IMAGEM

Produtores rurais da região protestaram contra uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa que, ao fim e ao cabo, provocaria aumento no ICMS cobrado sobre alimentos. Como se vê na foto, os deputados Itamar Borges, Carlão Pignatari e Analice Fernandes estão entre os alvos do protesto.

Muito justa a manifestação, mas eu aposto que a maioria dos manifestantes votou em João Dória e nos deputados citados. E o que é pior: em 2022, eles votarão novamente nessa mesma turma.

5 comentários

  • Doria cancelou corte de benefício para insumo agrícola de alimentos e genéricos

    Antes da pandemia, estados e a união já estavam endividados. Agora então, piorou! Bolsonaro disse “estamos quebrados”. Com o auxilio emergencial e compra da vacina.
    As inúmeras ações implementadas para conter o avanço da pandemia provocada pelo novo coronavírus trouxeram impactos em todos os setores da economia.
    Entre eles, os cofres públicos, que tiveram diminuição na arrecadação de tributos devido à desaceleração da atividade econômica.
    São Paulo vai deixar de pagar temporariamente R$ 7,2 bilhões da dívida pública do estado com a União por causa do enfrentamento da crise do coronavírus em São Paulo.
    De acordo com Doria, a suspensão dos pagamentos vai até até julho e corresponde a R$ 1,2 bilhão por mês. Nesse momento, esses recursos vão ser utilizados para oferecer infraestrutura aos hospitais públicos e o atendimento da população do nosso estado, frente a guerra contra o coronavírus.
    Para pagar a divida, Dória vai ter que aumentar a carga tributaria. De onde, eu não sei?

  • so jumento votou no bozo

    H I P Ó C R I T A S

  • Anônimo

    A LEI Nº 17.293, DE 15 DE OUTUBRO DE 2020, trata também de outras questões:

    Da Extinção de Entidades Descentralizadas
    Artigo 1º – Fica o Poder Executivo autorizado a promover a extinção das seguintes entidades descentralizadas:
    II – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo – CDHU, cuja constituição foi autorizada pela Lei nº 905, de 18 de dezembro de 1975,

    Alguém protestou? Ou não estão sabendo?

  • Anônimo

    Aaaah, e no Projeto também discutia sobre o veículo para Pessoa com Deficiência (PCD):]

    o PL 529/2020 do governador João Doria ainda restringe o alcance do benefício de isenção do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) na compra de carros zero quilômetro para pessoas com deficiência (PCDs) .

    Hoje a lei permite a isenção de IPVA a pessoas com deficiência física, visual, mental severa ou profunda, autistas; e o beneficiário não precisa ser o condutor do veículo. Se o PL de Doria for aprovado, o benefício passará a ser restrito a pessoas com deficiência física “severa ou profunda”, que porém “permita a condução de veículo automotor especificamente adaptado e customizado para sua situação individual”. Ou seja, o PCD ainda precisa ser o condutor do veículo para ter direito à isenção.

    Houve protestos?

    https://spbancarios.com.br/09/2020/pl-529-de-doria-restringe-isencao-de-ipva-para-pcds#:~:text=Hoje%20a%20lei%20permite%20a,ser%20o%20condutor%20do%20ve%C3%ADculo.&text=Ou%20seja%2C%20o%20PCD%20ainda,para%20ter%20direito%20%C3%A0%20isen%C3%A7%C3%A3o.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *