21 comentários

  • mané

    PELO FIM DA LAVA-JATO E PUNIÇÃO PARA OS TRAIDORES DA PÁTRIA!

    https://vozoperariarjcom.files.wordpress.com/2019/03/lavajatofdp.png?w=840

    O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, na tarde da última quarta-feira (13), que crimes comuns que guardam relação com delitos eleitorais, tais como corrupção e lavagem de dinheiro, devem ser julgados pelo Tribunal Eleitoral. Os ministros Marco Aurélio, Celso de Mello, Ricarno Lewandowsi, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli e Gilmar Mendes votaram para valer o que está na lei, enquanto os ministros Fachin, Cármen Lúcia, Rosa Weber, Luiz Fux e Barroso votaram contra a Constituição.
    Assim, o STF contrariou parcialmente os interesses da Lava-Jato, pois esse último estava sequestrando os crimes eleitoras para fazer fortuna com o mercado de delações e acordos de leniência. O STF também decidiu, através do Ministro Dias Toffoli, abrir inquérito para investigar os ataques ao STF e aos membros da Corte dirigidos por parte de integrantes da Operação Lava-Jato.
    Foi barrada a criação da fundação privada que visava o achaque do dinheiro público, em uma soma inacreditável de R$ 2,5 bilhões. As recentes denúncias de compra de delações revelou ao Brasil que esses procuradores e juízes da Lava-Jato usam “o combate à corrupção” para enriquecer. Por exemplo, apenas com palestras, no ano de 2017, Dallagnol chegou a receber um valor de R$ 360 mil a R$ 480 mil por 12 palestras remuneradas.
    Nessas denúncias de compra de delações, outro ponto importante é a relação entre as milícias, com a operação que resultou na prisão dos dois assassinos da vereadora e militante Marielle Franco, com as práticas adotadas pelos gangsters lavajateiros. Milicias e Lava-Jato, ambos recorrem a intimidação, ameaça, vazamentos seletivos na imprensa, assassinatos de reputação, outra com assassinatos físicos, dentro da mesma lógica de disputa de poder.
    O representante maior da Lava-Jato, o juizeco de Curitiba, Sergio Moro, está intimamente ligado ao governo miliciano de Jair Bolsonaro, e esse fato desnuda as relações mafiosas dessa operação golpista com a milícia que assaltou o Palácio do Planalto através da fraude eleitoral. O silêncio covarde e conivente com as denúncias de relação entre Bolsonaro e seus filhos com milicianos até agora não foram explicadas pelo “baluarte da moral da nação”, o mafioso Moro.
    Ainda em 2014, quando foi iniciada a Lava-Jato, denunciávamos que o combate contra a corrupção era uma falácia para levar ao poder uma máfica poderosa, com apoio do judiciário, mídia e militares. Na época denunciávamos que a Lava-jato estava destruindo a economia fluminense com ataque criminosos contra a Petrobrás [maior empresa do nosso estado] e as empresas da construção civil. Causaram 2,5 milhões de desempregados direta e indiretamente, até agora o Juiz lavajateiro Witzel não deu e em vai dar uma resposta para essa massa de desempregados.
    Sabotaram a economia nacional para desestabilizar o governo Dilma, porém, naquela época, raríssimas exceções dentro da esquerda condenavam a Lava-Jato. Deixando-se levar pelas pressões da “opinião publicada”. Figuras como Marcelo Freixo, Luciana Genro, Tarso Genro e outros foram ferrenhos defensores da Lava-Jato.
    A Lava-Jato é uma operação desenhada dentro do Departamento de Justiça dos EUA que serviu para desmontar nossa ciência e tecnologia, o programa nuclear brasileiro, a indústria naval, petroquímica, complexo da defesa, construção civil, complexo de carnes entre outras em beneficio dos interesses corporativos e transnacionais dos Estados unidos.
    Inúmeros são os crimes da Lava-Jato, tais como: o mercado das delações, as intimidações, as práticas de tortura [em especial através do cerceamento da liberdade para garantir delações], o enriquecimento de escritórios de advogados amigos de procuradores e juízes, o mercado dos acordos de leniência, a violação de centenas de leis nacionais e internacionais, a gestão de recursos públicos através da justiça e outros crimes. Formou-se assim uma milicia fascista dentro da justiça brasileira que tem como tarefa principal sabotar, impedir o desenvolvimento científico e industrial da pátria e instituir um Estado de permanente controle fascista policial.
    Não esperamos que as instituições do golpe, que no geral concordam com o programa entreguista, lesa-pátria e desnacionalizante da Lava-Jato destrua essa operação fascista. A saída não é institucional, mas sim através da mobilização popular para fechar essa operação criminosa e reverta os danos à nação. O fiasco das mobilizações da direita nesse último sábado [17 de março] pró-lava-jato revelam que a base social deles está secando.
    É fundamental que fique claro para o conjunto dos trabalhadores brasileiros a trama montada pela Lava-Jato contra a pátria. É fundamental lutar pela anulação de todas sentenças fraudulentas e criminosas da Lava-jato, independente de quem sejam as vitimas. Libertar todos os presos políticos, em especial o Presidente Lula. Punir todos juízes, delegados, procuradores e advogados que cometeram crimes de lesa-pátria sob mando dos EUA.
    STF acabou descobrindo os verdadeiros Corruptos

  • Policarpo Quaresma

    É Fake…

    Nosso Presidente é o BOLSOMIJO

  • Enfermeiro cubano

    PRESTEM ATENÇÃO NA FALA DO MILICIANO BOLSONARO SOBRE O BRASIL-NOS EUA. ESSE É O HOMEM DA DIREITA FASCISTA E DO MPF DE CURITIBA.

    https://www.diariodocentrodomundo.com.br/wp-content/uploads/2019/03/captura-de-tela-2019-03-17-as-22-46-30-600×372.png

    Bolsonaro levou aos Estados Unidos uma agenda de traição à Pátria, não de soberania.
    Bolsonaro embarca para Washington, com uma agenda que não atende aos interesses da Nação brasileira
    Um dos assuntos que Jair Bolsonaro tratará com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é a Amazônia, que faz parte do território brasileiro.
    Os detalhes da pauta não foram detalhados, mas assessores de Bolsonaro adiantaram que fará parte das conversas a atuação das ONGs na região.
    Por que Bolsonaro levará ao líder de uma potência estrangeira assunto que caberia ao Brasil resolver, soberanamente?
    A resposta, ele mesmo deu durante a campanha, quando, em mais de um encontro, disse que Amazônia não é território brasileiro.
    Em um vídeo postado hoje nas redes sociais, ele afirmou:
    “Tenho me aproximado do governo americano, sim. Já tive reuniões com embaixadores. O que eu tratei? A Argentina falou que as Malvinas eram deles em 1982 e… perderam! A Amazônia é nossa? Com todo respeito, só uma pessoa que não tem qualquer cultura fala que é. Não é mais nossa.”
    Em outro encontro, na Federação das indústrias do Rio Grande do Norte, ele destacou:
    “Temos que nos aproximar — infelizmente, eu tenho que falar para os senhores isso — belicamente nuclear e democrático. Não tem outro caminho.”
    E repetiu o discurso da Argentina, que, soberanamente, reivindicou a propriedade das Malvinas.
    “Como começar a reverter isso? Como eu disse, vamos nos aproximar de países bélicos, nuclear, democrático, uma potência, e há interesse por parte desse país e nosso, podemos buscar parcerias. E não adianta dar uma de machão e levantar a espada e dizer: ‘A Amazônia é nossa’. Não é. Com muita tristeza, eu digo isso, como capitão do Exército brasileiro, como cidadão, como patriota, mas é uma realidade. E temos como explorar, em parceria, esta região”, discorreu.
    Na época, Bolsonaro era candidato, cidadão sem as prerrogativas de presidente, e nessa condição poderia, numa interpretação extrema, sem enquadrado na Lei de Segurança Nacional — de 1983, sancionada no período da ditadura militar.
    Diz a legislação, em seu artigo 9o., que constitui crime contra a segurança nacional:
    “Tentar submeter o território nacional, ou parte dele, ao domínio ou à soberania de outro país.”
    A pena prevista: reclusão, de 4 a 20 anos.
    Como presidente da república, se levar adiante essa intenção, Bolsonaro comete crime de responsabilidade, como define o artigo 5o., inciso 2, da lei 1.079 de 1950:
    “Tentar, diretamente e por fatos, submeter a União ou algum dos Estados ou Territórios a domínio estrangeiro, ou dela separar qualquer Estado ou porção do território nacional.”
    No pacote que levará a Trump, Bolsonaro também tratará do arrendamento da Base de Alcântara, no Maranhão, o local privilegiado para lançamento de satélites, outra medida que foi tentada no governo de Fernando Henrique Cardoso e foi rejeitada pelo Congresso Nacional, por representar ameaça à soberania do país.
    Bolsonaro também avança o sinal quando cogita oferecer a Trump o ingresso de cidadãos ao território brasileiro sem visto — com a concordância de que aos brasileiros que tentarem o caminho inverso será mantida a restrição.
    A medida, em si, é vexatória, mas não ilegal. Porém, somada a outras declarações dele, dadas durante a campanha, podem representar outra violação da lei que define os crimes de responsabilidade, o de atentar contra a dignidade do Brasil (artigo 5o, inciso 6: celebrar tratados, convenções ou ajustes que comprometam a dignidade da Nação).
    Em uma das ocasiões em que anunciou a convite que faria aos Estados Unidos para ajudar a explorar a Amazônia, ele atacou os brasileiros, ao dizer que o Brasil é um lixo.
    “Eu vejo imbecis dizendo: Olha a França que coisa linda, uma seleção multirracial. Vamos colocar 10 milhões aqui de venezuelanos ou do pessoal do norte da África para ser campeão, quem sabe, em 2022 ou 2026. Que legal, hein? A gente bota mais 20 milhões aqui dentro, como encheram de haitianos aqui em São Paulo. Lá no plenário um petralha gritou: ‘Se fosse da Suécia, você não estava criticando. Ô imbecil, tu acha que o da Suécia vai querer esse lixo aqui”.
    A seu lado, Eduardo Bolsonaro, atualmente presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, aplaudiu.
    Eduardo Bolsonaro adaptou o discurso do pai hoje, já em Washington, quando declarou, como se fosse da Comissão de Relações Exteriores dos Estados Unidos, e não do Brasil:
    “O brasileiro que vem para cá de maneira legal é bem-vindo. Brasileiro ilegalmente fora do país é problema do Brasil, é vergonha nossa”.
    A comitiva liderada por Jair Bolsonaro, que falará em nome do Brasil diante das autoridades americanas, não se comporta como representante de um país soberano.
    Não é exagero dizer que fazem o papel de traidores da Nação brasileira.
    Isso, sim, é uma vergonha.
    Isso é o que a Direita brasileira quer, ou seja entregar aos poucos nosso país ao Imperialismo norte americanos, Onde já se viu um presidente de um país ( Brasil ), disser a jornalistas americanos que seu país é um Lixo e que a Amazônia não é nossa, só um presidente Psicopata e Imbecil.

  • Picolé

    Gostaria de ter uma resposta

    OS GENERAIS SILENCIAM SOBRE O MAIOR CONTRABANDO DE ARMAS DE GUERRA APREENDIDO NO CONDOMÍNIO DO PRESIDENTE. COMO ENTRARAM AQUI?

  • Enfermeiro cubano

    A QUE PONTO CHEGAMOS!!!!!!!!!!!

    https://www.brasil247.com/images/cache/1000×357/crop/images%7Ccms-image-000623434.jpg

    O desespero dos procuradores da Lava Jato e de várias pessoas da ultra direita brasileira com relação à decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) a redirecionar os crimes de caixa dois para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) chegou a um nível inédito de virulência; o pastor e procurador Deltan Dallagnol publicou o seguinte tuíte: “De um Ministro do STF: ‘Se depois disso a gente ainda derrubar a prisão em segunda instância, vão depredar o prédio do Supremo’. E eu sou capaz de sair para jogar pedra também”

  • Enfermeiro cubano

    http://www.esquerdadiario.com.br/local/cache-vignettes/L653xH368/arton27874-46549.jpg?1551341390

    Reforma da previdência ataca os pobres e trabalhadores e protege políticos
    Enquanto os militares e juízes ficaram totalmente de fora da nova proposta da reforma da previdência, assim como os membros da “velha política” vemos um ataque ainda mais profundo sobre os trabalhadores, em especial os professores.

  • Enfermeiro cubano

    PA,OCCI CHEGOU EM DEPOIMENTO COM ANOTAÇÕES QUE O MP DE CURITIBA PEDIU PARA ESCONDER DA CÂMARAalocci
    https://lula.com.br/wp-content/uploads/2019/03/Captura-de-Tela-2019-03-18-a%CC%80s-15.01.56.png

    Antonio Palocci depôs hoje na Justiça Federal em uma ação contra Lula sobre a compra dos caças suecos no governo Dilma Roussef.
    Palocci foi incluído pelos procuradores como testemunha de acusação meses depois do fim dos depoimentos das testemunhas de defesa e da acusação. O incrível é entender porque tanto esforço dos procuradores em ouvi-lo, se ao depor hoje Palocci disse não saber nada dos caças suecos como registra matéria da CBN. O que Palocci teve foi palco para fazer mais acusações sem nenhuma prova -alguma gravação, algum depósito, algum registro, alguma prova, qualquer uma que justifique seu acordo de delação premiada.
    O que fica mais estranho é que o depoimento de hoje nasceu de outro no dia 26 de junho de 2018, quando Palocci depôs aos procuradores de Brasília da Operação Greenfield sobre fundos de pensão, com um papel de anotações onde se lia “Lula – caças, submarinos e helicópteros”. Ele já chega com essa anotação no depoimento antes de qualquer pergunta dos procuradores que marcaram o interrogatório sobre outro assunto. Depois desse depoimento, o MP insistiu para ele ser ouvido nessa ação sobre os caças suecos, onde ele faz novas acusações, sem provas ou relação com audiência: disse que tinha ouvido falar de propinas entre os ex-presidentes Lula e Sarkozy na compra de submarinos, helicópteros e caças (que no final não aconteceu) da França. De novo, sem provas ou maiores detalhes.
    Palocci, que tem como advogado um dos “reis da delação” de Curitiba, Adriano Bretas, já chegou no depoimento dos procuradores em junho de 2018 com o script das acusações anotado em papel, acertadas sabe-se lá com quem. Os procuradores se incomodam ao perceber que a câmera registra as anotações e pedem para que ele esconda a folha com as anotações para a câmera.

    Por que Palocci chegou para o depoimento de uma operação sobre Fundos de Pensão com anotações sobre caças, entre outras anotações no papel, que precisavam ser escondidas?

  • Enfermeiro Americano

    EU JÁ IMAGINAVA.

    https://www.brasil247.com/images/cache/1000×357/crop/images%7Ccms-image-000624177.jpg

    CNN acusa Bolsonaro de ser mandante da morte de Marielle.
    A CNN no Chile reforçou que a polícia do Rio “capturou dois policiais militares supostamente assassinos” da ex-vereadora Marielle Franco: Ronnie Lessa, 48, que atirou 13 vezes no veículo, e Élcio Vieira de Queiroz, 46. O canal diz haver “várias pistas que apontam para uma figura altamente conhecida: o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro”.
    “O assassino vivia no mesmo condomínio que Bolsonaro. Ronnie Lessa, o ex-policial que atirou, morava no condomínio Vivendas da Barra, no bairro da Barra da Tijuca. Curiosamente, Jair Bolsonaro também tem uma casa neste condomínio, e seu filho Carlos Bolsonaro vive lá, o motorista e figura de proa de Flávio Bolsonaro, Fabrício de Queiroz, e outros conselheiros do filho primogênito do presidente”, diz o texto do veículo.
    A CNN também ressalta que “a filha do assassino era a namorada de um filho de Bolsonaro”. “Outro antecedente que surgiu associado ao anterior é que o filho de Bolsonaro, Jair Renán, de 20 anos, era namorado da filha de Lessa, a assassina. Consultados sobre o assunto, os promotores descartaram que essa informação tivesse importância”, continua. “Quem dirigia o carro tinha uma foto com o Bolsonaro”, acrescenta.

  • Enfermeiro Americano

    PODE O VEREADOR MILICIANO DO RJ DESPACHAR EM BRASILIA EM NOME DE SEU PAI JAIR BOLSONARO MILICIANO.

    https://twitter.com/CarlosBolsonaro/status/1107673924572188672/photo/1

    CARLOS BOLSONARO VISITA CÂMARA E DESPACHA PEDIDOS DO PRESIDENTE. ISSO PODE?
    A atitude do filho de Jair Bolsonaro foi fortemente criticada nas redes sócias, dando ao vereador até um novo apelido: vereador federal
    O vereador do Rio de Janeiro e filho do presidente da República, Carlos Bolsonaro, está em Brasília e, segundo ele postou no Twitter, desenvolve “linhas de produção solicitadas pelo Presidente Jair Bolsonaro”. Além disso, Carlos diz que, na passagem pela capital federal, também conversa com deputados.
    Em Brasília. Dentre muito o que conversar com amigos Deputados Federais e desenvolvendo linhas de produção solicitadas pelo Presidente Jair Bolsonaro.
    “Vereador federal”
    Apesar da positividade de Carlos, os internautas não gostaram da atitude do vereador. O post foi respondido com: “Você é vereador do Rio, não deputado”. Outros comentaram que “não sabiam que a Câmara dos Vereadores do RJ tinha mudado para Brasília”.
    O filho do presidente recebeu ainda o apelido de “vereador federal” e recebeu parabéns por ser o primeiro do Brasil.

  • eu

    O PRESIDENTE DO BRASIL JAIR BOLSONARO O MILICIANO-PARA A ALEGRIA DOS BRASILEIROS DA DIREITA MALDITA-ACABA DE ENTREGAR A BASE DE ALCÂNTARA AOS EUA-O PSICOPATA AOS POUCOS ESTA ENTREGANDO O BRASIL AO IMPERIALISMO AMERICANO-PRIMEIRO FOI A NÃO NECESSIDADE DE VISTO DOS AMERICANOS PARA ENTRAR NO BRASIL-E DEPOIS AOS POUCOS VAI ENTREGAR A AMAZÔNIA-OS SENHORES DA DIREITA FASCISTA E BURRA ESTÃO SATISFEITOS?

    GOVERNO BRASILEIRO ASSINA ACORDO PARA USO DA BASE DE ALCÂNTARA PELOS EUA PARCERIA ERA DISCUTIDA DESDE 2000

    O governo brasileiro assinou nesta 2ª feira (18.mar.2019) o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, que permite o uso comercial da base de Alcântara, no Maranhão, pelos Estados Unidos. O lugar é 1 dos centros de lançamentos de foguetes da FAB (Força Aérea Brasileira).
    Apesar da assinatura, os EUA não ficam autorizados desde já a utilizar a base. A medida precisa ser chancelada pelo Congresso Nacional
    A parceria entre os 2 países é pauta desde 2000, quando o então presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso (PSDB) assinou 1 acordo com o americano George W. Bush.
    No entanto, a proposta foi barrada pelo Congresso Nacional, que alegou que o AST, como é conhecido, fere a soberania nacional.
    Atualmente, 80% do mercado espacial usa tecnologia americana, por isso, a falta de 1 acordo de proteção limita o uso da base brasileira.
    A base de Alcântara tem como principal objetivo o apoio logístico e a infraestrutura para a realização dos trabalhos desenvolvidos na área espacial brasileira. Por ser próxima a linha do equador, o consumo de combustível para o lançamento de satélites é menor em comparação com bases em latitudes maiores.
    Gostaram seus Fascistas?

  • mané

    POR MARCOS MORTARI
    Avaliação negativa de Bolsonaro cresce 7 pontos em um mês, mostra XP/Ipespe..
    Nível de “ótimo” ou “bom” atribuído à gestão Bolsonaro é mais baixo do que o registrado por outras pesquisas durante os governos Collor, FHC, Lula e Dilma.
    Antes de completar 3 meses de governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve sua primeira queda no nível de aprovação e elevação de rejeição junto à população. É o que mostra a quinta pesquisa mensal da série XP/Ipespe, realizada entre os dias 11 e 13 de março.
    Segundo o levantamento, as avaliações positivas (“ótimo” ou “bom”) do presidente caíram de 40% em fevereiro para 37%, ao passo que as negativas (“ruim” ou péssimo”) saltaram de 17% para 24% no mesmo período. Já o grupo de eleitores que veem o governo como “regular” se manteve em 32%, enquanto 8% não souberam ou não quiseram opinar.

  • eu

    Junior********inicialmente a Ameba Chupeteira é suas querida mamãe ela não chupa ela engole.
    Em segundo lugar o Brasil já entregou para os EUA o pré sal, quer entregar a Amazônia, liberou visto para os turistas americanos, mas os brasileiros para irem aos EUA terão que ter o visto caso contrário não entram , disse a jornalista americanos e brasileiros que o Brasil é um lixo e ele foi eleito, para derrubar o país e depois concertar com ajuda americana, disse também que os brasileiros que vive ilegalmente nos EUA, são lixos e perigosos e acabou de entregar a base de Alcântara também aos americanos.
    Em terceiro lugar a capacidade de recuperação da economia brasileira está praticamente arruinada com as vergonhosas medidas entreguistas e temerárias de Michel Temer e de Jair Bolsonaro, que estão minando o poder de compra do povo brasileiro, desarticulando os órgãos responsáveis pelas medidas de redistribuição de renda, entregando nossas riquezas e nosso patrimônio a preço de banana para a agiotagem internacional, outorgando privilégios ao mercado financeiro e concedendo absurdas isenções (em um só leilão do petróleo, o Brasil abriu mão de um trilhão de reais de receitas).
    Em quarto lugar só um doente mental e Imbecil igual a você pode dizer que prefere o imperialismo americano, a maioria dos brasileiros preferem um país democrático onde todos tem o direito de ir ,vir, falar e ouvir, ou seja a liberdade, igualdade e fraternidade.
    Em quinto lugar que colocou nesse seu cérebro de merda que alguém esta querendo entregar nosso país ao comunismo, o brasil quer o livre arbítrio comercial independente do que o outro país for.
    Em sexto lugar seu Merda o Brasil não comercializa com a China, com a Coreia do Norte, com a Russia etc……por favor vai comer capim, pois teu mal é a fome.

  • eu

    Coaf: filha de Queiroz repassou 80% de salário para o pai.

    https://cdn-istoe-ssl.akamaized.net/wp-content/uploads/sites/14/2019/01/nathalia-418×235.jpg

    Um novo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) enviado ao Ministério Público do Rio (MP-RJ) mostra que houve movimentações atípicas na conta corrente de Nathália Melo de Queiroz, filha de Fabrício Queiroz. Segundo O Globo, ela repassou o equivalente a 80% do total de R$36,6 mil que ganhou como assessora do então deputado federal e atual presidente Jair Bolsonaro entre junho e novembro de 2018.
    O nome de Nathália apareceu após um relatório do Coaf apontar que ela fez repasses a Queiroz em 2016, quando ainda era assessora de Flávio Bolsonaro na Alerj.
    A Promotoria suspeita que Queiroz tenha praticado “rachadinha”, na qual funcionários repassam parte ou totalidade de seus salários a parlamentares.

  • eu

    HBO FFAZ DE Bolsonaro DEBOCHE MUNDIAL.
    Deboche internacional: nem arminha ajuda
    Bolsonaro é um vocacionado para virar notícia internacional. Desde sua candidatura, por conta do esfaqueamento ainda em investigação, ele é notícia. Não exatamente por razões edificantes e que poderiam orgulhar eleitores ou mesmo a oposição. Agora foi o centro do popular Last Week Tonight, do apresentador e comediante John Oliver. Oliver disse que o presidente cometeu um “inesperado ataque” ao Carnaval brasileiro. E que não iria mostrar o vídeo. “Esta é a HBO, não exibimos vídeos indecentes”, diz Oliver.
    Bolsonaro postou um vídeo em que um homem mexia no próprio anus antes de levar jatos de urina na cabeça – um ato chamado Golden Shower. Depois o mesmo Bolsonaro pergunta o que viria a ser aquela expressão.
    Curiosamente, o presidente que tanto faz para virar alvo de bullying e ser desrespeitado nas redes agora decidiu trocar embaixadores. Acredita que é por causa deles que sua imagem anda tão ruim no exterior. Falta espelho no Planalto?

  • eu

    BOLSONARO NÃO ESCAPOU DA FOX NEWS, QUE EXPÔS SUA BOÇALIDADE
    Carolina Antunes/PR

    Contumaz fugitivo de entrevistas, desta vez Jair Bolsonaro não teve como escapar, e a Fox News, rede associada à Donald Trump, pode fazer suas perguntas ao mandatário brasileiro; a emissora surpreendeu e não aliviou para o “Trump dos trópicos”; fez, a rigor, as perguntas que a imprensa independente brasileira vem se fazendo há meses; desde a ligação com a execução de Marielle Franco até a ligação com as milícias, a repórter Shannon Bream quebrou o protocolo de inércia que a imprensa tradicional brasileira trava com a atual presidência
    A reportagem do jornal O Globo destaca que “o presidente Jair Bolsonaro comentou aspectos variados de seu governo em entrevista à Fox News transmitida na madrugada desta terça-feira no Brasil, de acusações de possíveis vínculos com um dos acusados do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) ao vídeo de uma cena de escatologia que divulgou no Twitter após o carnaval, passando por Venezuela e imigração nos EUA.”
    Segundo a matéria, que destacou a exclusividade da entrevista feita pela jornalista Shannon Bream, “Bolsonaro destacou a sua admiração pelo ocupante da Casa Branca e apoiou as suas políticas restritivas para a imigração, incluindo a construção do polêmico muro na fronteira com o México, adotando a mesma retórica de demonização de imigrantes do republicano. Bolsonaro chegou a afirmar que a política imigratória de Trump se relaciona à manutenção da democracia no hemisfério Sul.”
    Ele disse: “a grande maioria dos imigrantes em potencial não tem boas intenções nem quer o melhor ou fazer bem ao povo americano — afirmou. — Eu gostaria muito que os EUA levassem adiante a atual política de imigração, porque em larga medida nós devemos a nossa democracia no Hemisfério Sul aos Estados Unidos.”
    Em meio às habituais declarações erráticas e sem nexo, Bolsonaro falou sobre a situação da imigração internacional: “acho justo dizer que os americanos que pensam [positivamente] sobre o socialismo devem olhar para a experiência da França, onde as fronteiras estão abertas para receber refugiados sem qualquer tipo de seleção ou de filtro — afirmou. — E ter fronteiras abertas em minha visão é uma visão absolutamente ruim. Não é uma decisão nada boa. Nós concordamos com a decisão de Trump sobre o muro.”
    O jornal O Globo relembra o que Bolsonaro esqueceu: “Bolsonaro ignorou o fato de que a França aprovou em agosto de 2018 uma nova lei de imigração e asilo sob a iniciativa do presidente Emmanuel Macron que endurece a obtenção de asilo no país. A nova legislação dificulta inclusive os recursos possíveis na Justiça, além de aumentar de 45 para até 90 dias o período de detenção de imigrantes ilegais.”

  • mané

    PRESIDENTE DO SENADO DO CHILE RECUSA CONVITE PARA ALMOÇO COM BOLSONARO.

    Ele afirma que não pode homenagear quem ‘se manifesta contra minorias sexuais, mulheres e indígenas’. Governistas criticaram a atitude como ‘pouco republicana’.
    O presidente do Senado do Chile, Jaime Quintana, afirmou nesta terça-feira (19) que recusou um convite do presidente do país, Sebastián Piñera, para participar do almoço que será oferecido ao presidente Jair Bolsonaro.
    Quintana, do Partido pela Democracia, de centro-esquerda, assumiu o comando do Senado na semana passada. Ele afirmou que participará nesta quinta-feira dos atos envolvendo a visita do presidente da Colômbia, Iván Duque, mas que não estará em nenhum evento da programação de Bolsonaro em solo chileno.
    “Não estarei sábado em La Moneda (palácio presidencial), por convicção política e também porque tenho uma agenda regional já confirmada”, disse Quintana, em entrevista publicada no site do jornal “La Tercera”.
    Numa conta em rede social, Quintana esclareceu melhor sua posição: “Em uma visita oficial (não de Estado), o Senado não tem obrigação de participar. O presidente Piñera nos convidou para almoçar em homenagem a Bolsonaro e como Mesa (que comanda o Senado) decidimos não ir. Minha convicção não me permite homenagear aqueles que se manifestam contra minorias sexuais, mulheres e indígenas”, escreveu.
    O PRESIDENTE DO CHILE DO DO PSICOPATA E DOS ARMAMENTOS DO MILICIANO.

  • ANONIMO

    Complô de Moro contra Lula tem registro histórico.

    https://blogdacidadania.com.br/wp-content/uploads/2019/02/thumb.jpg

    A eleição de Jair Bolsonaro como presidente e a prisão do presidente que mais melhorou a vida do povo, Lula, são fatos consumados e os efeitos nefandos que acarretarão ao povo não podem mais ser evitados. Porém, a história já tem PROVAS de que a prisão de Lula e a eleição de Bolsonaro derivam de uma única e gigantesca trapaça urdida pelo ex-juiz Sergio Moro.
    Há uma infinidade de artistas, intelectuais, jornalistas, grandes empresários, e tantas outras pessoas públicas que se deixaram enganar por Sergio Fernando Moro, um ex-magistrado, ex-escritor, ex-professor universitário e atual ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil.
    oro ganhou enorme notoriedade nacional e internacional por comandar o julgamento em primeira instância que condenou o ex-presidente Lula à prisão, sendo essa a primeira vez na história do Brasil em que se condenou criminalmente um ex-presidente da República.
    O portal G1, da Globo, elencou as “provas” que Moro usou para condenar Lula
    Resumo das provas e argumentos citados na decisão de Sergio Moro:********
    ***Depoimento de Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS e réu no processo;
    ***Depoimento de Agenor Franklin Magalhães Medeiros, diretor da área de Óleo e Gás da Construtora OAS e réu no processo;
    ***Mensagens de celular de Leo Pinheiro se referindo ao projeto do “chefe” e da “madame”, que seriam Lula e sua esposa Marisa Letícia;
    ***Testemunhos de funcionários da OAS, de empresas contratadas para a reforma do triplex e de funcionário do edifício Solaris sobre as obras e visitas de Lula e Marisa ao imóvel;
    ***Documentos rasurados sobre imóvel no condomínio em Guarujá encontrados na casa de Lula; em um formulário sobre financiamento de apartamento onde o número desse apartamento foi riscado e colocado outro número em cima.
    Como se vê, não existe, na condenação de Lula, nenhuma prova cabal. Tudo se baseia em acusações sem provas de delatores. Apenas evidências que mal serviriam para abrir um processo.
    Moro foi criticado por juristas de todo o mundo pela sentença contra Lula.
    E, devido à condenação questionável, Moro foi acusado de atuar com viés político, ao que respondia que tal viés não existia porque ele jamais entraria para a política.

  • anonimo

    ESTÃO ARMANDO PARA O PRESIDENTE LULA ALERTAM GLEISI E PIMENTA:
    Presidenta nacional do PT e líder do Partido na Câmara falam sobre a presença do delegado Filipe Pace no depoimento do ex-presidente ao MPF.

    https://pt.org.br/wp-content/uploads/2019/03/gleisi_pimenta-780×440.png

    A presidenta nacional do PT, deputado federal Gleisi Hoffmann, e o líder do Partido na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta, publicaram nesta quarta-feira (20) um vídeo em que fazem um alerta sobre os próximos passos da Lava Jato: “Estão armando para o presidente Lula”.
    Nesta sexta-feira (22) o ex-presidente fará um depoimento de quatro inquéritos na Polícia Federal do Paraná e quem está coordenando este processo é o delegado Filipe Pace, o mesmo que é acusado em uma ação de reparação de danos por Lula.
    Pace acusa, sem provas, Lula de ser o “amigo” na lista da Odebrecht e tenta usar o delator profissional Antonio Palocci para comprovar sua tese sem fundamento. “Nós não temos dúvida de que o que vai acontecer na sexta-feira é uma armação para que o delegado livre a sua cara da ação que Lula colocou contra ele”, completa Gleisi.
    Pimenta complementa o raciocínio de Gleisi. “Ele quer que o delator, que o Palocci, confirme as acusações que ele fez contra o Lula e não conseguiu provar para tentar livrar sua responsabilidade de ser condenado pelas denúncias que o Lula fez de perseguição e mentiras que ele utilizou contra o presidente Lula.”
    E conclui apontando os interesses dos procuradores da Lava Jato e do delegado. “A Lava Jato está sendo desmascarada, mas quanto mais eles estão sendo atacados, mais eles querem reagir. E sempre que eles estão acuados é no Lula que eles tentam achar uma maneira de recuperar o protagonismo e um espaço na mídia que neste momento eles estão perdendo muito.”
    Vale lembrar que a Lava Jato está na mira tanto da Procuradoria-Geral da República quanto do Supremo Tribunal Federal pela tentativa de criar uma fundação junto aos Estados Unidos com dinheiro público brasileiro, um projeto totalmente inconstitucional e criminoso.

  • jALES

    “BOLSONARO TEM ATRAÇÃO POR HOMENS” AFIRMA ESPECIALISTA EM NEUROLINGUÍSTICA -EUA –

    https://ovexame.com.br/wp-content/uploads/2019/03/bolsonarogay.jpg

    A declaração do especialista, não é de surpreender a repercussão do sinal de viralatismo de Jair Bolsonaro, e o que também não há surpresa também em boa parte dos seus eleitores, já que na pagina do facebook chamada “homens de calcinha” se denunciam vários dos extremista a favor da família, o modo comportamental do presidente da republica demonstrou êxtase sexual em sua visita a casa branca, “se tivesse um rabo todos veriam balançar” afirmou na tarde do dia 19/03/2019, a linguagem corporal do sujeito era de uma garotinha apaixonada por bad boy em plena puberdade, sem nenhuma ressalva disparou criticas ao afirmar que todo grande machão esconde uma calcinha especial, completou dizendo, Freud explica, mas eles não acreditam!

  • Jales

    MENOS DE 25% DOS BRASILEIROS AINDA ACREDITAM NO GOVERNO DE BOLSONARO.

    https://ovexame.com.br/wp-content/uploads/2019/03/bosonarocuz%C3%A3o-1024×576.jpg
    Em pesquisa divulgada no inicio de janeiro, ja demonstrava que o gráfico do governo tendia a uma queda rápida, isso se deve ao fato de que Bolsonaro foi eleito simplesmente por ser um desconhecido de quem muitos falavam bem, mas logo quando começaram ver os terrores que ele produzia em forma de palavras, seu apoio ja começara cair mesmo durante a campanha, em janeiro a avaliação do seu governo era de 68% de bom e ótimo, 17 dias depois uma nova pesquisa apontou que apenas 38% achavam a gestão boa e ótima, parece montagem mas não é, ironicamente 17 dias de governo a aprovação do governo caiu 30%, isso claro, momentos antes dos anúncios sobre a reforma da previdência, o que colocou muitos fanáticos da extrema direita contra o próprio governo, o resultado não poderia ser outro, somando isso ao orgulho dos verdadeiros patriotas que o apoiavam levando em conta seu espirito colonialista de entregar base de importância militar aos EUA, sem contrapartida, o resultado catastrófico se refletiu na queda disparada da sua popularidade, sabendo disso é claro, que se apressa com a reforma da previdência já que recebeu adiantamento em campanha para aprova-la, talvez a pressa do presidente seja por medo do que ira acontecer se não pagar essa divida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *