IMUNIZAÇÃO CONTRA COVID COMEÇA NO REINO UNIDO. NO BRASIL, MINISTRO DA SAÚDE BATE BOCA COM DÓRIA

Deu no Brasil 247:

Enquanto países europeus e asiáticos começam a vacinar suas populações, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, disse em reunião virtual com governadores que a Anvisa ainda vai  demorar 60 dias para aprovar o uso de qualquer vacina contra a Covid-19. Ele bateu boca com Doria na reunião. 

O encontro, na manhã e início da tarde desta terça-feira (8), foi tenso. O general bateu boca com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), sobre a falta de interesse do governo federal na CoronaVac, o imunizante chinês que será formulado e também produzido pelo Instituto Butantan.

Doria questionou Pazuello sobre possíveis razões político-ideológicas para o governo federal não comprar a CoronaVac. Em sua intervenção, o governador de São Paulo ressaltou que o Ministério da Saúde já se comprometeu a gastar R$ 1,9 bilhão com a vacina da AstraZeneca, R$ 2,5 bilhões com o consórcio Covax Facility, iniciativa da ONU e OMS para o desenvolvimento de vacinas, mas não investiu nenhum real na CoronaVac.

Participaram do encontro presencialmente os governadores Wellington Dias (PT-PI), Fátima Bezerra (PT-RN), Paulo Câmara (PSB-PE) e Gladson Cameli (PP-AC). Outros governadores acompanham o encontro por videoconferência. Os chefes de governo estadual cobram um plano nacional de imunização. Ao chegar no Planalto, Cameli disse que não é viável esperar até março para a vacinação dos brasileiros.

“Se os países da Europa começaram agora [a vacinar], esperar até março não tem justificativa. Por isso que eu estou dizendo: estou vendo plano B e C para que, caso necessite comprar e se tiver quem venda, eu consiga fazer esse processo”, declarou.

Doria questionou Pazuello diretamente: “A vacina CoronaVac não teve nenhum investimento feito pelo governo federal. Ela também ainda não foi aprovada. O que difere, ministro, a condição e sua gestão como ministro da Saúde de privilegiar duas vacinas em detrimento de outra vacina? É uma razão de ordem ideológica, política ou de falta de interesse em disponibilizar mais vacinas?

Pazuello não respondeu ao questionamento e preferiu atacar Doria afirmando que o Butantan não seria do governo do Estado de São Paulo (uma afirmação falsa): “Já falei para todos os governadores: a vacina do Butantan não é do estado de São Paulo, é do Butantan. Não sei porque o senhor fala tanto como se fosse do estado. Ela é do Butantan”.

24 comentários

  • Gripezinha + Venenozinho

    A Anvisa demorará 60 dias para aprovação de alguma vacina contra a Covid-19

    …enquanto que o Ministério da Agricultura liberou quase 1.000 agrotóxicos nos últimos 2 anos!

  • Sérgio

    BolsoDória brigando com o PazueloNaro. Que bizarro. Enquanto isso, NÃO temos nem vacina, nem Plano Nacional de vacinação. Volta Oswaldo Cruz. Volta Zé Gotinha.

  • Zé do Bode

    Isso é Papinho da ESQUERDA COVARDE.

    Pode ficar sossegado que esse governo é sério e não brinca como vocês PTralhas não.

  • Miriam

    Parabéns ao ministro. Quanto a alguns países da Europa já estarem vacinando contra Covid-19 o que o Brasil tem a ver com isso? Primeiro que são poucos países que iniciaram a vacinação, segundo que lá é lá e aqui é aqui, se for pra seguir o que a Europa faz, então pq Dória realizou carnaval aqui quando a Europa já estava em lockdown?

    • O que o ministro tem a ver com isso?

      Miriam
      Se estão morrendo quase mil pessoas morrendo por dia. O que o ministro tem a ver com isso? Nada.
      Enquanto isso ele demorar 2 meses para aprovar a vacina.
      O que ele a ver com isso? Nada.

      • Miriam

        Já viu as noticias sobre a vacinação na Europa? Reações graves, é por isso que a ANVISA ainda não liberou vacina de covid-19 aqui no Brasil, sejam da coronavc, PFIZER, e todas as outras, parem de achar que é birra politica contra a China, se assim fosse a ANVISA então teria aprovado qualquer outra vacina de outra procedência, não aprovou NENHUMA ainda pois nenhuma ainda passou por todos os protocolos que a ANVISA exige. Vacina não é água que se inocula no organismo das pessoas e pronto, covid mata, mas uma substância não certificada tbm pode matar ao ser administrada, agora imagina se milhões de pessoas tomarem uma vacina não certificada pelo órgão competente e esta infelizmente provocar reações adversas graves que podem incluir a morte, não poderemos ter somente as centenas de mortes causadas pelo covid, poderemos ter tbm milhares de mortes provocadas pela vacina. Vacina não faz mal, oq faz mal é forçar a barra para a aplicação de uma vacina ainda em testes. O pânico das pessoas não esta deixando elas raciocinarem e isso as faz querer uma solução a qualquer custo, mas este custo pode ser bem alto, o marketing do pânico ainda nos dias de hoje faz sucesso.

  • Thiago

    O que o Dória está fazendo é um atentado não só contra os paulistanos mas contra todos os brasileiros.

    O sujeito passar um calendário de vacinação para em seguida adiar (e com certeza vai adiar novamente daqui alguns dias) de uma vacina que ainda não foi liberada por nosso órgão máximo de saúde – ANVISA, é de um mau-caratismo sem precedentes, esse sujeito jogou na lixeira qualquer resquício de bom senso que talvez um dia tenha tido.

    Dória já ultrapassou os limites da malandragem política e segue por um caminho perigoso e destrutivo, brinca com a boa fé das pessoas com promessas vazias apenas para contrariar Bolsonaro, é um crápula da pior espécie.

  • A guerra das vacinas

    Certamente quando os políticos querem resolver alguma pendencia. Não se resolve nada! São todos incompetentes.
    Bolsonaro mostrou sua incompetência quando abriu a boca para dizer que era uma “gripezinha”. Não aceitou o distanciamento, o isolamento social, o uso das mascaras, etc Mandou embora dois ministros médicos por não seguir sua orientação. O STF mandou ficar quieto e passou a responsabilidade para os governadores e prefeitos.
    Bolsonaro está preocupado com a sua reeleição e não quer que Dória vacine primeiro do que ele. Que besteira! Seu ministro disse demorar 60 dias para que a Anvisa aprove a vacina dele. Que absurdo! Enquanto temos milhares de pessoas morrendo. O STF acabará liberando a vacina sem a aprovação do governo!
    O ministro é um general. Não entende de medicina. Segue fiel as determinações de Bolsonaro. Se não, perde o emprego. kkkkk É um pau mandado.
    Enquanto Doria anunciou que o estado iniciará o processo de vacinação em 25 de janeiro, com o imunizante Coronavac. O Reino Unido já está vacinando. O governo não tem plano de vacinação. Bolsonaro está preocupado se a vacina é obrigatória ou não?
    Treze países já têm vacinas garantidas. Brasil ficou para trás. Que incompetência!

  • Dória tem a vacina. Bolsonaro, não!

    Temos a sensação de que o governo não se preparou para a vacinação em massa dos brasileiros passou a aumentar a cada fala do Pazuello. Aquele que era especialista em logística, mas que só agora deu para se lembrar que uma campanha de imunização requer, por exemplo, a compra de seringas.
    As imagens dos felizardos britânicos recebendo ontem a vacina da Pfizer também calaram fundo. Em breve, os brasileiros assistirão americanos, europeus e vizinhos da América Latina juntarem-se aos ingleses na fila de vacinação.
    Peru, Chile, México, Equador, Costa Rica e Panamá há meses já fecharam acordos de compra com a Pfizer. Mas o golpe mais doído para Bolsonaro veio quando ele ouviu o inimigo Dória anunciar que irá vacinar os paulistas a partir do dia 25 de janeiro doa a quem doer.
    O fato do Dória ainda ter se oferecido para fornecer a Coronavac a outros estados da federação só ajudou a realçar a inação do governo federal e azedar o humor do presidente.
    A vacina de patente chinesa começou a ser produzida nesta semana pelo Instituto Butantan. Diante disso, Bolsonaro partiu para um cavalo-de-pau.
    Ele agora quer que o Ministério da Saúde feche o quanto antes um acordo de compra da vacina da Pfizer – aquela mesma cuja aquisição era inviável por exigir armazenamento a -70º C, segundo havia dito o governo há menos de duas semanas. Mas assinar um acordo de última hora com a Pfizer, em prazo exíguo e ainda a bom preço não são as únicas missões recebidas pelo Ministério da Saúde.
    E assim deixar claro para o país que, se na corrida das vacinas os brasileiros até agora ficaram para trás. O presidente Bolsonaro, não!

    • Miriam

      Pois é, e hoje a mídia noticia o surgimento de várias reações graves que já ocorreu com a vacina da PFIZER. Prudencia vale ouro nessas horas, não é só o covid-19 que mata, inocular substancia estranha no corpo tbm mata.

      • Entre as milhares de pessoas que foram vacinadas no Reino Unido, duas apresentaram reações alérgicas. Isso é perfeitamente normal e acontece com qualquer vacina.

        • Miriam

          Sim, principalmente com um produto novo no mercado, ou seja, substancia nova a ser inoculada, não da para saber quem é alérgico a ela até que seja exposto a mesma, por isso eu estou dizendo, seja qual for a vacina, seus testes e devidas certificações são essenciais para que esses riscos sejam os mínimos possíveis.

  • Sérgio

    Parabéns ao Ministro então. Só pq o Dória não cancelou o carnaval em 2019, NÃO temos um plano nacional de vacinação em 2020. Aplausos para a Senhora Miriam (comentários acima).

    • Miriam

      Como ter um plano de vacinação de uma vacina que ainda não foi aprovada Sérgio, me explica ai, de que adianta enganar o povo com um plano de algo que não existe.

  • Sérgio

    Carnaval de 2020. Digo.

  • Sérgio

    Gostaria que a senhora Miriam comentasse também sobre os 7.000.000 de testes para Covid19 que venceram em um deposito em São Paulo. Achei o máximo o comentário anterior dela. Vai parabenizar o ministro tbem?

    • Miriam

      Primeiro que não venceram, alguns lotes vencem agora em dezembro, outros em janeiro à março, segundo que o ministério compra e envia aos estados o quantitativo que lhe é solicitado, ou seja, o estado de SP tem grande participação nesses testes parados lá.

  • Gardenal

    Agora acabou os problemas desta turma de esquerdistas o Mito abaixou a tarifa das armas, xupa quem está com o covid-,19 vacina o caralho a culpa é do Pete, somos patriotas do grupo da praça!
    https://oglobo.globo.com/brasil/bolsonaro-anuncia-que-governo-zerou-imposto-de-importacao-de-revolveres-pistolas-24788517?versao=amp&__twitter_impression=true

  • Doria tem a vacina. Bolsonaro não! 2

    Miriam
    O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira que é possível começar a aplicar as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 em caráter emergencial da população em dezembro ou janeiro, dependendo da autorização concedida pela Anvisa e da entrega das vacinas pelos laboratórios.
    Essa afirmação vai contra a sua negação.
    A bola está com a anvisa. Vc acredita que ela vai correr? Porque o Dória vai agilizar.

  • Sérgio

    Os testes venceram sim senhora Miriam. Tanto é que ontem foi prorrogado o vencimento pela ANVISA por mais seis meses. Ou seja, os brasileiros terão que realizarem testes, com testes vencidos. Isso tudo devido a inércia e a negação desse governo hipócrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *