GOVERNO BOLSONARO CENSUROU NOTÍCIAS DA AGÊNCIA BRASIL SOBRE ASSASSINATO NO CARREFOUR

Deu no portal da revista Fórum:

Reportagem de Guilherme Amado, no site da revista Época neste sábado (28), revela que a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que é comandada pelo governo Jair Bolsonaro, ordenou que a Agência Brasil ignorasse o assassinato de José Alberto Silveira Freitas, morto por dois seguranças brancos em uma loja do Carrefour em Porto Alegre.

A censura teria sido ordenada por escrito aos funcionários da Agência Brasil no dia 20 de novembro, mandando que o crime fosse ignorado nas redes sociais da agência – o que foi cumprido.

A EBC é presidida pelo publicitário Glen Lopes Valente, que foi alçado por Bolsonaro ao comando da empresa após atuar como chefe dos departamentos comercial e de marketing do SBT. Ele atuou ainda como vice-presidente de marketing do HSBC no Brasil e como responsável pela área na América Latina.

Bolsonaro e o vice, Hamilton Mourão (PRTB), negam que haja racismo no Brasil e alegam que o crime está sendo usado de forma “ideológica”.

3 comentários

  • PODEM FALAR O QUE PENSAM.

    NAS RÁDIOS DA NOSSA DIOCESE, SERA QUE OS LOCUTORES “PODEM” FALAR O QUE REALMENTE PENSAM ?.

  • O mundo é racista?

    Apesar que só a Revista Fórum disse. Não acredito que Bolsonaro proibiu a Agência Brasil ignorasse o assassinato de José Alberto. Depois que a mídia inteira noticiou. Ninguem lê ou ouve essa agencia estatal de noticias.
    Acho que a mídia exagerou na morte do suposto negro João Alberto. O assassinato virou assunto na mídia internacional! Isso levou ao vandalismo que chamaram de protesto. Alem de falar que o Brasil é um país racista. Pareceu que o Bolsonaro e o seu vice são culpados pelo racismo brasileira. Politizaram a morte do João Alberto. Porque?
    Fato como esse acontece no mundo inteiro. Então o mundo é racista! É preciso cobrar de quem se beneficia de falar que o Brasil é um pais racista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *