ITAMAR BORGES ACUSADO DE COMPRAR VOTOS

O ex-prefeito de Santa Fé do Sul, Itamar Borges, que obteve 79.195 votos na disputa por uma cadeira na Assembléia Legislativa do Estado,  parece estar atravessando uma fase pouco auspiciosa. Depois de dormir deputado estadual eleito e acordar no banco de reservas, por conta da recontagem de votos feita pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o bigodudo Itamar agora se vê diante de mais uma má notícia: a Procuradoria Regional Eleitoral(PRE) está pedindo a cassação do seu diploma de primeiro suplente de deputado estadual, pelo PMDB, além de aplicar-lhe uma multa no valor de R$ 53 mil, sob a alegação de suposto crime de compra de votos. Segundo a Representação da Procuradoria, Itamar Borges teria sido flagrado discursando e pedindo votos em uma churrascada a eleitores, o que é vedado pela legislação eleitoral. A notícia completa está na edição do Diário da Região deste domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *