JOÃO MISSONI DESMENTE BOATOS SOBRE INTERVENÇÃO EM DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PMDB

O presidente do diretório do PMDB de Jales, João Missoni Filho, enviou comentário onde desmente a versão de que o prefeito Humberto Parini não teria sido convidado para a reunião realizada na Santa Casa, quando o deputado federal Edinho Araújo comunicou ao provedor Garça a inclusão de emenda de R$ 500 mil para o hospital, no Orçamento da União.  Segundo João, ele próprio teria convidado o prefeito.

Mas a parte mais importante do desmentido diz respeito aos boatos sobre uma possível intervenção da direção estadual do PMDB no diretório de Jales. Os boatos surgiram por conta de uma suposta resistência dos peemedebistas vinculados ao governo Parini – Missoni, Colombo e Jediel – que não estariam dispostos a deixar seus cargos na administração.

De acordo com João Missoni, “não existe e nunca existiu a possibilidade de intervenção no PMDB de Jales, mesmo porque há um entendimento mantido pelo Diretório Municipal e a Executiva Estadual do PMDB com relação à saída do governo”. O desmentido de João confirma, então, que já existe um acordo interno quanto à saída – ou à permanência – dos peemedebistas na administração Parini.

Por outro lado, João Missoni confirmou, também, que o Garça tem o apoio de toda a Executiva do PMDB local e somente não será candidato a prefeito se não quiser.  

6 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *