os brasileiros, somos convenientes e coniventes! Claro, alguns levantam a voz e são vítimas de chacotas e perseguições! Nossos líderes são uma piada e gostam de sê-lo, pois vivem repetindo! Nesta hora devíamos estar todos alinhados em busca da verdade e da justiça, no entanto, batemos cabeça, e olha que somos meia dúzia, imagina alguns milhares!? Cadê as organizações que foram as ruas para tirar presidente e pedir moralidade na administração, onde estão!? Não admitem o erro e continuam dando sustentação a uma ideia que a cada dia se revela mais e mais ditatorial, cadê!? E ainda riem de toda desgraça que geramos!

  • PREJUDICADO

    SO NAO ESTA PRESO AINDA PORQUE NOSSO PAIS E UMA PIADA, DUVIDO QUALQUER JORNALISTA FAZER ISSO QUE ESSE ESCROTO FEZ LA NOS ESTADOS UNIDOS E FICAR IMPUNE. DEVERIA COMER CADEIA SIM

    • rapizodia

      No seu entender, o jornalista é que é o escroto!? Tá certo! Nosso senso de ética, moralidade e justiça é um lixo mesmo, acabei de crer! Fico triste por mim e você, pois somos brasileiros e estamos vivendo isso!

  • Moro e o choro do jornalista gay

    Depois de comprar as gravações de hackers (um crime!) para divulgar a mando do PT. Certamente, o PT pagou por este serviço. O jornalista americano ganhou notoriedade pois seu site ficou “famoso”. A Folha, Veja, Globo, e jornalistas da esquerda divulgaram. Virou uma novela mexicana! Ou petista? Os petistas assistiam todos os dias.
    Alem disso, o jornalista protegeu os hackers (claro!) pois não divulgou os seus nomes porem como era esperado, a Policia Federal achou os criminosos que hackearam mais de mil políticos entre eles Bolsonaro, Moro e Guedes.
    O todo poderoso “Jornalista Gay” — casado com um deputado que sucedeu o ex deputado Jean Willys (PSOL) — ameaçou Moro dizendo que ele certamente deixaria de ser ministro devido as suas gravações kkkk Quando todo mundo sabe que só Bolsonaro pode tira-lo. Os petistas adoraram o show!!! kkkkk
    Agora o jornalista está desesperado! Começou a chorar. Faz parte! Vamos aguardar as delações dos hackers para chegar também ao PT. Ah! Já chegou! Nestas horas todos tiram a sua culpa para passar a alguém

  • Antonio Carlos Pinto

    Quantas bobagens os sabichões acima escrevem. Estão todos envoltos no canto da sereia! Ao distinto “Prejudicado”, foi no USA que jornalistas investigativos fizeram um Presidente eleito renunciar nos idos dos anos 70. Leem um pouco mais meninos! Não ficam só vidrados nas mediocridades que seu ídolo escreve quase todos os dias. Antes de falarem tantas bobagens vão ler um pouco de história da humanidade.

  • rapizodia

    Glen é jornalista respeitado e invejado por seus colegas de trabalho! Ganhador de prêmio Pulitzer, a mais alta honraria do setor! Senhores! O sujeito lidou com os vasamentos feitos por Edward Snowden na NSA americana, vocês acham realmente que o estão intimidando!? Sérgio Moro e Dellagnol que coloquem as barbas de molho por que o aperto só está começando! A melhor coisa foi a PF achar estes amadores e trazer a tona novamente este assunto ou quem me lê achava mesmo que estes eram os responsáveis!? Quem está agindo como amadores é a PF e o seu chefe mor que no desespero sai agarrando qualquer um que possa lhe dar atenção! Uma coisa é certa, acabaram-se as condecorações e palestras internacionais, pois nas boas democracias os acontecimentos daqui são inadmissíveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *